Notícias

Futebol Internacional

Nigéria estreia na Copa Africana de Nações neste sábado; Veja confrontos

copa-africana-nacoes

Nigéria estreia diante do Burundi na Copa Africana de Nações

A Copa Africana de Nações começou nessa sexta-feira no Egito, o torneio começou com um triunfo da seleção da casa sobre o Zimbábue por 1 a 0. O torneio chega a seu segundo dia e tem seleção favorita em campo, se trata da Nigéria que enfrenta o Burundi nesse sábado às 14h.

Nigéria forte e em busca do quarto troféu

Resultado de imagem para Iwobi na nigeria
Iwobi jogando pela Nigéria (Reuters)

A Seleção Nigeriana de Futebol tenta o seu quarto título de Copa Africana de Nações e tem seu primeiro duelo contra Burundi que é novato na competição. A Nigéria tem como destaques, jogadores que disputam as mais importantes ligas do mundo, como o Iwobi e o Ighalo.  Nas partidas de preparação para o torneio a seleção não foi tão bem, com empate contra Zimbábue e derrota para Senegal.

Gernot Rorh, técnico da Seleção Nigeriana destacou Iwobi e diz que espera mais regularidade do jogador na Seleção

“Apesar de apenas 23 anos, Alex é um internacional experiente e eu quero vê-lo marcando com mais regularidade para a equipe nacional”, disse o alemão Rohr. “Ele, Odion (Ighalo) e Ahmed (Musa) podem causar muitos danos às defesas dos adversários se eles estiverem bem nesta Copa.”

A Nigéria foi eliminada na primeira fase da Copa do Mundo da Rússia, o time estava no grupo da Argentina, Sérvia e Islândia no torneio.

Esperança do Burundi recai sobre conhecido jogador

Burundi é totalmente um azarão, primeira vez na Copa Africana de Nações, nunca se classificou a Copa do Mundo e não tem nenhum jogador na primeira divisão das 5 principais ligas do mundo. O destaque no entanto é conhecido, se trata de Berahino que atua no Stoke City, o atleta jogou campeonatos de bases pela Inglaterra, mas assumiu que sua terra natal é o Burundi.

Imagem relacionada
Reprodução: Twitter

“Eu consegui jogar pela Inglaterra de menos de 16 anos para menos de 21 anos, mas o Burundi sempre foi minha terra natal e eu sempre quis jogar pelo Burundi”, disse ele a repórteres na sexta-feira.

Burundi é um underdog?

O Burundi classificou-se invicto, terminando em segundo atrás do Mali no seu grupo, com duas vitórias e quatro empates, assegurando o seu lugar com um empate 1-1 em casa frente ao Gabão – um momento em que ainda se lembra vivamente.

“No dia em que nos qualificamos, vocês puderam ver pela primeira vez na história do povo do Burundi unidos juntos, celebrando juntos, a cidade toda estava enlouquecendo por dois ou três dias, e você podia ver o sorriso em seus rostos”, disse ele. .

“Ser capaz de capitanear o Burundi pela primeira vez em tal torneio é uma enorme honra para mim… há muito sobre os meus ombros, mas com a experiência que ganhei na Europa, tenho a certeza de poder transmiti-lo à minha equipa. companheiros de equipe.

Tendo se acostumado com o Burundi sendo rotulado como underdogs desde o início, ele disse que a falta de pressão sobre a equipe e suas qualidades desconhecidas seria a sua vantagem.

“Eles não nos conhecem, eles provavelmente não assistem aos nossos jogos, então isso libera a pressão sobre nós para que possamos jogar sem qualquer medo”, disse ele.

“Isso é o que conseguimos mostrar na qualificação e é por isso que passamos por toda a qualificação invicta.”

“Não vamos deixá-los andar por cima de nós; vamos nos levantar como fizemos na classificação e deixar o melhor time vencer ”.

Outros confrontos deste sábado

Republica Democrática do Congo x Uganda (11:30)

Guiné x Madagascar (17:00)

Esportes Mais

Facebook

Deixe uma resposta