Notícias

Volei

Em virada histórica, Sesc-RJ vence Minas no jogo 1 da semifinal

20180324000410627168i

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O Sesc-RJ venceu por 3×2 de virada fora de casa e sai na frente do minas no primeiro jogo da semifinal da Superliga Feminina

(Foto: Reprodução / Ramon Lisboa)

Foi mais um jogão. Assim como tinha sido na primeira semifinal entre Praia Clube e Vôlei Nestlé, as equipes do Minas e do Sesc-RJ não decepcionaram.

Em partidas de cinco sets, o time carioca venceu a equipe mineira em uma virada histórica na Arena Minas. Após estar perdendo por 2×0 em sets, o Sesc-RJ virou para 3×2 e saiu na frente na semifinal.

Primeiro set

Quem começou melhor foi o Sesc-RJ. Num bom começo de Penha e Mayhara, a equipe carioca foi abrindo vantagem até a metade do set.

Porém, apareceu a americana Hooker no jogo e começou a decidir para o Minas. Se ninguém conseguia virar bola, era todo o jogo na Hooker e Carol Gattaz.

Após conseguir assumir o controle do placar no final do set, o time do Minas virou o jogo e fez 26×24 no primeiro set.

Segundo set

O set começou com Gabi mal, assim como primeiro set. A ponteira foi rapidamente substituída por Kasiely.

Com os muitos erros do Rio, o Minas abriu vantagem no início. Mais uma vez a oposta Hooker foi muito acionada e correspondeu muito bem.

Pelo lado do Sesc-RJ, a central Juciely apareceu bem no ataque, começou a ser acionada por Roberta e conseguiu equilibrar a partida.

Até a metade do set, os clubes trocavam pontos no placar, mas Sonja Newcombe resolveu aparecer para brilhar no segundo set.

A ponteira conseguiu belas defesas e apareceu bem no ataque, com isso, abriu mais uma opção para a levantadora Macris.

Após a partida estar empatada em 15×15, o Sesc-RJ tomou seis pontos seguidos e o set fugiu do controle. O treinador Bernardinho ainda tentou a inversão do 5 em 1 e colocou Carol Leite e Monique em quadra.

O Sesc-RJ reagiu, mas não foi o suficiente. Final do segundo set 25×23 para o Minas.

Terceiro set

Bernardinho não exitou. O treinador voltou pra quadra colocando a Gabi no banco, a Penha de ponteira e Monique como titular na posição de oposta.

O terceiro set começou com muitos bloqueios dos dois lados. Pelo lado do Minas, destaque para Carol Gattaz, já no Sesc-RJ, destaque para Mayhara.

Neste set foi quando começou a reação do Sesc-RJ. Drussyla foi muito bem no ataque e Mayhara foram muito bem no ataque, porém, Rosamaria e Newcombe estavam muito bem do lado do Minas.

A líbero Léia atuou muito bem, fez grandes defesas e dificultou muito o time do Sesc-RJ. Com um 18×13 para o Minas no placar, a partida parecia estar definida, mas só parecia mesmo.

Bernardinho parou o jogo e voltou com Gabi no lugar de Penha. E daí pra frente foi definitivo, a ponteira não saiu mais.

Numa sequência de 5 pontos seguidos, o Sesc-RJ empatou o jogo e veio pra cima do Minas. Monique apareceu muito bem no final do set e virou muitas bolas no ataque. E o set terminou com ela fazendo um ponto de bloqueio para garantir uma bela virada.

Final 25×21 Sesc-RJ com 7 pontos de Monique neste set.

Quarto set

Foi bem parecido com o terceiro set. O Minas abriu uma vantagem de três pontos no início e foi sustentando ela até a metade do set.

Com o placar 15×12 para o Minas, Pri Daroit, que entrou no lugar de Rosamaria no meio do set, e Hooker apareceram muito bem no ataque e abriram uma vantagem de quatro pontos para o Minas e o placar marcava 18×14 para as donas da casa.

Mas com Monique e Drussyla brilhando no ataque, o time do Sesc-RJ foi buscar. Com um 24×20 para o Minas e o Match Point, Drussyla chegou no saque e carregou a equipe do Rio rumo a virada.

Com um ponto de saque e provocando dois erros na recepção do Minas, a partida ficou empatada. E no final, com Monique no ataque e dois erros de ataque da Hooker, o que é raro, o time carioca venceu de virada por 27×25 no quarto set e levou a partida para o Tie Break.

Quinto set

Foi sem susto. De ponta a ponta o Sesc-RJ comandou o set. Após abrir um 3×0 logo de cara, o time de Bernardinho foi sustentando a vantagem.

O treinador do Minas, Stefano Lavarini, ainda tentou mudar de novo. Ele tirou Rosamaria e colocou Pri Daroit, mas não adiantou. Com Mayhara e Monique inspiradas, o time do Sesc-RJ venceu por 15×7.

Considerações finais

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé

(Foto: Divulgação / Sesc-RJ)

Monique foi eleita a melhor jogadora da partida e ganhou o troféu Viva Vôlei. A oposta que entrou em definitivo no terceiro set fez 14 pontos e foi um grande desafogo para a levantadora Roberta, tirou o peso de cima da Gabi e foi o nome da virada do Sesc-RJ.

A maior pontuadora da partida foi a oposta Destinee Hooker com 31 pontos. Pelo lado do Rio, Mayhara foi a maior pontuadora com 18 pontos, sendo 6 de bloqueio.

A central Carol Gattaz atuou no sacrifício, com dores no joelho esquerdo, a capitã do Minas teve que ser substituída por Mayany por diversas vezes.

A jovem central Mayany foi bem, teve 7 pontos e deve ter novas oportunidades caso seja necessário na segunda feira.

Apesar de ter ido mal nos dois primeiros set, a ponteira Gabi apareceu bem quando o Sesc-RJ precisou e ajudou na virada.

Drussyla foi muito pressionada no saque adversário, até mesmo por isso não conseguiu dar muita qualidade nas recepções.

Com o resultado o Sesc-RJ abriu a vantagem de 1×0 na série melhor de cinco contra o Minas e agora irá jogar as próximas duas partidas em casa. Caso vença elas, a equipe vai para a final e enfrenta ou Praia Clube, ou Vôlei Nestlé.

Abre aspas

A oposta Monique falou sobre a oportunidade de vir do banco e conseguir mudar a partida.

“Acho que a gente de fora pode ter uma noção melhor do que está acontecendo. Então eu fui vendo o que podia fazer e deu tudo certo. Acho que o troféu é para toda equipe. Estou feliz, mas ainda tem uma série longa” – Disse a melhor jogadora da partida.

Já a central Carol Gattaz foi a única a falar após a dolorida derrota para o Sesc-RJ.

“Infelizmente meu joelho não está bem, mas vamos tentar recuperar. O próximo jogo é segunda, a série é bem longa e eu vou tentar me recuperar.  Acho que o time baixou a cabeça depois da virada no quarto set e a gente sabe que não pode abaixar a cabeça para o time do Rio” – Disse a capitã do Minas.

 

Esportes Mais

Facebook

 

Joao Pedro (196 Posts)

Estudante de Jornalismo na Instituição IBMR Barra, Rio de Janeiro.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta