Notícias

NFL

Boa atuação dos ataques podem definir o vencedor de Vikings e Packers

packers-vikings-nfl

Clássico de divisão e a esperança de bons ataques, Vikings e Packers duelam nesse domingo

A semana 2 da NFL já teve seu início na quinta feira, e seu seguimento será realizado nesse domingo. Dentre várias partidas, temos mais um duelo de divisão pela NFC North, desta vez entre Minnesota Vikings e Green Bay Packers. As duas equipes vem de vitória na primeira semana, com o Packers vencendo outro rival de divisão, o Chicago Bears por 10 a 3 e o Vikings em casa recebeu o Atlanta Falcons e venceu por 28 a 12.

Agora, tanto Vikings e Packers buscam a sua segunda vitória na temporada, uma vez que um triunfo para ambos os lados pode definir os rumos da divisão. A partida acontece no Lambeau Field, casa do Packers e tem seu kickoff à partir das 14h e terá transmissão exclusiva da ESPN ou quem preferir pode ter acesso ao Game Pass da NFL ou streams da internet.

Packers surpreendeu o Bears na primeira partida

Jogando a primeira partida fora de casa, a vitória do Packers sobre o Bears foi de extrema importância para o novo head coach da franquia, Matt LaFleur. Dos estreantes no cargo nessa temporada, apenas LaFleur foi o vitorioso. Nessa partida os ataques não foram tão bem assim, e com isso as defesas se sobressaíram. Contudo, foi em uma única jogada efetiva de ataque que decidiu o jogo.

Em um passe para mais de 40 jardas para o wide receiver Maquez Valdez Scantling, Rodgers conseguiu colocar o ataque do Packers na redzone e em jogadas posteriores, Rodgers encontra o Jimmy Graham na endzone e assim o touchdown marcado meio que decidiu a partida. Depois desse brilhareco do ataque do Packers, as defesas foram dominantes.

 

Wide receiver Marquez Valdez Scantling recebendo o passe de Aaron Rodgers Foto: Associated Press

 

Em números as duas defesas tiveram oito sacks, 13 tackles for loss (tackles feitos para perda de jardas) e uma interceptação feita pela lei do ex, pelo safety Adrian Amos na endzone decretando a vitória do Packers. Amos atuou na temporada passada pelo Bears e agora atuando pelo Packers andou aprontando contra a ex-equipe.

E para esse domingo, o Packers precisa melhorar consideravelmente o setor ofensivo. A linha ofensiva terá que ter um trabalho melhor de bloqueios, evitando muitas pressões impostas pelos linhas defensivas do Vikings, gerando sacks desagradáveis aos Aaron Rodgers. Além disso, o jogo terrestre tem que se mais efetivo, pois só com boas corridas dos running backs Aaron Jones e Jamaal Williams, deixaram Rodgers mais confortável para fazer play actions com jogadas mais em profundidade.

Kirk Cousins em perigo

Já a defesa pode gerar o caos. A linha ofensiva do Vikings, mesmo estando reforçada ainda não é uma das melhores na proteção ao QB. No jogo contra o Atlanta Falcons, várias vezes Kirk Cousins ficou a um passo de sofrer fumbles, algo muito ruim nas últimas temporadas. Se quiser sair vitorioso de Green Bay, o Vikings terá que ser menos previsível no ataque, com muitas corridas terrestres e pouca efetivação de passes profundos de Cousins. Na partida contra o Falcons, o running back Dalvin Cook teve 31 corridas, contra 10 passes completados de Cousins.

Vikings
Dalvin Cook correndo algumas das 111 jardas terrestres contra o Falcons Foto: Stephen Maturen

Ou seja, terremos um jogo com defesas agressivas e com ataques ainda em formação. Contudo, quem pode levar a melhor nesse jogo é Aaron Rodgers, que mesmo não estando adaptado ao novo esquema, mostrou que pode decidir uma partida, caso ocorre totalmente contrário à Cousins que sob desconfiança do seu head coach, Mike Zimmer, pode não ser tão decisivo para uma vitória do Vikings, uma vez que Zimmer adoraria ver Cook correndo muito e Cousins continuar passando pouco.

 

Palpite do autor

Meu palpite para essa partida é de um placar de 24 a 13 para o Packers. Acho que o Packers sai vitorioso devido ao fator casa e principalmente, o talento de Rodgers que poderá ser decisivo em um jogo que pretende ser marcado por defesas dominantes.

 

Esportes Mais

Facebook

Deixe uma resposta