Notícias

NFL

Saints e Buccanneers fazem confronto cheio de rivalidade na NFC Divisional

IMG_20210116_194414

New Orleans Saints e Tampa Bay Buccanneers duelam nas semifinais da Conferência Nacional da NFL

Nesse domingo (17) os Saints recebem os Buccaneers em jogo que vale uma vaga na final da NFC. Jogo ocorrerá às 20:40, horário de Brasília com transmissão da ESPN em território nacional.

Brady x Brees

O duelo de QBs quarentões mais importante do ano. De um lado, Tom Brady e seus 43 anos. Do outro Drew Brees e seus recém completados 42 (Brees fez 42 anos dia 15/01). Os quaterbacks se enfrentaram duas vezes no ano, com 2 vitórias de Brees. Pela primeira vez na carreira Tom Brady não ganhou de algum rival de divisão na temporada. Em 7 embates entre os QBs foram 5 vitórias de Brees e 2 de Brady. Será o primeiro duelo em pós-temporada.

Grandes corredores presentes em Saints e Bucs

Mas quem pensa que só tem esse duelo em comum está enganado. 2 RBs selecionados no Draft de 2017 estarão em campo. Leonard Fournett foi a #4 escolha pelo Jacksonville Jaguars, que o dispensou esse ano. Na terceira rodada, com a escolha #67, os Saints pegaram Alvin Kamara que promete dar trabalho a defesa dos Buccaneers.

Como foi o Wild Card?

Na rodada de wildcard os Buccaneers (11-5) visitaram Washington e bateram o Washington Football Team (7-9) por 31×23 em disputa emocionante na capital norte-americana. Já os Saints (12-4) receberam o Chicago Bears (8-8), que tinha a #7 seed da NFC, algo que foi usado pela primeira vez esse ano, com o placar de 21×09 os Saints levaram a vaga no divisional. O bizarro foi que a Nickelodeon, famoso canal infantil, transmitiu esse jogo nos EUA, o que rendeu belas imagens como banho de slime após TD e rede atrás dos FGs com o Bob Esponja.

Esse ano é o ano do tudo ou nada para New Orleans. O time que é famoso por “amarelar” na pós-temporada tem vários jogadores encerrando o contrato fora a aposentadoria de Drew Brees. Alguns exemplos de eliminações dolorosas para o torcedor da franquia são a falta não marcada de pass interference contra os Rams em 2018 e o Milagre de Minneapolis contra os Vikings.

Esse ano também pode ser a quebra de um tabu. Em 54 edições, nunca o time que sediou o Super Bowl jogou a decisão, esse ano o grande jogo será em Tampa. Será que Tom Brady quebrará mais um tabu envolvendo o Super Bowl?

Imagem em destaque: New Orleans Saints/Twitter

Esportes Mais

Facebook

Deixe uma resposta