Notícias

Futebol Internacional

Nacional arranca empate na estreia do Campeonato Uruguaio

Rivero

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Octavio Rivero marcou seu primeiro gol com a camisa tricolor

Nacional resgatou um ponto na sua visita ao Estádio de Belvedere, campo do Liverpool. Com gol de Octavio Rivero a menos de dez minutos do fim da partida, tricolores empataram com a equipe da casa. Diego Guastavino tinha marcado o gol negriazul ainda no primeiro tempo. O jogo foi válido pela primeira rodada do Apertura 2019, primeiro turno do Campeonato Uruguaio.

ENTROSAMENTO DO LIVERPOOL CONTRASTA COM NOVIDADES TRICOLORES

Enquanto Liverpool manteve boa parte da equipe que disputou a temporada passada, Nacional entrou em campo com apenas cinco jogadores de linha remanescentes da temporada 2018, dos quais dois eram de fato titulares, caso de Matías Zunino e Sebastián Fernández.

Marcos Angeleri, Matías Viña e Guillermo Cotugno alternaram entre a equipe titular, o banco de reservas e chegaram a ficar frequentemente fora da convocatória. Com isso, a equipe demorou para conseguir mostrar um ritmo de jogo adequado.

Repetindo o esquema de 3-5-2 apresentado na final da Supercopa Uruguaia, o técnico Eduardo Domínguez apostava na qualidade do meia Lorenzetti. Contudo, ele não teve companhia e mesmo sendo o destaque individual, não chegou a ser decisivo na partida.

No segundo tempo, as entradas de Gonzalo Castro e Gonzalo Bergessio deram mais dinâmica e protagonismo ofensivo à equipe do Nacional, que chegou ao empate e teve, no mínimo, mas duas chances claras de gol. Uma delas acabou na trave e outras na segurança do goleiro do Liverpool Jorge Bava, ex Nacional.

CONDE SEGURA INVESTIDAS DO LIVERPOOL E GARANTE PONTO DO NACIONAL

Com a defesa jogando num esquema novo e contando com a improvisação de Guillermo Cotugno, lateral de origem, como zagueiro, Esteban Conde precisou trabalhar muito para evitar a derrota. Mesmo com o gol sofrido, o goleiro foi o destaque da equipe do Nacional, segurando os embates conduzidos por Bajter e Martínez.

LIMITAÇÃO DE ESTRANGEIROS VIRA PROBLEMA PARA TREINADOR DO NACIONAL

A limitação de três estrangeiros em campo e cinco convocados para cada partida acabou se tornando um problema para o técnico Eduardo Domínguez. Marcos Angeleri, Joaquim Arzura e Gustavo Lorenzetti foram titulares, com Gonzalo Bergessio ficando no banco de reservas.

Para que o atacante pudesse entrar no jogo, o treinador foi obrigado a tirar o volante Arzura, precisando mexer na estrutura tática da equipe. Vale lembrar que o goleiro reserva Luís Mejía, apesar de ser panamenho, não ocupa lugar como estrangeiro por jogar no Uruguai há mais de cinco anos.

NACIONAL VIAJA PARA AMISTOSO. LIVERPOOL JOGA PELA SUL-AMERICANA

Após o jogo de sábado, Nacional e Liverpool encararão partidas no meio da semana. Os tricolores viajam aos Estados Unidos para disputar um amistoso contra o Seattle Sounders, equipe onde é estrela o ex Nacional Nicolás Lodeiro. A partida servirá para que o técnico Eduardo Domínguez possa continuar dando rodagem ao novo esquema de jogo e também possa dar minutos aos atletas que não jogaram na estreia do Apertura.

Álvaro Pereira e Santiago Rodríguez, suspensos na partida do último sábado pela expulsão na final da Supercopa Uruguaia, devem ser titulares. Há expectativa pelas estreias do zagueiro Felipe Carvalho e o do volante Matías Cardaccio, assim como o retorno do zagueiro Rafael García.

Já o Liverpool encara um compromisso decisivo. Na quinta-feira, os negriazules recebem o Bahia, no jogo de volta da primeira fase da Copa Sul-americana. Na ida, os uruguaios venceram por 1 a 0.

FICHA TÉCNICA: LIVERPOOL 1×1 NACIONAL

Estádio: Belvedere. Árbitros: Andrés Matonte, Nicolás Tarán, Javier Irazoqui.

Gols: 18′ Diego Guastavino (L), 84′ Octavio Rivero (N).

Cartões Amarelos: 20’ Martín Rivas (L), 26′ Martín González (L), 80′ Marcos Angeleri (N).

LIVERPOOL: Jorge Bava; Christian Núñez, Steve Makuka, Martín González, Martín Rivas; Maximiliano Bajter, Agustín Ocampo (57′ Franco Romero), Hernán Figueredo, Diego Guastavino (74′ Pablo Caballero); Federico Martínez, Maureen Franco (66′ Juan Ignacio Ramírez). Técnico: Paulo Pezzolano. Reservas: Rodrigo Rodríguez, Alan Medina, Jean Pierre Rosso, Clementino González.

NACIONAL: Esteban Conde; Guillermo Cotugno (61′ Gonzalo Bergessio), Marcos Angeleri, Matías Viña; Matías Zunino, Joaquín Arzura (46′ Gonzalo Castro), Felipe Carballo, Agustín Sant’ Anna; Gustavo Lorenzetti; Sebastián Fernández (70′ Brian Ocampo), Octavio Rivero.  Técnico: Eduardo Domínguez. Reservas: Luis Mejía, Felipe Carvalho, Facundo Labandeira, Mathías Cardacio.

Créditos imagem: El telégrafo

nico.bianchi.sica (69 Posts)

Professor de História pós graduado em Jornalismo Esportivo. Uruguaio, torcedor fanático da "Celeste" e do Nacional.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta