Notícias

NFL

Pelo Divisional da NFC, Rams visita o Packers na segunda rodada de playoffs da NFL

packers_vs_rams_tale_of_the_tape-5ffbb5eae9e3792d42aaae12_1_jan_11_2021_2_48_14_poster

As duas equipes se enfrentam e buscam vencer para estar na Final da Conferência Nacional e assim continuar sonhando com o Super Bowl LIV

A segunda rodada de playoffs da NFL tem seu início neste sábado, 16, com o jogo entre Los Angeles Rams e Green Bay Packers pelo Divisional da NFC. O Rams vem de uma vitória importante na última rodada, no Super Wild Card sobre o rival de divisão, Seattle Seahawks por 30×20. Já o Packers, não jogou no Super Wild Card, já que conquistou a primeira colocação geral na NFC e assim pode usufruir de uma semana de folga com treinamentos e preparação para o jogo pelo Divisional. A partida acontece no Lambeau Field e tem o primeiro kickoff às 18h35, com a transmissão exclusiva da ESPN.

Com uma defesa forte e uma das melhores da NFL, o Rams quer surpreender e parar Aaron Rodgers e companhia

O Rams vem com tudo para essa próxima fase dos playoffs da NFL. O time de Los Angeles foi até Seattle e venceu o rival de divisão Seahawks por 30×20. A defesa do Rams foi mais uma vez o grande diferencial da equipe, já que gerou muita pressão encima de Russell Wilson, tendo sucesso em sacks e turnovers, sendo o mais importante uma interceptação do cornerback Darious Williams que retornou para touchdown. Essa interceptação foi a terceira de Williams contra Russell Wilson na temporada, sendo que essa virou em pontuação para o Rams.

Contudo, se a defesa foi bem demais, o ataque teve seus problemas. O primeiro foi que Jared Goff se quer iria para o jogo contra o Seahawks após cirurgia no dedo polegar da mão. Com isso, coube ao quarterback reserva John Wolford a substituir Goff e assim levar o ataque do Rams a pontuar contra Seattle. Porém, Wolford nem teve muito tempo de ficar em campo, já que depois de um jogada de corrida ele sofreu com um impacto do safety Jamal Adams que foi dar o tackle e acabou atingindo o pescoço de Wolford e assim o QB foi retirado de campo.

Darious Williams retornando para touchdown após interceptar passe de Russell Wilson. É o terceiro do cornerback contra o QB de Seattle na temporada e pode ser decisivo em duelo contra Aaron Rodgers. Foto: Site Oficial da NFL
Darious Williams retornando para touchdown após interceptar passe de Russell Wilson. É o terceiro do cornerback contra o QB de Seattle na temporada e pode ser decisivo em duelo contra Aaron Rodgers. Foto: Site Oficial da NFL

Com isso, Goff foi a campo com o dedo pra lá de estranho. Porém, mesmo com as dificuldades o ataque do Rams conseguiu pontuar e a defesa fez o resto do trabalho. Tanto que mesmo com a contusão de Aaron Donald nas costelas, o defensive tackle foi preservado e mesmo assim a defesa do Rams se manteve o nível altíssimo. Donald está com status de questionável, porém, sua ida a Green Bay é praticamente certa e com isso Aaron Rodgers terá muita pressão pelo meio da linha, forçando o QB a achar mais rápido seus recebedores. Se Donald é certeza de sua presença, o wide receiver Cooper Kupp está praticamente fora.

Para encarar o Packers debaixo do frio, o Rams terá uma missão muito ádua. A defesa terá que enfrentar um ataque que se mostrou poderoso na temporada regular e que pode fazer estragos em uma defesa considerada forte. Com isso, a pressão com Aaron Donald e Leonard Floyd terá que ser intensa em Aaron Rodgers, e a secundária tem que fazer uma marcação específica no wide receiver Davante Adams, a tendência é que Jalen Ramsey seja seu marcador, esse duelo mais empolgante da partida. Além da defesa ser eficiente, o ataque precisa pontuar. Goff não estará 100% e lançar a bola no frio com o dedo avariado não é algo aconselhável. Mais uma vez sobrará para o jogo terrestre com Cam Akers no backfield para dar ao Rams chances de vencer o Packers.

Com duas semanas de preparação, Packers quer manter a vantagem de jogar em casa e seguir seu caminho para o Super Bowl LIV

Diferentemente do Rams, o Packers se absteve do Super Wild Card, já que conquistou a melhor campanha da NFC, com 13 vitórias e três derrotas na temporada regular. Com a mudança no regulamento dos playoffs, apenas um time poderia ficar com a folga na primeira semana de playoffs, com isso o Packers foi o único a ter essa preciosidade e assim ter vantagem na pós temporada, já que ficou duas semanas se preparando e terá o caminho do Super Bowl LIV da NFC passando exclusivamente por Green Bay, isso se a equipe triunfar sobre o Rams neste sábado.

A última partida do Packers foi contra o rival de divisão, Chicagio Bears. O time de Green Bay venceu mais uma, por 35×16. Mas uma vez Aaron Rodgers teve uma atuação de MVP, tendo 240 jardas e mais quatro passes para touchdown, tendo assim um total de 48 passes conectados para touchdown na temporada regular, sendo que 18 foram para Davante Adams. A defesa que vinha tendo problemas no jogo terrestre, melhorou nas últimas duas semanas de temporada regular, já que conteve Derrick Henry a 98 jardas e nenhum touchdown e David Montgomery a menos de 70 jardas e apenas um touchdown.

A dupla Rodgers e Adams é uma das mais eficientes da liga, e neste sábado terá o maior desafio, encarar uma forte defesa. Jogadas de playaction foram eficientes na temporada, sendo o ponto fraco da defesa do Rams. Foto: Ron Chenoy/CBS Sports
A dupla Rodgers e Adams é uma das mais eficientes da liga, e neste sábado terá o maior desafio, encarar uma forte defesa. Jogadas de playaction foram eficientes na temporada, sendo o ponto fraco da defesa do Rams. Foto: Ron Chenoy/CBS Sports

Se Aaron Rodgers teve uma temporada digna de MVP, seu maior desafio poderá vir nesse sábado ao encarar a defesa do Rams. Em números podemos fazer a seguinte comparação, o ataque do Packers é primeiro em pontos com 31.8, o quinto em jardas por jogo, 389, o primeiro em terceiras descidas, 49,4, o primeiro na redzone com 80% de eficiência e primeiro em touchdowns marcados por jogo. Já a defesa do Rams, é a primeira em pontos cedidos, com 18.6 por jogo, é a primeira em jardas cedidas, 218.7, é a 12ª em touchdowns cedidos na redzone com 59,5% e a primeira em touchdowns cedidos com 2.1 por jogo.

No entanto, se as estatísticas no geral se equilibram entre ataque do Packers e defesa do Rams, tem algo em especial que o ataque liderado por Rodgers pode tirar muito proveito, o playaction. Em números, a defesa do Rams em situações de playaction é a 24ª no QBR da ESPN, estatística de desempenho do QB ao logo da partida, é a 22ª em jardas cedidas por tentativa e a 32ª em média de jardas que os jogadores adversários conseguem após a separação. Ou seja, se o Packers encaixar bem as corridas com seus running backs, situações de playaction poderão ser mais exploradas por Rodgers que se mostrou mortal nesse tipo de jogo, tendo 21 passes para touchdown na temporada.

Papite do Redator sobre Rams x Packers

Na minha opinião o Packers é favorito no confronto. Vai jogar em seus domínios e com um ataque mais sólido poderá ser mais efetivo na busca por pontos. O Rams além de parar o ataque explosivo do Packers, terá que machucar a defesa do Packers em meio ao frio e provavelmente neve, tendo Goff com problemas no dedo da mão o qual lança. Ou seja, a missão do Rams é complicadíssima, mas não impossível de ser vencida. Meu placar é de 28×14 para o Packers.

Imagem em destaque: Jake Roth/USA Today Sports

Esportes Mais

Facebook

Deixe uma resposta