Notícias

Futebol Internacional

Especial Europa League – SEVILLA, O maior campeão (Capítulo II)

25feb19b-7020-41b4-90b7-b72013648e23_1160468464869-0506-midsev3752

A primeira taça e o nascimento de uma amizade

Após derrotar o Zenit, o Sevilla chega pela primeira vez na história às semifinais de uma competição européia. O adversário seria o Schalke, time de muita tradição e torcida na Alemanha. No primeiro jogo, um empate sem gols, levando a decisão para Andaluzia. E esse jogo entrou para história, da Europa League e dos dois clubes.

O nascimento de uma amizade

O jogo bem disputado terminou em seu tempo normal com o placar também em zero a zero. Sempre com seus jovens jogadores, o Sevilla pressionava, até que em um contra-ataque, Jesus Navas faz uma tabela com o brasileiro Daniel Alves e vira o jogo para a entrada da área do lado esquerdo. O relógio batia em 101 minutos de jogo no momento em que Antonio Puerta acerta um chute de perna esquerda de uma maneira mágica, a bola faz uma curva o suficiente para impedir a defesa do arqueiro do time Azul Real, e morre no fundo da rede. Um golaço. Naquele momento o time espanhol estava se classificando para a final da Europa League, mas ainda havia tempo a ser jogado.

Quando o arbitro decretou o fim da partida, parecida a comemoração de um título. O placar eletrônico anunciava a classificação para Eindhoven soltando fogos, a torcida invadiu o campo, os repórteres alemães não tinha sossego para finalizar suas transmissões, uma classificação inédito merecia uma comemoração sem precedentes. Mesmo derrotados, a torcida do Schalke aplaudiu seus jogadores e também a equipe rival, num gesto de reconhecimento e também de grandeza.

EUROPA LEAGUE - SEVILLA, O MAIOR CAMPEÃO

Goleada e título, simples assim

O ápice da Europa League parecia mesmo ter sido no jogo contra o Schalke, a final disputada em Eindhoven diante do Middlesbrough foi um passeio do time espanhol. Tudo começou com um show dos brasileiros, Luís Fabiano recebeu passe de Daniel Alves e abriu o placar, em seguida, Maresca marcou duas vezes ampliou para 3 a 0 e ainda quase marcou o quarto pra finalizar sua “tripleta”, mas esse gol ficou com Kanouté.

O Sevilla se sagrava campeão e seria o início de uma era, jogadores jovens lançados pelo clube viriam a ser reconhecidos pelo mundo inteiro, a amizade com o Schalke acabava de formar um laço, e isso só viria a ser descoberto depois…

EUROPA LEAGUE - SEVILLA, O MAIOR CAMPEÃO

Elenco Campeão

Goleiros: Andrés Palop / Antonio Notario
Laterais: Daniel Alves / Antonio Puerta / Castedo / Adriano / Jesus Navas
Zagueiros: Javi Navarro / Julien Escudé / Aitor Ocio
Meias: Renato / Martí / Maresca / Jordi López
Atacantes: Kanouté / Luís Fabiano / Saviola / Kepa Blanco

Deixe uma resposta