Notícias

+ Esportes

Futebol feminino terá projeto de iniciação esportiva em Salvador pela 1ª vez

Esporte na cidade

São 150 vagas ofertadas gratuitamente, priorizando meninas de 7 a 17 anos de escolas públicas municipais e estaduais

O futebol feminino já pode comemorar a conquista de um projeto de iniciação esportiva para a prática regular da modalidade. A partir desta segunda-feira, 09/09, escolas estaduais e municipais de Salvador localizadas nos bairros do entorno do Estádio de Pituaçu começam a ser visitadas para divulgação e inscrição ao Projeto Esporte na Cidade, com oferta de 150 vagas exclusivas e gratuitas para o público feminino.
A iniciativa tem o apoio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte do Governo da Bahia. A realização é da organização social De Peito Aberto – Incentivo ao Esporte, Cultura e Lazer, com patrocínio do Itaú e do SporTV por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte.
“É uma grande alegria para nós, da Sudesb, iniciarmos este projeto. Tínhamos uma dívida com o segmento esportivo feminino do futebol. Trata-se de um projeto piloto, mas a nossa intenção é tornar este núcleo modelo e ampliar o atendimento nos próximos anos, interiorizando, inclusive, a ação. Para isso, contamos com a parceria também da Secretaria de Políticas para as Mulheres”, informa o diretor geral da autarquia do esporte, Vicente Neto.
Totalmente gratuitas, as aulas acontecerão às segundas e quartas-feiras, das 8h às 14h e das 14h às 17h, no Estádio de Pituaçu, sempre respeitando o contraturno escolar das alunas.
Esporte na Cidade – O projeto, que está em seu nono ano, já atendeu milhares de crianças em diversas modalidades esportivas.
“Agora, vamos iniciar um novo ciclo com o futebol feminino. Será um momento muito importante para todos nós, já que essa é a modalidade que mais cresce no Brasil. Com a estrutura oferecida pelos parceiros envolvidos, tenho certeza de que será um sucesso”, vislumbra Rodrigo Porto, coordenador técnico do projeto.

Deixe uma resposta