Notícias

Futebol Internacional

Em duelo Argentino, Velez recebe o Talleres pela Libertadores

Em duelo Argentino, Velez recebe o Talleres pela Libertadores

Equipes Argentinas se enfrentam pelas quartas de Final da Copa Libertadores da América

Única chave Argentina do torneio as duas equipes começam nessa quarta feira, 21h30, o duelo válido pelas quartas de final da Competição. Quem passar desse confronto irá enfrentar nas semifinais o vencedor do duelo entre Corinthians e Flamengo. 

Vélez

A equipe do Vélez não vem bem no Campeonato Argentino, em 5 partidas foram 4 empates e uma derrota. Porém, na libertadores os Fortineros eliminaram nas oitavas de final o todo poderoso River Plate, que era para muitos considerado um dos favoritos a ganhar o torneio. O Vélez passou pelas oitavas ao eliminar o River por 1×0 em casa, e fora seguraram o empate de 0x0 assegurando a vaga para as quartas de final da competição. 

Talleres

Já a equipe do Talleres, alterna resultados ruins e bons sendo que em 5 jogos são 2 vitórias, 2 derrotas e um empate. Os Matadores, como são conhecidos, eliminaram a equipe do Colón de Santa Fé empatando em casa por 1×1 e vencendo fora pelo placar de 2×0 resultando num agregado de 3×1 para a equipe de Córdoba. 

Vélez e Talleres não vem bem no Campeonato Argentino. As duas equipes ocupam respectivamente a 24ª e 25ª posição na tabela de classificação do campeonato. Com 9 pontos ganhos em 11 partidas, o Talleres tem a mesma pontuação que o Velez, mas com um jogo a menos. 

Retrospecto

Velez x Talleres tem um retrospecto bastante equilibrado em confrontos. Em 39 partidas são 12 vitórias do Talleres, 13 vitórias do Vélez e 14 empates. O fato do Vélez jogar em casa e com torcida única torna a equipe do Buenos Aires favorita no jogo. 

O destaque do Vélez Sarsfield vai para a dupla de zaga que é formada pelos Uruguaios Matias de Los Santos e Diego Gondin, compatriotas do também uruguaio Alexander Cacique Medina técnico da equipe Fortinera. Temos também como destaque o meia Lucas Janson, com 5 gols na competição, e que articula as jogadas com o ataque composto pelos jogadores Walter Bou (ex Boca Juniors -ARG e Vitória – BRA) e Lucas Pratto (ex São Paulo e Atlético – MG)

Quanto a equipe do Talleres, o destaque vai para o técnico português Pedro Caixinha, grande conhecido no futebol mexicano onde ganhou 5 competições nacionais, sendo 3 pelo Santos Laguna e 2 pelo Cruz Azul. Quanto aos jogadores, o destaque também vai para o meia Alan Franco que está emprestado pelo Atlético Mineiro onde marcou um dos gols da equipe Cordobesa nas oitvas de final contra o Colón. 

Partidas sem torcida visitante

As duas equipes andaram se desentendo esses dias em relação as suas torcidas pois o secretário de segurança de Buenos Aires proibiu a presença de torcida no Estádio José Amalfitani na capital Argentina, porém os Cordobeses aceitaram a vinda da torcida do Vélez no jogo de volta no Estádio Mário Kempes em Córdoba, se a decisão em Buenos Aires não for revertida teremos esse confronto das quartas de final nas duas cidades sem torcida visitante. 

Um Brazuca no Vélez

Pois é, temos um Brasileiro no time principal do Vélez Sarsfield. Trata-se do atacante Lenny Lobato, nascido no Brasil em Armação dos Búzios no Rio de Janeiro, mas filhos de pais Argentinos, o brasileiro resolveu tentar a carreira futebolística na terra dos seus pais. Através de um tio, que é torcedor do Vélez, conseguiu fazer testes na equipe e é tido para a mídia local como uma grande promessa no futebol Argentino. Ele teve seu primeiro contrato como profissional assinado e válido até 2023, porém a equipe prorrogou neste ano seu contrato até 2024.

O Brasileiro não é titular, mas costuma entrar na equipe no decorrer da partida e vem sendo aproveitado pela comissão técnica para dar fôlego na equipe. Em entrevista a meios de comunicação ele está torcendo muito para que sua equipe passe pelo Talleres e pegue o Flamengo pois tem como sonho jogar uma partida profissional no Estádio do Maracanã. 

Imagem
Lenny Lobato renovando a prorrogação do seu contrato até 2024.

Antes Talleres agora Vélez 

O treinador Alexander Medina foi treinador do Talleres bem antes de assumir o Vélez. Ele conhece muito bem o seu adversário, pois foi em Córdoba que o uruguaio se destacou classificando a equipe para a Copa Libertadores desse ano e também levou o Talleres a disputar a final da copa Argentina de 2021, no qual perdeu para a equipe Xeneize nos pênaltis. 

O bom trabalho do treinador uruguaio começou a chamar atenção de grandes equipes da América do Sul dentre elas o Internacional de Porto Alegre no qual foi contratado para dirigir a equipe colorada no qual não conseguiu repetir o sucesso que obteve em Córdoba. Ficou apenas 3 meses frente a equipe e sendo demitido após disputar 17 partidas, sendo seis vitórias, seis empates e cinco derrotas, num aproveitamento de 47%, sob seu comando o Internacional. Marcou 17 gols e sofreu 20 negativando em 3 gols de saldo. 

Cacique como é conhecido, ficou apenas 1 mês desempregado retornando a Argentina mas dessa vez para assumir o Vélez Sarsfield no lugar de Maurício Pellegrino que saiu por péssimos resultados frente a equipe e por pressão da torcida. Mesmo assim, saiu com um aproveitamento de 52% em 78 jogos sendo 37 vitórias, 21 empates e 20 derrotas. 

Imagem
Técnico Alexander Medina “Cacique” nos tempos em que comandava o Talleres.

Ficha Técnica – Vélez x Talleres

Data: 04/08/2022 (quinta-feira)

Hora: 21h30 (horário de Brasília)

Local: Estádio José Amalfitani (Buenos Aires – Argentina)

Onde assistir: Conmebol TV

Árbitro: Wilmar Roldán (COL)

Assistente 1: Alexander Guzman (COL)

Assistente 2: Wilvar Navarro (COL)

VAR: Juan Souto (PER)

Provável Vélez: Hoyos; Jara, De los Santos, Godin, Ortega; Orellano, Garayalde, Perrone, Janson; Bou, Prato. Técnico: Alexander Medina.

Provável Talleres:  Herrera; Benavidez, Catalão, Pérez, Diaz; Oliveira, Villagra; Godoy, Esquivel, Franco; Girotti. Técnico: Pedro Caixinha

Deixe uma resposta