Notícias

Futebol Internacional

Com recorde de Agüero, City bate Chelsea e vence Supercopa da Inglaterra

city_campeao_supercopa_2018

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Argentino ultrapassa marca de 200 gols com a camisa dos Citizens e garante título da Community Shield

Neste domingo (05), o Manchester City venceu o Chelsea por 2×0 e conquistou o título da Supercopa da Inglaterra. Autor dos dois gols dos Citizens, o argentino Sergio Agüero se isolou ainda mais como maior artilheiro da história do clube, marcando 201 vezes com a camisa dos azuis de Manchester.

Durante o jogo, o City foi superior. Com muita posse de bola, pressão na marcação e intensidade ofensiva, a equipe de Manchester sofreu pouco contra o Chelsea de Maurizio Sarri, que ainda tenta se adaptar a um estilo de jogo mais ofensivo. Além de Agüero, os meias Phil Foden, Bernardo Silva e Riyad Mahrez também fizeram boas partidas e demonstraram ser boas opções para o resto da temporada.

City domina primeira tempo, mas Chelsea assusta na reta final

Mesmo sem David Silva e Kevin De Bruyne, ainda de férias da Copa do Mundo, o Manchester City manteve seu estilo de jogo. Com muita posse de bola e intensidade, os Citizens assustaram o Chelsea logo no início. Aos 2′, Sané carregou pela intermediária e bateu de fora da área. A bola passou perto do gol de Caballero. A equipe londrina tentava resistir à pressão do City na mesma moeda, mas esbarrava na forte marcação adversária.

Aos 9′, em bola recuperada na intermediária do Chelsea, Agüero recebeu na entrada da área e bateu cruzado, mas sem sustos. Mas três minutos depois, o atacante argentino transformaria a pressão do Manchester City em gol. Foden puxou belo contra-ataque e deixou Agüero livre para chutar no canto do goleiro Caballero: 1×0. Maior artilheiro da história do clube, o argentino foi às redes 200 vezes com a camisa dos Citizens. E Agüero queria mais.

Cinco minutos depois de ter aberto o placar, o City chegou com perigo, novamente, com Agüero. O atacante recebeu lançamento e bateu de fora da área, mas Caballero defendeu. Com o forte calor que fazia em Londres, os Citizens começaram a cozinhar o resultado, enquanto o Chelsea corria atrás do resultado. Aos 25′, o árbitro da partida autorizou uma parada técnica para re-hidratação. A pausa parece ter feito bem à equipe londrina que voltou com outra postura.

Em jogada dos espanhóis Fábregas e Morata, o jovem Hudson-Odoi recebeu de frente pro gol e chutou para fora. Logo depois, a promessa inglesa fez excelente jogada pela esquerda, bateu forte e exigiu boa defesa de Bravo. Aos 37′, Marcos Alonso foi até a linha de fundo e cruzou para área, mas o goleiro chileno interceptou o lance. Nos minutos finais, o Chelsea seguiu rondando a área do Manchester City, mas não ofereceu tanto perigo.

City segue superior e garante o título

Na volta do intervalo, o Chelsea tentou manter a pressão ofensiva, mas a postura logo caiu por terra. Aos 2′, o Manchester City se aproveitou de vacilo de Azpilicueta e quase ampliou com Agüero, mas o chute do argentino foi travado por David Luiz. Dois minutos depois, Agüero recebeu nas costas da defesa, driblou Caballero e perdeu gol inacreditável. Logo depois, Foden recebeu na intermediária, bateu fraco para o gol e facilitou a vida do goleiro da equipe londrina. E como diz o ditado: “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”.

Após um excelente contra-ataque, Bernardo Silva recebeu na ponta direita e passou para Agüero, sempre ele, completar na saída de Caballero: 2×0. Com o resultado adverso, o Chelsea buscou por opções de mais dinamismo. Fábregas e Hudson-Odoi deram lugar à Drinkwater e Willian, respectivamente. A mudança teve efeito imediato. Willian recebeu lançamento pela direita e foi interceptado por Laporte. A bola sobrou para Pedro que bateu com perigo. Porém, os londrinos voltaram a ser envolvidos pelo Manchester City

Aos 20′, Mahrez recebeu na entrada da área e bateu firme de canhota, assustando Caballero. Logo depois, em jogada ensaiada, Agüero chutou de primeira e o goleiro argentino impediu o terceiro do compatriota na partida. Aos 33′, Brahim Diaz recebeu na ponta direita e bateu cruzado, rente ao gol do Chelsea. Vindo do banco, o brasileiro Gabriel Jesus também levou perigo, em jogada pela ponta direita, que forçou outra defesa de Caballero.

Nos minutos finais, o Chelsea voltou a assustar. Barkley cruzou rasteiro, Bravo falhou e Moses quase marcou, mas a zaga do City mandou a bola para escanteio. O susto não desanimou os Citizens que chegaram perto do 3×0 com Brahim Dias, após boa jogada de Walker. Fim de jogo: o Manchester City é campeão da Supercopa da Inglaterra.

Ficha técnica

Final da Supercopa da Inglaterra
Manchester City x Chelsea
Dia e horário:
 05/08/2018, às 11h, horário de Brasília
Estádio: 
Wembley, Londres (ING)
Manchester City: 
Bravo; Walker, Stones (Claudio Gomes), Laporte (Otamendi) e Mendy; Fernandinho, Foden (Brahim Diaz) e Bernardo Silva; Mahrez (Gabriel Jesus), Agüero (Kompany) e Sané (Gündogan). Técnico: Pep Guardiola.
Chelsea: Caballero; Azpilicueta, Rüdiger, David Luiz e Marcos Alonso; Jorginho, Fábregas (Drinkwater) e Barkley; Pedro (Moses), Morata (Abraham) e Hudson-Odoi (Willian). Técnico: Maurizio Sarri.

 

Pedro Chagas (134 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta