Notícias

Sem categoria

Retrospectiva Inter 2016: a pior temporada da história Colorada

Barcelona

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A temporada colorada em 2016 começou muito diferente da anterior. Com um orçamento mais limitado o clube gaúcho perdeu peças importantes como D’alessandro, Lisandro López, Aranguiz, Nilmar, Juan e Alisson com maior destaque. Como contratações chegaram o volante Fabinho (Figueirense), Fernando Bob (Ponte Preta) e mais tarde chegaram Nico López, Seijas, Ariel e Ceará. Para o comando técnico a equipe manteve Argel como treinador, mas o torcedor já estava desconfiado que o clube sofreria para lutar por algum caneco.

Flórida Cup

Logo em janeiro o Inter viajou para os Estados Unidos, para a disputa da Flórida Cup, ao lado de grandes clubes mundiais como o Bayer Leverkusen, Shalke 04, Atlético Mineiro, Corinthians, Sanfa Fé-COL e Shakhtar da Ucrânia.

Na estreia o Internacional empatou em 3 a 3 com o Bayer, destaque para o gol de Andrigo, garoto cercado de expectativas para a temporada. No segundo confronto o Inter bateu o Fluminense por 1 a 0 e encerou a competição com 4 pontos, ocupando a vice liderança, o Copa teve 9 equipes participantes e o campeão foi o Galo.

Resultado de imagem para florida cup 2016 inter
D’alessandro em desfile promovido pela organização da Florida Cup

Estadual

O internacional começou disputando mais um título logo na segunda rodada do Campeonato Gaúcho, após vencer na estreia o Ypiranga por 3 a 2, o Colorado decidia a Recopa Gaúcha contra o São José, no Estádio Passo d’Areia. O jogo foi marcado pela despedida do grande ídolo colorado D’alessandro. A partida foi truncada e difícil, mas após Alisson (que também deixou o Inter mais tarde) se destacar nas penalidades, o Inter se despediu de D’alessandro erguendo mais uma taça.

Resultado de imagem para recopa gaucha 2016
D’alessandro ergue sua última taça com a camisa colorada

Pelo restante do Campeonato Gaúcho o Inter chegou a passar por algumas dificuldades, empatando muitas partidas na primeira fase. Mesmo assim o clube que terminou em terceiro lugar, conseguiu crescer no momento derradeiro da competição e não teve dificuldades em avançar de fases e vencer os dois jogos da final contra o surpreendente Juventude, que havia eliminado o Grêmio nas semifinais. Era o Hexa Campeonato Gaúcho do Internacional, que mostrava forças e dava esperanças a torcida vermelha.

Resultado de imagem para hexacampeão gaúcho

Primeira Liga e Copa do Brasil

Pela Primeira Liga, o Inter bateu na trave, após eliminar o Grêmio ainda na primeira fase, a equipe acabou sendo eliminada pelo Fluminense nos pênaltis, após empate por 2 a 2 no tempo normal. A equipe gaúcha se despedia da competição ainda invicta, mas nas semifinais.

Semifinais que também foi destino do Inter na Copa do Brasil, mas em um cenário completamente diferente. O Colorado mergulhou em uma imensa crise técnica e também de comando, o polêmico Vitório Piffero tomou atitudes controversas e duvidosas em alguns momentos, o que fez a equipe mergulhar em uma crise sem fim.

Mesmo assim e jogando com os reservas a maior parte dos jogos, o Inter eliminou Fortaleza e Santos, até chegar nas semifinais quando encarou o Atlético-MG. Atuando com os reservas, a equipe foi melhor nas duas partidas diante dos mineiros, mas pecou nas finalizações jogando em casa e saiu derrotado por 2 a 1. Em Minas a equipe chegou a estar na frente do placar por duas oportunidades, mas quando ainda vencia a partida, o treinador Celso Roth sacou os três melhores jogadores do duelo, atitude que até hoje é muito criticada pelo torcedor do Inter. O Atlético empatou o jogo por 2 a 2 e mandou o Colorado para casa mais cedo.

Campeonato Brasileiro

No Campeonato Brasileiro pode-se dizer que o Internacional foi a equipe mais bipolar da competição. O começo do Campeonato foi fabuloso, o Inter deu uma arrancada incrível e chegou a ser líder da competição.

O ápice da equipe até então comandada por Argel, aconteceu no dia 16 de junho, quando jogando em casa a equipe derrotou o Atlético Mineiro por 2 a 0 e chegava a 19 pontos em oito jogos, parecia que o Inter iria surpreender o Brasil…

Eduardo Sasha comemorava o segundo gol do Inter

E surpreendeu, mas negativamente, depois da sexta vitória em oito partidas, o Colorado teve a pior sequência de sua história, foram 15 rodadas sem vitórias, 15 partidas que tiraram a paz do Beira Rio. Com a má fase, Argel foi substituído por Falcão, que ficou apenas 5 partidas no comando do Inter e não venceu nenhum duelo.

Desesperado, e apenas 5 pontos da zona de rebaixamento, Vitório Piffero que nessa época já ocupava o cargo de diretor de futebol, além do de presidente, se viu sozinho e apelou para a volta de Fernando Carvalho ao clube. O dirigente que é um dos personagens mais marcantes da história colorada voltou, e trouxe consigo, como ele mesmo denominou, uma “Swat” para evitar o rebaixamento.

O nome dele agradava o torcedor, mas o nome do treinador, Celso Joarez Roth, era odiado. Mesmo assim Roth conseguiu permanecer no cargo por 90 dias, até o Inter empatar com a Ponte Preta em casa por 1 a 1 e praticamente decretar seu primeiro rebaixamento na história.

Lisca assumiu a equipe faltando três jogos para o fim do Campeonato, perdeu para o Corinthians, mas venceu o Cruzeiro, vitória que ainda manteve um mínimo de chances do Inter permanecer na Série A, tudo dependia de como seria a última rodada do Brasileirão.

Cabe aqui um parágrafo triste para o Inter, para o futebol brasileiro e principalmente para a Chapecoense. Após o catastrófico acidente envolvendo a delegação da Chape no dia 29 de novembro, onde 71 pessoas vieram a falecer, o Campeonato teve sua última rodada adiada para a próxima semana. Mas infelizmente, a direção colorada “pisou na bola” e dirigentes como Fernando Carvalho, acabaram dando entrevistas que mancharam a instituição, não bastasse isso, o Inter entrou com recurso no STJD buscando tirar pontos do Vitória para se manter na Série A, sem sucesso.

A equipe entrou em campo na última rodada diante do Fluminense, onde precisava vencer o seu duelo e torcer por uma derrota do Sport. O Colorado empatou o seu jogo, 1 a 1, e assim acabou sendo rebaixado pela primeira vez em sua história.

Resultado de imagem para fernando carvalho
Cúpula colorada teve um ano lamentável

#ForçaChape

Sandro Cristiano (67 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta