Notícias

Futebol Internacional

Opinião: França campeã, a vitória das contradições

tag reuters.com,2018 newsml_RC169E516590 5497195_768x432

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Equipe francesa conquista mundial numa seleção recheada de imigrantes franceses

Shaun Botterill/Getty Images
Equipe francesa comemora conquista da copa de 2018 realizada na Rússia

Termina a partida em Moscou com placar 4 x 2 a favor do selecionado Francês diante da Croácia onde Mandzukic (contra) e Griezmann, na etapa inicial, fizeram para a França, que ainda contou com gols de Pogba e da sensação Mbappé em uma final cheia de bolas na rede. Perisic e o mesmo Mandzukic, agora a favor, anotaram para os croatas. A França se consagra bicampeã mundial após 20 anos do primeiro título com placar de 3 x 0 sobre a seleção brasileira com dois gols de Zinedine Zidane e um de Petit no final do jogo.

Eleita revelação da copa do mundo o atacante Kylian Mbappé de 19 anos atualmente no Paris Saint-Germain de descendência argelina e camaronesa

 

Parabéns seleção francesa, a vitória de vocês é muito mais do que uma vitória em campo, do que uma conquista de um campeonato onde aproveitamos o momento para uma reflexão a assuntos onde o governo juntamente com parte da população conservadora e extremista que se comporta de maneira acolhedora de um lado e excludente de outro. Se pudéssemos voltar na história isso aconteceu em função de países como França, Inglaterra, Bélgica, Portugal entre outros da Europa que colonizaram todos os países da Africa com exceção da Libéria e Etiópia que foram estados independentes, onde nesses países promoveram saqueamento das riquezas, genocídio em grande escala, tráfico negreiro para países europeus e exploração de mão de obra barata, para atender em sua maioria seus anseios mercantilistas.

A procedência africana de 14 jogadores da equipe francesa nesta Copa do Mundo é uma amostra dessa variedade: República Democrática do Congo (Mandanda, Nzonzi, Matuidi, Kimpembe), Marrocos (Rami), Senegal (Mendy), Mali (Kanté, Sidibé e Dembelé), Guiné (Pogba), Camarões (Umtiti), Togo (Tolisso), Argélia (Fekir) e Camarões/Argélia (Mbappé).

França divulgou a lista dos 23 convocados e confirmou os 11 suplentes
Lista de convocados da seleção francesa repleta não só de afro descendentes mas também jogadores de descendências de demais países da Europa.

Gostaria de estar ao vivo e presenciar a cara do presidente francês Emmanuel Macron na conquista do título da seleção azul para analisar o seu semblante e discurso emblemático parabenizando os jogadores franceses pela conquista, vejo com certo repúdio essa mudança de discurso devido há pouco tempo atrás onde presidente se recusou a receber em seu país o navio Aquarius repleto de imigrantes Africanos, inclusive apresentou projeto de lei para endurecimento das leis referente a asilo e imigração no país.

frança-imigrantes
Charge na qual demonstra os problemas que a França possui referentes a imigração de refugiados

Até a líder da extrema direita francesa Marine Le Pen está publicou em seu twitter para o mundo ver: ”Bravo, a equipe da França! Está feito!!!!! Bravo Didier Deschamps e todos os seus jogadores. Histórico! “, demonstra sua demagogia em sua busca do poder, onde vários de seus seguidores colocaram comentários racistas, entre eles: “Parabéns África pelo campeonato Mundial”, coisa que nossa redação esportiva condena veementemente, até porque essa senhora age muito na conveniência, tanto até que moderou discurso para angariar mais seguidores onde na última eleição conseguiu 40% dos votos, ou seja, em torno de 10 milhões de eleitores na qual foi derrotada para o atual presidente Emmanuel Macron.

Seleção francesa, campeã da Copa do Mundo 2018, é recebida pelo presidente Emmanuel Macron, no Palácio do Eliseu
Presidente posa em foto ao lado de jogadores e comissão técnica no jardim do Palácio do Eliseu

No meu ponto de vista tenho que parabenizar a seleção francesa pela conquista apesar de estar torcendo pela Croácia em função da diversificação de campeões mundiais por diferentes países, mas temos que atentar a um fato muito interessante, o Governo Francês com certeza irá surfar na vitória da seleção de seu país para camuflar um governo repleto de falhas e equívocos, o que é uma prática mundial corriqueira vindo dos governantes atuais. Os países da União Européia teriam que trabalhar em conjunto para desenvolver políticas públicas de acolhimento e de asilo aos imigrantes evitando o chamado tráfico ilegal de pessoas, mas antes disso a mudança da cultura é primordial nos países desenvolvidos.

Roma
Clique na imagem para acessar o site
cassrocha@hotmail.com (20 Posts)

CARLOS ANDRÉ ROCHA - Paulistano da gema, Engenheiro Metalurgista de Formação, Professor de Matemática e Física, Torcedor do São Paulo desde criancinha e torcedor do Club Atlético Huracán desde 2009,"Grande no se hace, grande se nace"!


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta