Notícias

Futebol Internacional

Argentina reencontra o Brasil na volta de Messi

Argentina e Brasil fizeram um jogo muito polêmico na semifinal da Copa América, e Messi pegou uma suspensão de 4 jogos por declarações

Argentina e Brasil é o maior de clássico de seleções no mundo, mesmo sendo um amistoso o jogo enche de expectativas o torcedor. Embora hoje os atletas joguem juntos nos clubes, o clássico não perdeu sua essência, e deu pra ver isso no clima quando ambos se enfrentaram na Copa América.

O Brasil terminou campeão e a Argentina em terceiro lugar. Embora muitos desejassem uma final entre essas duas seleções, o confronto ficou na semi, já que a Argentina não tinha feito uma boa fase de grupos.

O que mais chamou atenção foram as declarações de Messi. Após a eliminação e chateado demais com à arbitragem, o melhor do mundo acusou fortemente o árbitro e o VAR de omissão em dois pênaltis para seleção argentina.

Na partida de terceiro lugar contra o Chile, Messi foi expulso junto com Medel no início do jogo. Novamente o atleta fez acusações à CONMEBOL. Dessa vez o o atleta fosse que a competição estava armada para o Brasil ser campeão. Léo foi suspenso pelas declarações com 4 jogos e o destino fez com quer ele voltasse contra a seleção que lhe fez causar toda essa declarações.

Momentos diferentes entre Brasil e Argentina

Enquanto a Argentina vinha com um treinador interino e com uma grande reformulação na seleção, o Brasil tinha mantido sua base da Copa do Mundo e seu treinador.

A fase de grupos foi triste para os argentinos. A equipe só venceu uma partida e passou em 2° lugar, enquanto os brasileiros venceram duas e passaram em 1° lugar. Mas a Argentina saiu feliz com seu desempenho na Copa América e o Brasil também.

Os momentos mudaram. Enquanto Scaloni ganhou confiança e vem dando rodagem aos seus jogadores, Tite manteve sua base campeã e os resultados são ruins. Os hermanos venceram duas partidas e empataram duas (um desses amistosos contra Alemanha), os canarinhos empataram 3 jogos e empatou um. O que mais vem deixando seus adeptos preocupados é que não tem nem resultados e nem desempenhos.

Scaloni tem dúvida de quem será o companheiro de Messi e Aguero

O tridente deu certo na Copa América. A escalação com Messi, Aguero e Lautaro, Foty de lateral e 3 volantes foi a escalação que fez a seleção desempenhar seu melhor futebol e, consequentemente, resultados.

Lautaro é dúvida por uma lesão na cabeça na cabeça. O touro vem sendo principal jogador e artilheiro da era Scaloni. Se ele não tiver à disposição, Dybala deve formar o trio de ataque.

Brasil mais uma vez sem Neymar

Para esse amistoso, o Brasil conta com a volta de Alisson que está 100% recuperado de lesão, mas conta também com os desfalques de Neymar, que é titular absoluto e David Neres, ambos contundidos. Wesley Moraes é a grande novidade entre os convocados.

Paquetá herdou a camisa 10 de Neymar nesse amistoso, mas deve começar no banco.

Tite ainda não venceu pós Copa América, e já tem pressão mesmo com o título. Ele acumula a pior sequência de um treinador de seleção brasileira, já chegando há 4 jogos sem vencer. Em um clássico contra Argentina, o treinador tenta tirar essa pressão das costas e vencer pela 3 vez os argentinos.

Ficha técnica: Argentina X Brasil

Competição: Amistoso Internacional.
Data: Sexta-feira, 15 de novembro de 2019.
Horário: 14h00 (Horário de Brasília).
Local: King Saud University Stadium, Riad-SAU.
Árbitro: ​Matthew Conger (NZL).
Assistentes: James Rule (NZE) e Tevita Makasini (TON).
Argentina: Andrada; Foyth, Pezzella, Otamendi e Tagliafico; De Paul, Paredes e Lo Celso; Messi, Lautaro Martínez e Agüero. Técnico: Lionel Scaloni.
Brasil: ​Alisson; Danilo, Thiago Silva, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Arthur e Coutinho; Willian, Roberto Firmino e Gabriel Jesus. Técnico: Tite.

Deixe uma resposta