Notícias

Futebol Internacional

Estudiantes de La Plata: cinco partidas mais épicas deste século

estudiantes

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Confira as cinco partidas mais marcantes dos últimos anos do Estudiantes de La Plata

Antes do início do segundo turno do Campeonato Argentino 2016, resolvemos listar as cinco partidas deste século mais épicas do Estudiantes. Tem confronto nacional, continental e internacional. Veja!

Gustavo
Clique na imagem para acessar o site

Estudiantes 7 x 0 Gimnasia: El siete a cero no se olvida más

A primeira partida da nossa lista, é o jogo que mudou a história do Clássico Platense. Até 15 de Outubro de 2006, as duas equipes mantinham um equilíbrio nos números (45 vitórias pro Estudiantes, 44 para o Gimnasia e 50 empates). Foi a primeira partida oficial de Juan Sebastián Verón contra o Lobo. A partida foi disputada no estádio Ciudad de La Plata, as açoes do encontro tiveram desde o início um só dominador: Estudiantes de La Plata. O tal domínio resultou em sete gols, que estarão marcados eternamente na memória dos torcedores. (Gols: Diego Galván (2), Jose Luis Calderón (3), Mariano Pavone e Pablo Luguercio.)

Cruzeiro 1 x 2 Estudiantes: Campeão da Libertadores

Na noite de 15 de Julho de 2009, o Mineirão assistiu incrédulo a virada do Estudiantes de La Plata. 40 anos depois, o Estudiantes conquistava a América pela quarta vez em sua história. A partida se desenrolou parelha desde o início, o primeiro tempo terminou com o mesmo placar do jogo de ida, empatado sem gols. No começo da segunda etapa, os donos da casa voltaram melhor e logo marcaram, com Henrique. Os Pinchas reagiram poucos minutos depois, após lindo passe de Verón para o avanço de Cellay, que cruzou para La Gata Fernández empurrar para o fundo das redes. O tempo passava, e assim o jogo se encaminhava para a prorrogação, mas estava na cabeça de Mauro Boselli o tetra campeonato da Libertadores. (Gols: Henrique | Gastón Fernández e Mauro Boselli)

Estudiantes 1 x 2 Barcelona: Caindo de pé contra o melhor do mundo. 

Após a conquista da América, o Estudiantes garantiu uma vaga no Mundial de 2009. Depois de bater o Pohang Steelers, o Pincha enfrentaria na final, nada mais nada menos, que o Barcelona de Messi e Guardiola, o melhor time do mundo. Na final, os Pincharratas abriram o placar, após gol do decisivo Mauro Boselli, aos 36 da primeira etapa. A vitória parecia certa, e o bi-campeonato mundial estava à caminho, mas a dois minutos do fim, Pedro Rodríguez igualou o marcador e forçou a prorrogação. Quando a partida parecia encaminhada para as penalidades, Lionel Messi virou a partida e decretou a vitória dos catalães. Mesmo com a derrota, a partida é memorável para os torcedores, pois a vitória esteve muito perto e, levando em conta o adversário, é um fato para se orgulhar. (Gols: Mauro Boselli | Pedro Rodríguez e Lionel Messi)

Estudiantes 4 x 3 Sporting Cristal: Mística Pincharrata

Em jogo válido pela Libertadores de 2006, o Estudiantes fez uma das partidas mais emocionante dos últimos anos do torneio. Após ir para o intervalo com um revés no placar, que marcava 3 x 0 para os visitante,  a equipe de La Plata conseguiu o que parecia improvável. Com um doblete de José Luis Calderón, e o complemento de Pavone e Luguercio, o Pincharrata virou a partida. Um resultado estupendo e que demonstrou a raça dos Leões. (Gols: José Luis Calderón (2), Mariano Pavone e Pablo Luguercio)

 

Arsenal de Sarandí 0 x 2 Estudiantes: Campeão

O Estudiantes saiu campeão do Torneo Apertura de 2010. Com campanha irretocável em casa – nove vitórias, inclusive essa, fora do Ciudad de La Plata –, a equipe de La Plata derrotou o Arsenal de Sarandí, por 2 a 0, em Quilmes, e conquistou o seu quinto título nacional. Os gols do triunfo foram de Gaston Fernández e Hernán López.

Verón recebe a taça de campeão do Estudiantes

 

 

suporte (2043 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta