Notícias

Futebol Brasileiro

O São Caetano que encantou o Brasil: Copa João Havelange

São Caetano

Relembre como foi a participação do São Caetano na Copa João Havelange em 2000

A Associação Desportiva São Caetano foi fundada em 4 de dezembro de 1989, na cidade de São Caetano do Sul, em São Paulo. Mesmo jovem, com apenas uma década completa, o Azulão conseguiu encantar o Brasil de 2000 a 2002, e vamos contar essa história, começando pela Copa João Havelange.

O inicio

Para começar a história, vamos voltar um pouquinho, para o ano de 1998. Presente na Série C do Campeonato Brasileiro, o Azulão teve uma campanha espetacular, se garantindo na Série B Nacional.

No ano seguinte, na Série B, o São Caetano por muito pouco não garantiu mais um acesso logo de cara. A equipe acabou caindo no mata-mata para o Santa Cruz após três duelos (duas derrotas por 1 a 0 e uma vitórias por 4 a 3).

Porém, em 2000, uma verdadeira confusão no futebol brasileiro resultou no maior Brasileirão da história, a famosa Copa João Havelange, que contou com 116 equipes, divididas em 4 módulos.

No primeiro, o Azul, clubes da Série A e alguns da B. No segundo, o amarelo, o restante da B e alguns da C. E nos restantes, branco e verde, apenas equipes da C.

A Copa João Havelange

Presente no segundo módulo, o Amarelo, ao lado de outros 35 clubes, o São Caetano liderou toda a primeira fase, chegando a 11 vitórias, apenas duas derrotas e 4 empates.

No mata-mata, avançou pelo CRB nas oitavas e o Náutico nas quartas, com direito a uma goleada de 6 a 2. Na semifinal, o adversário era o Paysandu, e o primeiro jogo terminou em 1 a 1. Na volta, vitória do Azulão, 5 a 4 em um jogão.

Imagem relacionada
Adhemar foi o grande destaque do São Caetano

Na final, o São Caetano acabou sendo derrotado para o Paraná por 3 a 1 na volta, após um empate de 1 a 1 na ida, mas ambos garantiram o direito de disputar a fase final com a elite do futebol nacional.

Na fase final da Copa João Havelange, a que envolvia a elite, estavam presentes os 12 classificados do módulo Azul, os 3 primeiros do módulo amarelo e o vencedor entre os módulos verde e branco.

Resultado de imagem para São Caetano 2000
Reprodução: Youtube

Na elite, o caminho do São Caetano não era nada fácil, mas o Azulão era guerreiro, e passou pelo Fluminense nas oitavas (3 a 3 e 1 a 0), em pleno Maracanã lotado, contando com um gol de Adhemar.

 Nas quartas de final, pela frente era o todo poderoso Palmeiras. A partir dessa fase, o São Caetano teria que mandar todos os seus jogos no Palestra Itália, Estádio do próprio adversário. No primeiro jogo uma verdadeira batalha, contando com 2 gols de Adhemar e ainda a expulsão do mesmo, o duelo terminou em 4 a 3.

Resultado de imagem para São Caetano 2000
Foto: Estadão

Na volta, o São Caetano soube administrar a vantagem conquistada, e com o empate por 2 a 2 se classificou para as semifinais, onde o adversário era simplesmente o Grêmio, que contava com Ronaldinho Gaúcho, Anderson Polga, Zinho e Paulo Nunes.

No jogo de ida, em São Paulo, os craques Adhemar e Ronaldinho marcaram duas vezes cada, mas Daniel fez a diferença para o Azulão, 3 a 2.

Resultado de imagem para São Caetano 2000
Foto: Gazeta Press

Na volta, com um Grêmio bem ofensivo, quem brilhou foi o São Caetano. Vitória incontestável em pleno Estádio olímpico, 3 a 1, e vaga na final garantida.

O adversário na final era o Vasco da Gama, que contava com jogadores da Seleção Brasileira, como Juninho e Romário, além de consagrados atletas como Odvan, Euller e Pedrinho. No jogo de ida, em São Paulo, empate em 1 a 1, com César marcando para o Azulão e o Baixinho Romário para o time Carioca.

Resultado de imagem para São Caetano 2000
Foto: Net Vasco

No jogo de volta, a decisão não foi no Maracanã, mas sim em São Januário. Apesar dos 30 mil ingressos colocados à venda e vendidos, muitas pessoas acabaram entrando sem pagar, e então o desastre já era anunciado.

Em campo, o São Caetano era melhor, mandava no jogo e encurralava o gigante Vasco da Gama em sua própria casa. Mas foi aí que o pior aconteceu, o alambrado do Estádio não resistiu o excesso de público e muitas pessoas acabaram caindo, gerando uma grande confusão. As autoridades não deixaram que a partida continuasse, por medida de segurança.

Resultado de imagem para vasco x são caetano 2000
Foto: Lance

A final foi remarcada para alguns dias depois, dessa vez no Maracanã. Mas a equipe do São Caetano não conseguiu manter a mesma pegada, e acabou sendo derrotada por 3 a 1, ficando com o vice-campeonato Nacional.

Time base: Sílvio Luiz; Japinha (Mancini/Russo), Dininho (Serginho), Daniel e César; Claudecir (Simão), Adãozinho, Aílton e Esquerdinha (Anaílson); Wagner (Robert/Magrão) e Adhemar (Somália). Treinador: Jair Picerni.

Destaque da equipe: Adhemar, 22 gols.

Deixe uma resposta