Notícias

UFC

UFC 254: Khabib x Gaethje pela unificação dos leves

KBGT

Após conquistar o cinturão interino em grande performance contra Tony Ferguson, Justin Gaethje enfrentará o campeão invicto Khabib Nurmagomedov, que vive um dos momentos mais difíceis de sua vida após o falecimento do seu pai. O duelo ocorre nesse sábado (24) e veremos dois grandes wrestlers frente a frente.

Justin Gaethje, Tony Ferguson
John Raoux, The Associated Press

Khabib atravessa um momento difícil

Os dois lutadores vivem momentos opostos, Gaethje vem de uma das principais vitórias de sua carreira após destruir o rosto do ‘bicho-papão’ da categoria, em um duelo de muita inteligência, Gaethje foi extremamente preciso e fuzilou Tony Ferguson com sua marreta de mão. Dessa forma, conquistou o título interino dos leves. Por outro lado, o campeão Khabib Nurmagomedov possui 28 vitórias na carreira e nenhuma derrota, segue invicto em seu reinado de extrema dominância, porém, atravessa o momento mais complicado de sua vida, o luto pela morte de seu Pai, Abdulmanap Nurmagomedov. O treinador russo sofreu uma parada cardíaca em decorrência da COVID-19.

NINTCHDBPICT000583116110
Imagem: GETTY IMAGES

Encaixe ténico

Primeiramente, estamos falando de dois wrestlers de excelência que proporcionarão um duelo de altíssimo nível, apesar de que a capacidade cardiorrespiratória deverá ser um fator chave para o desenvolvimento e conclusão da luta. O americano luta wrestling desde os 4 anos de idadade, inclusive, sendo duas vezes campeão estadual e conquistando o status de wrestler all-american.  Enquanto isso, aos 9 anos de idade Khabib estava derrubando pequenos ursos na Rússia. Por mais que Gaethje tenha vasta experiência na modalidade, o lutador pouco utiliza em suas lutas por conta da demanda de gás necessário, ponto fraco do americano, que por outro lado é um dos pontos fortes do Russo.

Em coletiva de imprensa, Khabib falou sobre o assunto: “O fato de Gaethje conhecer wrestling não muda nada. Lutarei wrestling com ele. Ele tem uma boa defesa de quedas e praticou por quase toda vida, mas não acho que nos últimos cinco ou seis anos, usou o wrestling como eu uso. Essa é a minha arma e sempre aplico nos treinos e nas lutas. Esse jogo de wrestling e controle é o que me faz ser campeão. Não acho que nos últimos anos Gaethje tenha evoluído nessa parte. Ele tem a base, mas tudo mudou. Gaethje sabe como se defender, mas conhecemos seu condicionamento e não é confiável. Como vou atacá-lo nos dois primeiros rounds, no terceiro, será eliminado. Ele não tem um bom condicionamento”, disse Khabib.

Opinião

Entendo o duelo com duas possibilidades de rumos diferentes, o primeiro seria esse mesmo descrito por Khabib. O Russo deverá pressionar Gaethje durante os dois primeiros rounds minando o gás do adversário, até que do terceiro round em diante a capacidade física prevaleça e o caminho para a vitória fique claro através  do domínio. A outra possibilidade seria uma primeiro ou segundo round brilhante de Gaethje, defendendo-se das quedas e conseguindo machucar o americano com muita violência em golpes certeiros, nocauteando com um golpe singular ou abrindo possibilidade para um nocaute por danos acumulados.

 

Deixe uma resposta