Notícias

+ Esportes

Aguero e Lautaro marcam, Argentina bate o Catar e avança às quartas

Argentina

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Lautaro Martinez comemora seu primeiro gol na competição | Crédito: Copa América

Atacantes impediram vexame da Argentina na Copa América

Nesse domingo (23), Argentina e Catar fizeram o último confronto do grupo B da Copa América. Jogando na Arena do Grêmio, em Porto Alegre – RS, as equipes fizeram um bom jogo e as mudanças argentinas geraram efeitos imediatos. Com Lautaro Martinez, Kun Aguero e Lionel Messi no comando do ataque, os albicelestes fizeram a melhor partida na era Scaloni.

A PARTIDA:

A estratégia do treinador argentino Lionel Scaloni ao contar com dois centroavantes deu certo. A pressão na saída de bola e, consequentemente, um erro do jogador da seleção do Catar, rendeu o primeiro gol de Lautaro na competição. Após ter finalizado uma bola anteriormente, desta vez ele aproveitou um passe errado do zagueiro e fez 1 a 0. Foi o segundo gol da Argentina nessa Copa América e o primeiro de Lautaro no comando de Scaloni.

O Catar se encontrou na partida a partir do momento em que evidenciou problemas no meio e defesa argentino. No entanto, esse mesmo setor no lado catariano não mostrou força. Porém, foi com uma linha mais alta para proteção e ataque, a exploração contínua de bolas nas costas dos laterais e zagueiros surgiu e com elas, as chances. Numa dessas, por exemplo, Hassan Al-Haidos teve uma grande chance, mas Franco Armani saiu bem. Posteriormente, uma cobrança de falta beijou a trave.

SEGUNDO TEMPO:

A segunda etapa contou com uma Argentina mais acesa. Aguero teve três chances, mas perdeu todas. Messi também teve a sua chance de aumentar a vantagem, porém houve outro desperdício. Mais tarde, Paulo Dybala entrou bem e participou do segundo gol. Aguero recebeu um passe na intermediária, encarou os zagueiros e finalizou cruzado para o gol.

SCALONI DESTACOU O COLETIVO

Na coletiva pós-jogo, o treinador argentino falou muito sobre a pressão no campo do adversário e comprometimento dos jogadores.

“Quando todos se comprometem eu diria que podemos jogar de muitas maneiras. O meio-campo estava comprometido, a defesa ia buscar os adversários em cima sem medo. Os atacantes pressionaram bem. Quando você tem compromisso, podemos fazer coisas diferentes. Estamos contentes, foi um bom avanço”, elogiou.

O gramado, no entanto, não agradou, e o técnico voltou criticar.

“Vou para o campo outra vez. Quando eu disse antes, fui criticado. Falaram que eram desculpas. Não dá para jogar neste campo, amigos. Não dá. Tentamos jogar, pressionar em cima, o segundo tempo foi muito bom. Seguramente contra outro rival, temos que ajustar algumas coisas. Mas gostei da equipe, sim”, completou.

AUTOR DO GOL,

Lautaro conversou com a imprensa sobre a mentalidade antes e durante a partida. Posteriormente, ele destacou a importância da classificação.

“Buscamos o gol o tempo todo. Essa era nossa ideia e fizemos. Pressionamos muito a saída de bola do Catar. Fazer o gol logo no início da partida nos deu mais tranquilidade no jogo”, disse. […] “Nós sabíamos que tínhamos essa necessidade de ganhar. Estamos felizes, mas precisamos trabalhar. A Venezuela é um adversário complicado. Vamos trabalhar duro”, finalizou Martinez. 

Argentina escapa do vexame e já pensa na Venezuela

A vitória trouxe como resultado o confronto contra a Venezuela. Apesar do momento de comemoração, é preciso ter a cabeça no lugar. A mesma Venezuela já derrotou os hermanos por 3 a 1 na volta de Messi. Além disso, eles conseguiram um empate com o Brasil, por exemplo. É uma seleção organizada e que pode colocar a Argentina em risco mais uma vez.

Venezuela e Argentina se enfrentam na próxima sexta-feira (28), às 16h (horário de Brasília), no Maracanã.

FICHA TÉCNICA CATAR 0 x 2 ARGENTINA

Data e hora: 23/06/2019 (Domingo), às 16h (Brasília).

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS) Árbitro: Julio Bascuñan (CHI) Auxiliares: Christian Schiemann e Claudio Rios (ambos chilenos) Árbitro de vídeo: Gabriel Tobar (CHI).

Público total: 41.390 mil Renda: R$ 7.901.700,00 milhões.

Cartões amarelos: Almoez Ali e Boudiaf (QAT); Foyth e Lo Celso (ARG)

Gols: Lautaro Martínez aos 3 minutos do primeiro tempo e Kun Aguero aos 36 minutos do segundo tempo.

CATAR: Al-Sheeb; Pedro Correia (Ismaeil), Salem Al Hajri, Bassam Hisham e Hatem Abdulaziz (Abdulsalam); Salman, Khoukhi, Boudiaf e Al-Hayados; Almoez Ali e Akram Afif. Técnico: Félix Sánchez.

ARGENTINA: Armani; Saravia, Otamendi, Foyth (Pezzella) e Tagliafico; Paredes, De Paul e Lo Celso (Acuña); Messi, Aguero e Lautaro Martínez (Dybala) Técnico: Lionel Scaloni.

Enzo Matheus (316 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta