Notícias

UFC

Khamzat Chimaev: uma grande estrela surge no UFC

Khamzat Chimaev

 

Khamzat Chimaev chega de forma meteórica ao UFC

Nos últimos dias você provavelmente deve ter ouvido falar sobre um novo fenômeno que surge no mundo da luta, trata-se de Khamzat Chimaev, o lutador Sueco Checheno, invicto, que chegou com os dois pés na porta do maior evento de MMA do mundo, o UFC. Estamos falando sobre uma promessa daquelas que podem chegar ao topo da história do esporte, sendo cedo ou tarde para dizer, o lutador de origem Russa já chegou quebrando recordes, apagou dois adversários num período de 10 dias no evento. Hoje iremos falar um pouco sobre essa grande promessa de apenas 26 anos.

Primeiramente, percebe-se que um lutador é especial quando a palavra ‘’invicto’’ não é o que mais impressiona em sua carreira, são 8 vitórias no MMA profissional, mas, o que nos deixa de queixo caído é a facilidade com que essas vitórias foram conquistadas. Para efeito de comparação, Chimaev trata-se de um Khabib Nurmagomedov com 78kgs e 1,88m de altura. Sua lutas até o momento sequer passaram do 2° round, geralmente é entrar no octógono, carregar seu adversário no ‘colo’ e em seguida atirá-lo ao solo, depois disso, ground and pround bruto ou até mesmo uma finalização que apague o oponente. E não é só isso, quando precisou se provar na luta em pé, Khamzat Chimaev nos proporcionou um nocaute impressionante contra o Russo até então invicto, Ikram Aliskerov, pelo Brave. Aos 2:26 do primeiro roud, Chimaev conectou um Uppercut limpo e com precisão perfeita, o resultado disso foi Aliskerov caindo apagado, fim de luta. Somado a isso, o Sueco aparenta possuir pulmões além do normal, suas lutas até aqui foram com 100% de intensidade, brutalidade ininterrupta e um gás que tem impressionado com seus devidos méritos.

Dito isso, é claro que existe muito chão pela frente, Chimaev ainda não enfrentou nenhum ranqueado dos meio-médios do UFC, a categoria oferece excelentes nomes mais acima no ranking, Gilbert Burns, Colby Covington, Jorge Masvidal, Tyron Woodley, além do campeão Kamaru Usman. Porém, os passos estão sendo dados e com certa facilidade. O potencial é enorme e torcemos para que as expectativas sejam alcançadas.

Deixe uma resposta