Notícias

Matérias Especiais

Especial: A marcante passagem de Calleri no São Paulo

Calleri

Relembre como foi a passagem do centroavante argentino no Tricolor Paulista

Nascido no dia 23 de setembro de 1993, Jonathan Calleri iniciou sua carreira futebolística nas categorias de base do All Boys, da Argentina. Com suas boas atuações e mostrando faro de gol acabou chamando a atenção do Boca Juniors, que o contratou na metade de 2014.

Em 2016, teve seus direitos comprados por um grupo de investidores e vinculado ao Deportivo Maldonado, clube que disputa a segunda divisão do futebol uruguaio.

Sem atuar pelo clube uruguaio, Calleri acabou sendo emprestado pelo São Paulo com um contrato válido até de 30 de junho de 2016, com possibilidade de prolongação caso o clube do Morumbi chegasse às finais da Copa Libertadores.

Com a camisa são-paulina, marcou um gol logo na sua estreia que ocorreu contra o César Vallejo, em Trujillo, em partida válida pela primeira fase da Libertadores. Já no seu segundo jogo, marcou novamente, desta vez guardando dois gols, agora pelo Campeonato Paulista contra o Água Santa.

Depois de três em dois jogos, o argentino logo caiu nas graças do torcedor, porém, passou por um jejum de onze jogos sem balançar as redes. Após longo jejum, voltou a marca na vitória diante do Botafogo-SP.

No dia 5 de abril, em partida válida pela Copa Libertadores, Calleri marcou quatro gols na goleada por 6 a 0 em cima do Trujillanos. Foi a primeira vez que o jogador marcou quatro vezes em uma partida oficial. Em 13 de abril, contra o River Plate, marcou os dois gols da vitória do São Paulo por 2 a 1. No último jogo do grupo em La Paz, contra o The Strongest, fez o gol de empate que classificou o São Paulo as oitavas de final da Libertadores.

Calleri fez sua última partida em 13 de julho, no estádio Atanasio Girardot, pelas semifinais da Copa Libertadores da América de 2016, marcando um gol, mas sendo eliminado do torneio.

Apesar de ter contrato até o dia 31 de julho, foi liberado para se se apresentar a seleção argentina para os Jogos Olímpicos de 2016. Ao todo pelo São Paulo, fez 31 partidas e marcou 16 gols.

Esportes Mais

Esportes Mais no Facebook

Deixe uma resposta