Notícias

Futebol Internacional

São Paulo recebe a Universidad Católica na volta das oitavas da Sul-Americana

São Paulo

Após jogo polêmico em Santiago, no Chile, o Tricolor Paulista volta a enfrentar a Universidad Católica em São Paulo

Nesta quinta-feira (7) às 21h30 (horário de Brasília), São Paulo e Universidad Católica entram em campo pelo segundo jogo das oitavas de final da Copa Sul-Americana, no Morumbi.

Após vencer os chilenos em casa no jogo de ida por 4 a 2, o Tricolor Paulista pode perder por até um gol de diferença que ainda assim garante a classificação para a próxima fase. Em caso de derrota tricolor por dois gols de diferença, a classificação será decidida nos pênaltis. A Universidad Católica só garantiria  sua vaga nas quartas de final no tempo regulamentar se triunfar por 3 a 0 ou por qualquer placar com diferença de três gols. O São Paulo jamais deixou escapar uma vaga em sua história após abrir vantagem de dois ou mais gols como visitante no jogo de ida.

Como vem o São Paulo

O técnico Rogério Ceni terá de fazer mudanças drásticas no elenco para o duelo desta quinta-feira, isso porque o treinador não terá outros sete atletas com problemas médicos, além dos suspensos Calleri, Igor Vinicius e Rodrigo Nestor. Os três foram expulsos na partida de ida. Ceni pode ter os retornos de Nikão e Talles Costa para o confronto. A dupla treinou com o grupo nesta terça-feira e deve ficar à disposição. Eles não jogam há mais de um mês por conta de lesões. Para essa partida, Rogério Ceni terá 11 desfalques certos. Sara, Arboleda, Luan, Caio, Andrés Colorado e Alisson que se recuperam de lesão.

Isso tudo sem considerar Rafinha, que foi baixa na vitória do último domingo sobre o Atlético-GO, por 2 a 1, em Goiânia, por causa de um resfriado. A expectativa é de que até está quinta-feira o jogador  já esteja recuperado. Para este confronto, o São Paulo garantiu casa cheia para receber o time no jogo da volta. Em suas redes sociais foram anunciados mais de 36 mil ingressos vendidos antecipadamente.

Se sua classificação na Sul-Americana for confirmada, o São Paulo terá pela frente nas quartas de final o vencedor do duelo entre Ceará e The Strongest. No primeiro jogo, na Bolívia, o Vozão venceu por 2 a 1.

Como vem a Universidad Católica

A Universidad Católica teve no último domingo (3), a retomada do Campeonato Chileno, que foi suspenso no final de maio após a conclusão do primeiro turno. Atuando na condição de mandante, bateu o Coquimbo, por 2 a 0, em confronto que fez parte da programação da décima sexta rodada, a primeira do segundo turno da versão 2022 da liga nacional.

O placar foi compatível com sua melhor qualidade na finalização. A equipe, que teve o controle da pelota por 67% do tempo, desenvolveu o mesmo número de oportunidades para finalização que os visitantes (dez). Porém, liderou com ampla vantagem o ranking dos tiros no alvo (7 a 2). Abriu o marcador aos 12 minutos da etapa final através de Zampedri, que contou com assistência de Cuevas. Ele voltou a marcar aos 37 minutos em cobrança de pênalti.

Isso permitou avançar para 22 pontos (sete vitórias, um empate e oito derrotas) subindo para oitava posição na tabela de classificação. Vencedora das última quatro edições do Campeonato Chileno, a Universidade Católica está oito pontos abaixo do Colo Colo, líder, e um ponto atrás do Palestino, sétimo colocado, que fecha a região que distribui vagas para a participação em competições internacionais na próxima temporada.

Para a mídia chilena, enfrentar um chaveamento logo contra o São Paulo foi um grande azar da Católica. A equipe chilena sofreu gol em quase 80% das partidas contra o São Paulo. A maior vitória da Univ. Católica em casa foi na Libertadores de 1993, na final, no jogo de volta.

Ficha Técnica: São Paulo x Universidad Católica

Horário: 21h30 horário de Brasília

Local: Estádio do Morumbi

Transmissão: Conmebol TV

Provável escalação do São Paulo: Jandrei; Diego Costa, Miranda, Léo; Rafinha (Moreira), Igor Gomes, Gabriel Neves, Patrick, Reinaldo; Luciano e Eder (Rigoni).

Provável escalação da Universidad Católica: Pérez; Isla, Parot, Tomás e González, Cuevas e Saavedra, Nuñez, Aued, Fuenzalido e Zampedri.

Esportes Mais

Facebook

 

 

Deixe uma resposta