Notícias

Futebol Internacional

Torneio Intermedio: escalações e todos os detalhes da segunda rodada

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Partida entre Danubio e Nacional é destaque na segunda rodada do Torneio Intermedio. No Apertura, La Franja superou o Tricolor por 2 a 0.

Neste fim de semana acontece a segunda rodada do Torneio Intermedio 2019. Equilibrado, o Campeonato Uruguaio deste ano tem muita coisa em jogo a cada duelo. Veja a seguir os destaques e confrontos na primeira divisão:

 Sábado

15h – Progreso (7º) x Peñarol (1º) – Campeão do Apertura, o Peñarol precisa vencer o Progreso fora de casa para seguir na ponta da tabela anual. O Aurinegro tem trinta e quatro pontos, três a mais que o Fénix. No Torneio Intermedio, o Carbonero venceu na estreia o Boston River por 4 a 0, e lidera o Grupo A no saldo de gols. O volante Walter Gargano é dúvida. Lucas Viatri está liberado pelo departamento médico e pode ser relacionado por Diego López. Ezequiel Busquets e Marcel Novick estão lesionados e fora da partida. A provável equipe é: Kevin Dawson, Giovanni González, Juan Izquierdo, Enzo Martínez, Rodrigo Rojo, Ignacio Lores, Guzmán Pereira, Jesús Trindade ou Cristian Rodríguez, Brian Rodriguez, Darwin Nuñez e Gastón Rodríguez. O Progreso vai mandar a partida no estádio do Fénix, o Parque Capurro. “El Gaúcho” começou a participação no Grupo A do Intermedio com um empate, 0 a 0, fora de casa, com o River Plate. Na tabela anual, o Progreso está em sétimo lugar, com vinte e três pontos, na zona de classificação à Sul-Americana. O Progreso deve ir a campo com: Nicola Pérez, Emilio Zeballos, Emanuel Gularte, Gonzalo Castillo, Mauricio Loffreda, Esteban Gonzalez. Mathias Riquero, Jorge Rodriguez, Gonzalo Andrada, Maicol Rodriguez e Gustavo Alles.

15h – Defensor Sporting (10º) x Juventud (13º) – Na vitória por 2 a 1 contra o Nacional, na estreia do Intermedio, o Defensor deu sinais de que deixou o péssimo primeiro semestre de lado. Os Violetas têm dezenove pontos na tabela anual e hoje estariam fora das competições internacionais. No Intermedio porém, “El Tuerto” aponta como favorito para lutar pela vaga na final. O duelo deste sábado contra o Juventud pode marcar a estreia do atacante Argentino Mariano Pavone. Os desfalques são Alejandro Villoldo e Ramiro Cristóbal. Os prováveis titulares são: Sebastián Fuentes, Jonathan González, Hernán Menosse, Gastón Alvarez, Mauro García, Alvaro González, Martín Rabuñal, Gonzalo Napoli, Ignacio Laquintana, Martín Correa e Nicolás González. O Juventud é décimo terceiro com quinze pontos na tabela anual e lanterna no descenso. A situação não é nada boa para a equipe de Las Piedras, que na primeira rodada do Intermedio empatou por 2 a 2 com o Danubio. A principal baixa do time para encarar o Defensor é Gonzalo Gonzalez. A provável escalação do Juventud é: Rodrigo Rodríguez, Juan Pintado, Mathías Bogado, Mauro Fernández, Damián González, Cristian Sención, Eric Barrios, José Alberti, José Varela, Joaquin Zeballos e Federico Viñas.

15h – Wanderers (8º) x Cerro Largo (3º) – O Wanderers perdeu na estreia do Grupo B do Intermedio por 2 a 1 para o Plaza Colonia. O técnico Román Cuello quebrou a cabeça durante toda a semana para montar a equipe deste sábado. Cuello pode mandar a campo um time modificado, já que no meio da semana que vem o Wanderers viaja a São Paulo para encarar o Corinthians, pelas oitavas-de-final da Copa Sul-Americana. A provável escalação do Wanderers é: De Arruabarrena, Federico Barrandeguy, Diego Barboza, Federico Andueza, Maximiliano Araújo, Francisco Ginella, Adrián Colombino, Diego Riolfo, Cristhian Bravo, Gonzalo Barreto e Emiliano Coitiño. Embalado pela goleada de 3 a 0 sobre o Racing na estreia do Intermedio, o Cerro Largo busca a vitória para manter-se na cola do Peñarol. “El Arachán” tem trinta pontos e está em terceiro, na zona de classificação para a Libertadores. São quatro pontos de desvantagem para o Peñarol e três pontos de vantagem para o Nacional. O técnico Danielo Nuñez deve mandar a campo a seguinte equipe: Washington Aguerre, Juan Acosta, Yeferson Quintana, Agustín Heredia, Facundo Rodríguez, Matías Telechea, Sebastián Assis, Hugo Dorrego, Tomás Fernández, Jonathan dos Santos e Borys Barone.

15h – Racing (14º) x Plaza Colonia (12º) – O Racing perdeu feio na estreia para o Cerro Largo e busca e recuperação no Parque Roberto contra o Plaza Colonia. Uma nova derrota pode aproximar “La Escoelita” da zona de descenso. A provável escalação do Racing é: Javier Irazún, Francisco Ibañez, Pablo Lacoste, Norman Rodríguez, Anyelo Rodríguez, Martín Barrios, Diego Arismendi, Ignacio Nicolini, Gonzalo Sena, Michel Araújo, e Nicolás Royón.  Nos lados do Plaza, a vitória sobre o Wanderers deu ânimo para o time seguir na luta contra o rebaixamento. A provável escalação do Plaza é: Nicolas Guirin, Haibrany Ruiz Diaz, Mario Risso, Santiago Brunelli, Facundo Kidd, Ivo Calletos, Matías Caseras, Iván Salazar, Javier Sequeyra, Leandro Suhr e Cecílio Waterman.

Domingo

12h – Rampla Juniors (11º) x Cerro (16º) – Depois de superar um tabu quase eterno sem vencer o rival na própria casa, o Rampla Juniors mudou as expectativas na temporada. Apesar da derrota para o Fénix na estreia do Intermedio, “El Picapiedra” jogou melhor e vive na esperança de dias melhores com a chegada de um time inteiro de reforços. Mas o tempo urge. O Rampla precisa transformar a empolgação em vitórias, pois a cada rodada o time se afunda mais na zona de rebaixamento. A provável escalação do Rampla é: Rodrigo Odriozola, Claudio Servetti, Gonzalo Rizzo, Emiliano García, Matías Soto, Juan Viacava, Jhony Galli, Rodrigo Piñeiro, Gustavo Machado, Mathías Saavedra e Delis Vargas. Nos lados do Cerro, a crise financeira colabora para uma das piores campanhas Albicelestes na história da primeira divisão. O baixo rendimento pode não causar um rebaixamento este ano, mas compromete muito o promedio do clube em 2020. Vencer o maior rival fora de casa pode ser a luz no fim do túnel. A provável escalação do Cerro é: Rodrigo Formento, Federico Alonso, Martín González, Agustín Hernández, Santiago Vieira, Federico Puente, Felipe Klein, Richard Pellejero, José Tancredi, Facundo Peraza e Maureen Franco.

15h – Danubio (4º) x Nacional (5º) – Um dos melhores times do Campeonato Uruguaio, o Danubio perde pontos em jogos que é favorito. Vencer o Nacional pela segunda vez em 2019 vai confirmar La Franja com uma das equipes candidatas ao título. No Torneio Apertura, a equipe de “La Curva” venceu o Tricolor por 2 a 0. Sebastián Cristóforo, José Luis Rodríguez, Sergio Felipe, Ernesto Goñi, Emiliano Ancheta, Gonzalo Montes, Emiliano Ghan, Briam Acosta, Denis Oliveira, Thomás Chacón e Santiago Paiva (ou Carlos Grossmuller) são os prováveis titulares. Nos lados no Nacional, um novo revés pode confirmar uma crise desportiva no clube as vésperas da partida de ida da Copa Libertadores contra o Internacional. A provável escalação do Bolso é: Luis Mejía, Guillermo Cotugno, Guzmán Corujo, Felipe Carvalho, Matías Viña, Gabriel Neves, Rafael García, Kevin Ramírez (Brian Ocampo), Gustavo Lorenzetti, Gonzalo Castro e Gonzalo Bergessio.

15h – Liverpool (6º) x Fénix (2º) – Se não houvesse o duelo entre Danubio e Nacional, certamente Liverpool e Fénix seria o “jogo da rodada”. Duas boas equipes, de grandes campanhas e dois competentes treinadores. No Liverpool, o técnico Paulo Pezzolano deve repetir a equipe que venceu o Cerro no Luís Tróccoli. Oscar Ustari, Alan Medina, Franco Romero, Sebastián Cáceres, Jean Pierre Rosso, Nicolás Acevedo, Agustín Ocampo, Hernán Figueiredo, Diego Guastaviño, Federico Martínez e Juan Ignacio Ramírez devem ser os titulares. Já o Fénix, perseguidor do Peñarol desde o Torneio Apertura, deve ir a campo com: Dario Denis, Jonathan Toledo, Nicolás Oliveira, Ronaldo Conceição, Roberto Fernández, Manuel Ugarte, Raúl Ferro, Brian Lugo, Alex Silva, Matías Rigoleto e Ignacio Pereira. No Torneio Apertura, a partida entre Fénix e Liverpool terminou 4 a 4.

15h – Boston River (9º) x River Plate (15º) – Próximo à zona de rebaixamento, o Boston River precisa vencer o River Plate para recuperar-se na tabela. A provável escalação, ainda sem Loco Abreu é a seguinte: Gonzalo Falcón, Pablo Alvarez, Eliliano Alvarez, Guillermo Frata, Pedro Silva, Diego Scotti, Santiago Arias, Wiston Fernandez, Lucas Rodriguez, Bruno Foliados e Facundo Rodriguez. O River Plate precisa fazer uma campanha melhor se quiser ao menos classificar novamente à Sul-Americana. O técnico Jorge Fossati deve repetir a equipe que empatou com o Progreso: Gastón Oliveira, Gonzalo Vieira, Horacio Salaberry, Agustín Ale, Nicolás Rodriguez, Facundo Ospitaleche, Maximiliano Calzada, Joaquín Piquerez, Diego Vicente, Matías Arezo e Juan Manuel Oliveira.

Samuel Bonicontro (211 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta