Notícias

Futebol Brasileiro

Com Messi e volta de Agüero, Argentina divulga lista

Argentina

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O técnico da Seleção Argentina, Lionel Scaloni, divulgou sua lista para Copa América 2019

Argentina chega renovada para tentar o título. Vice nas duas últimas Copas América para o Chile, a Argentina vem ao Brasil buscando de tornar seleção com mais títulos da Copa América. Os argentinos bateram na trave em 2015 e 2016, ambas derrotas para os chilenos. Scaloni terá uma grande oportunidade de tirar os hermanos dá fila e conquistar o título em solo rival.

Os argentinos já não vencem um título há quase 30 anos. A última conquista Argentina foi contra o Equador, em 1993. Nas últimas 5 copas, os hermanos chegaram em quatro finais e perderam as quatro. Duas para o Brasil 2004 e 2007, duas para o Chile 2015 e 2016.

Messi perdeu três dessas quatro. Ainda novo, o craque perdeu em 2007 por 3 a 0 para o Brasil e fracassou também na Copa América da Argentina em 2011. Já como protagonista, Lionel perdeu duas para o Chile. A Copa de 2016 foi traumática: perdeu um penal na decisão e disse que não vestiria mais a camisa argentina. Voltou atrás e agora tenta quebrar o jejum dele com a Seleção.

Resultado de imagem para convocação copa america argentina

Grupo complicado e estreia complicada

A Argentina está no Grupo B ao lado de Catar, Colômbia e Paraguai. A estreia será contra a seleção cafetera dia 15 de junho na Fonte Nova. Em seguida, encara os paraguaios dia 19 no Mineirão e fecha a participação na primeira fase dia 23 diante da equipe asiática na Arena do Grêmio.

Um bom começo em Salvador poderá entregar uma tranquilidade maior para o selecionado. No último amistoso que contou com a volta de Messi, derrota por 3 a 1 para Venezuela.

Sem Kannemann e Icardi, mas com Agüero, Messi e Di Maria

Kannemman, lesionado, ficou fora da convocação. O zagueiro gremista ficou fora por conta de uma lesão lombar. Icardi, desprestigiado na Inter, ficou de fora de mais uma competição. O atacante vinha sendo chamado por Scaloni, mas os problemas na Inter fizeram com o que o centroavante ficasse de fora.

Agüero, Messi e Di Maria são presenças importantes na lista. Os três ficaram de fora dos primeiros amistosos do Seleção Argentina, mas foram chamados e reforçarão o ataque em busca da conquista.

Goleiros: Esteban Andrada (Boca Juniors), Franco Armani (River Plate) e Agustín Marchesín (América-MEX).

Defensores: Renzo Saravia (Racing), Nicolás Otamendi (Manchester City), Juan Foyth (Tottenham), Germán Pezzella (Fiorentina), Ramiro Funes Mori (Villarreal), Nicolás Tagliafico (Ajax), Marcos Acuña (Sporting) e Milton Casco (River Plate).

Meio-campistas: Rodrigo De Paul (Udinese), Leandro Paredes (PSG), Roberto Pereyra (Watford), Giovani Lo Celso (Betis), Ángel Di María (PSG), Guido Rodríguez (América-MEX) e Exequiel Palacios (River Plate).

Atacantes: Lionel Messi (Barcelona), Sergio Agüero (Manchester City), Paulo Dybala (Juventus), Matías Suárez (River Plate) e Lautaro Martínez (Inter de Milão).

Scaloni falou sobre essa convocação:

“Acreditamos que existem os melhores jogadores que consideramos neste momento, para um momento importante da Seleção, alguns ficaram de fora por conta de uma lesão, mas sempre estiveram em consideração”.

“Quando você tem tantos jogadores de bom nível para escolher, sempre há dúvidas, é difícil preencher tudo, mas a decisão final é sempre pensar no que é melhor para o time”.

“Desde que assumimos, nossa ideia é que qualquer jogador tenha a possibilidade de oferecer variantes diferentes. A camisa nunca foi proibida a ninguém. A substituição foi feita, mas sem fechar a porta para ninguém”.

Foto destaque: Alejandro Pagni / AFP

Enzo Matheus (316 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta