Notícias

+ Esportes

NFL: Confira todas as demissões da última Black Monday

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Saiba quais técnicos foram demitidos de seus times durante e depois do término da temporada regular da NFL

No último fim de semana a temporada regular chegou ao fim e os dias que sucedem o término são bastante movimentados devido ao desligamento dos técnicos, alguns saíram antes, mas a grande maioria terminou o ano no cargo. A famosa segunda feira negra ou Black Monday, como é conhecida nos Estados Unidos, passou e levou com ela nomes importantes. Conheçam quais técnicos pegaram seu boné e saíram dos times na NFL.

Jeff Fisher (Los Angeles Rams)

Fisher ganhou projeção após conseguir chegar ao Super Bowl XXXIV com o Tennessee Titans de Steve McNair, e lá permaneceu até 2010. Em 2011, assinou com o Saint Louis/Los Angeles Rams. De lá pra cá, colecionou 5 recordes negativos, algumas declarações controversas, como quando disse, em 2016, que Danny Woodhead era um grande “playmaker” do New England Patriots (o mesmo se encontrava na IR dos Chargers), e foi demitido dos Rams em dezembro do ano passado, após assinar uma extensão contratual que duraria até 2018.

Gus Bradley (Jacksonville Jaguars)

Coordenador defensivo do Seattle Seahawks de 2009 até 2012, Gus Bradley chegou ao Jacksonville Jaguars após a pífia temporada de Mike Mularkey. Na offseason, os torcedores dos Jaguars demonstraram muito otimismo com as contratações de Malik Jackson, Prince Amukamara e com a chegada de Jalen Ramsey no draft, o que melhoraria consideravelmente a defesa da equipe, e de fato melhorou o setor, porém o playcalling ofensivo fraco que resultou na péssima temporada de Blake Bortles foi um dos principais fatores que fizeram Bradley ser demitido dos Jaguars.

Gary Kubiak (Denver Broncos)

Como coordenador ofensivo e treinador de quarterbacks, foi bicampeão do Super Bowl com a equipe do Colorado e, em 2015, chegou aos Broncos como head coach. Em sua primeira temporada em Denver, foi campeão do Super Bowl contra o Carolina Panthers. Kubiak já havia demonstrado alguns problemas de saúde no decorrer dos jogos, como quando teve uma isquemia enquanto treinador dos Texans e sofreu uma forte enxaqueca no meio do jogo contra os Falcons nesta temporada. Para tratar de sua saúde, Gary Kubiak resolveu se aposentar da função de head coach no fim dessa temporada.

Mike McCoy (San Diego Chargers) 

Mike começou sua carreira nos Panthers de 2000 a 2008, onde alterou entre funções, em 2009 foi para os Broncos onde se tornou coordenador ofensivo até que em 2013 se transferiu para os Chargers se tornando Head Coach e ficou em San Diego por quatro temporadas. McCoy terminou sua passagem pelos Chargers com um saldo negativo de 27-36, 9-7 em 2012 e 2013. Em 2013 foi um auge nos Chargers onde a equipe conseguiu se classificar para os Playoffs, depois disso desandou no ano passado um 4-12 e nessa temporada campanha horrível terminando com 5-11. Alguns pontos mostram que nem tudo é culpa do técnico: as lesões atrapalharam, além de estar em uma divisão de times que brigaram por playoffs até as últimas semanas da temporada. As duas últimas temporadas horríveis fizeram com que a diretoria demitisse o treinador.

Chip  Kelly (San Francisco 49ers) 

Chip Kelly começou sua carreira no college e ficou por 20 anos a sua última equipe foi Oregon antes de ir direto para a NFL se tornando Head Coach do Philadelphia Eagles em 2013. Ficou duas temporadas no time da Philadelphia, seu estilo é muito criticado, por fazer a defesa sofrer por ficar muito tempo em campo, tendo um ataque de rápidas jogadas e campanhas de pouco tempo. Em 2016 foi contratado pelos 49ers, onde não conseguiu desenvolver seu trabalho, também por o time ter muitas carências, teve uma temporada horrível sendo a segunda pior da NFL, no final dessa temporada foi anunciada sua demissão.

Rex Ryan (Bufallo Bills) 

Rex Ryan começou a carreira no college e alternou entre college e NFL, em cargos variados pelos times, ate que em 1999, se transferiu para os Ravens e ficou por lá até 2008, variou entre as funções de coordenador defensivo e assistente técnico. Entre 2009 e 2014 Ryan se tornou Head Coach do New York Jets, onde levou a equipe a ser campeão do Super Bowl XXXV, em 2015 foi para os Bills, mais não conseguiu repetir o mesmo sucesso com os Jets, sua filosofia não fez muito sucesso entre os jogadores e ele acabou sendo demitido nessa temporada, será que veremos Rex Ryan em alguma equipe da NFL ou ele se aposentará? Somente no futuro saberemos.

Texto de Sostenes Alcantara e Daniel Freitas

Curta a NFL Esportes Mais no Facebook

Clique na imagem para acessar o site.
suporte (2040 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta