Notícias

Futebol Internacional

Opinião: O martírio de Messi voltou

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Messi vive drama, dessa vez, com o Barcelona

Por: Fernando Pimentel

A derrota arrasadora sofrida no jogo de volta da semifinal da Champions League diante do Liverpool deixa a temporada do Barcelona com um gosto amargo novamente.

É a segunda vez consecutiva que o time catalão abre uma vantagem de três gols e permite a reação do adversário de maneira surpreendente, tendo em vista o cenário amplamente favorável para o Barça, que costuma a se impor em situações como essa.

A temporada que poderia ser a da redenção de Lionel Messi , vai terminar sem o título da principal competição continental e passa a gerar dúvidas quanto ao futuro de algumas peças do elenco.

Nem todo o altíssimo nível apresentado pelo argentino foi capaz de contagiar o resto da equipe rumo ao topo da Europa. Fica evidente a sensação de que nada valeu para Messi nessa Champions, apesar das grandes atuações e da conquista da artilharia isolada da competição após seis temporadas.

Ainda restam três jogos para o Barcelona na temporada, incluindo a final da Copa do Rei contra o Valencia. A sensação de que a missão não foi cumprida por completo certamente ficará na cabeça de Messi.

Além disso, não poderia existir hora pior para retornar a destruída Seleção Argentina, que tem tudo para passar outro vexame histórico na Copa América a ser realizada no Brasil. Parece que é um filme prestes a se repetir. E não há dúvidas de que se as coisas não derem certo para a albiceleste, todo o peso cairá sobre os ombros de Messi, porque é a coisa mais simples a se fazer para uma instituição desmoralizada como a AFA.

Messi conquistou quase tudo na carreira, mas há uma vitória que parece impossível. Foi protagonista em três das quatro últimas campanhas que levaram a Argentina para uma final.

O título não veio em nenhuma delas, sendo que a da Copa do Mundo de 2014, onde teve grande chance para marcar; e a da Copa América Centenário de 2016, em que perdeu um pênalti, foram as mais dolorosas.

Depois de 2016 chegou a anunciar a aposentadoria da Seleção, mas logo foi convencido a voltar. Decidiu a classificação da Argentina para o Mundial da Rússia na bacia das almas, porém depois do fiasco da Seleção na Rússia, ficou a sensação de que era melhor ter ficado em casa mesmo.

O fato é que a Seleção se tornou um fardo para Messi. O semblante de preocupação e de frustração fatalmente voltará, porque a cúpula da AFA, parte dos torcedores fanáticos e da imprensa acreditam que em um esporte onde existem onze jogadores em campo, apenas um é capaz de fazer o trabalho de dez. A dívida que Messi tem com a Argentina parece impagável, e ele já foi condenado por muitos.

 

Finais perdidas por Messi com a Seleção Argentina:

  • Copa América 2007 (Venezuela) -> Brasil 3×0 Argentina
  • Copa do Mundo de 2014 (Brasil) -> Alemanha 1×0 Argentina
  • Copa América 2015 (Chile) -> Chile 0x0 Argentina (PEN: 4×1)
  • Copa América 2016 (Estados Unidos) -> Argentina 0x0 Chile(PEN:2×4)
colaboração (6 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta