Notícias

Futebol Internacional

Análise: Norwich tem queda de rendimento após vencer o Manchester City

Norwich

Com grande atuação, o Norwich venceu atual campeão por 3 a 2, mas agora não vence há sete jogos

Após encantar o mundo com uma grande atuação diante do Manchester City, na quinta rodada da Premier League, o Norwich City caiu drasticamente de rendimento. Agora, a equipe se localiza na zona de rebaixamento do Campeonato Inglês.

No último final de semana, os Canários perderam por 2 a 0 para o Watford, em casa, e chegaram a marca de sete jogos sem vencer. O principal problema do clube está na defesa, que foi vazada em onze das doze partidas disputadas pela Premier League.

Além disso, o ataque também parou de funcionar. Teemu Pukki, atacante sensação no início da temporada, não marca pelo clube desde a vitória contra o Man City. Apesar disso, ainda é o artilheiro do time na Premier League, com seis gols marcados. O número é três vezes maior que o vice-artilheiro, Todd Cantwell, que marcou dois tentos no Inglês.

A pontaria não anda muito boa pelo Norwich. Nos últimos sete jogos, a equipe verde e amarela chutou 86 vezes, com apenas 19 acertando o alvo. Desses, apenas dois terminaram em gol. Os comandos de Daniel Farke possuem o pior aproveitamento em finalizações entre todos os clubes da competição, com apenas 2,33% dos chutes resultando em gols.

Resultado de imagem para Norwich City

O lado preferencial para os ataques e finalizações é sempre a esquerda, aproveitando o avanço do lateral Jamal Lewis. O parceiro dele pelo corredor esquerdo costuma mudar. Antes, Todd Cantwell era o meia que abria por aquele lado. Porém, o inglês está também sendo substituído por Onel Hernández e Buendía nos últimos confrontos.

A escalação mais usual de Farke no campeonato é o 4-2-4-1, com a seguinte formação base: Tim Krul; Max Aarons, Amadou, Godfrey, Jamal Lewis; Tom Trybull, McLean; Buendía, Stiepermann, Cantwell e Teemu Pukki.

Esse escrete chegou a encantar alguns amantes do futebol pelo seu estilo de jogo, baseado na posse de bola e com muitas trocas de passe. Entretanto, isso é relativo. Há partidas em que o Norwich abdica da posse da bola, aproveitando os contra-ataques com seus rápidos jogadores, como Buendía, o grande destaque dos Canários até aqui.

O espanhol é responsável por quatro assistências, sendo uma espécia de ‘coringa’, já que pode atuar tanto pela direita (onde costuma jogar) ou pela extrema esquerda.

Por fim, é preciso desromantizar o Norwich. Mesmo tendo um jogo com ideias modernas, Daniel Farke precisa urgentemente solucionar os problemas defensivos do time, que já sofreu 25 gols em apenas doze jogos.

Atualmente, os Canários estão na lanterna da Premier League, com sete pontos conquistados em 12 rodadas. Os resultados são péssimos, com duas vitórias, um empate e nove derrotas.

O próximo jogo da equipe é apenas após a data FIFA, no sábado (23), contra o Everton, fora de casa.

Leia mais: Paolo Guerrero, Santos e Jorge: As novidades do Palmeiras

Deixe uma resposta