Notícias

Futebol Internacional

Nacional estreia na Libertadores e conquista primeira vitória de 2019

Nacional_Zamora_Ida

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Tricolores acumulavam dois empates e uma derrota nas três rodadas iniciais do Campeonato Uruguaio

Jogando fora de casa, Nacional derrotou o Zamora da Venezuela por 1 a 0 na estreia de ambos na Copa Libertadores 2019. Gonzalo Bergessio marcou o único gol da partida ainda no primeiro tempo. Com a vitória, tricolores lideram grupo junto com Cerro Porteño. Na próxima rodada, Nacional recebe o Atlético Mineiro em Montevideo.

SEGURANÇA DE CONDE GARANTE VITÓRIA AO NACIONAL

Para vencer fora de casa, a atuação do goleiro sempre é fundamental. Nesta quarta-feira não foi diferente. Esteban Conde foi a grande figura do Nacional na vitória contra o Zamora na Venezuela. O goleiro fez ao menos quatro defesas importantíssimas, três na primeira etapa e uma no final da partida, garantindo os três pontos ao Nacional. Foi a primeira partida de 2019 em que a equipe saiu de campo sem receber gols.

BERGESSIO RECUPERA TITULARIDADE E FAZ GOL DECISIVO

Após uma longa negociação para renovar o contrato que vencia em dezembro de 2018, o argentino Gonzalo Bergessio foi o último atleta a se incorporar aos trabalhos do técnico Eduardo Domínguez. Com isso, perdeu a posição de titular para Octavio Rivero, contratado no início da temporada. Com a lesão do novo titular, o argentino teve sua primeira chance na equipe e não desaproveitou. Foi de Bergessio o único gol da partida.

O argentino carregava um incômodo jejum. Ele não marcava desde o jogo de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana 2018, na classificação do Nacional em cima do San Lorenzo. Foi o quarto gol em competições internacionais do centroavante argentino vestindo a camisa tricolor.

SEGUNDO TEMPO MARCOU OS MELHORES MINUTOS DA EQUIPE EM 2019

O ano não começou da melhor maneira para o Nacional. Mesmo com o título da Supercopa Uruguaia conquistado nos pênaltis em cima do Peñarol, a equipe dirigida por Eduardo Domínguez ainda não tinha vencido partidas oficiais nesta temporada. Empates com Racing e Liverpool e goleada sofrida em pleno Parque Central contra o Wanderers. Para piorar, o rendimento da equipe era fraco e deixava os torcedores angustiados.

O primeiro tempo, apesar de ter saído na frente, ainda deixou dúvidas, especialmente na defesa. Agustín Sant´Anna, improvisado na lateral-esquerda, tinha problemas quando os venezuelanos atacavam por esse setor. As falhas defensivas obrigaram o goleiro Conde a praticar ao menos três grandes defesas, uma delas após um chute contra a própria meta do zagueiro Rafael García.

No segundo tempo, a equipe se posicionou melhor em campo e teve várias chances de aumentar o marcador. Felipe Carballo mandou uma bola na trave e Marcos Angeleri perdeu um gol incrível dentro da pequena área. Apenas nos últimos cinco minutos a equipe voltou a sofrer com os embates do Zamora, mas conquistou a vitória e começou a Libertadores 2019 com o pé direito.

NA SEGUNDA RODADA, NACIONAL RECEBE O ATLÉTICO MINEIRO

Conquistados os três pontos da estreia, na próxima rodada o Nacional encara o Atlético Mineiro. O jogo será disputado em Montevideo, na próxima terça-feira às 21h30 no Gran Parque Central. Nacional e Cerro Porteño lideram o grupo E com três pontos. Zamora e Atlético Mineiro ainda não pontuaram.

FICHA TÉCNICA: ZAMORA 0x1 NACIONAL

Estádio: Agustín Tovar de Barinas. 

Árbitros: Víctor Carrillo, Víctor Raez e Michel Orué (Peru).

GOL: 24′ Gonzalo Bergessio (N).

Cartões Amarelos: 26′ Felipe Carballo (N), 35′ Santiago Rodríguez (N), 37′ Edixon Mena (Z), 77′ Agustín Sant’Anna (N), 81′ Carlos Castro (Z), 90′ Matías Zunino (N).

ZAMORA: Joel Graterol; Carlos Castro, Kevin De La Hoz, Javier Maldonado, Maiker González, Oscar Hernández; Antonio Romero, Gustavo Rojas, José Soto (55′ Erickson Gallardo); Edixon Mena (74′ Jader Maza), Angel Osorio (46′ Guillermo Paiva) . Técnico: Alí Cañas.

NACIONAL: Esteban Conde; Rafael García, Marcos Angeleri, Matías Viña; Matías Zunino, Agustín Sant’Anna; Felipe Carballo, Joaquín Arzura, Santiago Rodríguez, Gonzalo Castro (82′ Gabriel Neves); Gonzalo Bergessio (89′ Sebastián Fernández).  Técnico: Eduardo Domínguez.

Créditos imagem: Facebook Oficial Club Nacional de Football

 

nico.bianchi.sica (66 Posts)

Professor de História pós graduado em Jornalismo Esportivo. Uruguaio, torcedor fanático da "Celeste" e do Nacional.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta