Notícias

Futebol Brasileiro

Após o susto, Atlético Paranaense goleia a Chapecoense na estreia do Brasileirão

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Chape sai na frente, mas Furacão consegue a virada e goleia; Todos os gols foram marcados no segundo tempo

(Foto: Divulgação / Atlético Paranaense)

Depois de um primeiro tempo sem gols, Atlético sofreu o gol no início da segunda etapa, mas conseguiu a virada e goleou por 5 a 1 a equipe da Chapecoense, neste domingo, na Arena da Baixada, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.

Com posse de bola e trocando muitos passes, o modificado time de Fernando Diniz, que promoveu cinco mudanças na equipe titular pensando na partida de volta da Copa do Brasil, criou as melhores chances na primeira etapa.

Primeiro tempo sem gols

A Chapecoense se defendia muito bem, mas também cometia muitas faltas. Numa dessas, Carleto bateu com força e o goleiro Jandrei deu rebote que Lucas Ribamar não conseguiu aproveitar.

Na sequência, a melhor oportunidade da etapa inicial. No cruzamento de Ribamar, Nikão chegou chutando dentro da pequena área para boa defesa do goleiro da Chape.

Arthur Caike criou a melhor oportunidade para o Verdão do Oeste, quando deixou os zagueiros do Atlético para trás e cruzou para Wellington Paulista, que quase marcou num toque de letra.

Segundo tempo eletrizante

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, multidão e estádio

(Foto: Divulgação / Atlético Paranaense)

O segundo tempo começou e logo aos 2 minutos Wellington Paulista colocou os catarinenses na frente do placar. Após cobrança de falta de Canteros, o camisa 9 se antecipou ao goleiro Santos e fez 1 a 0.

Mas a vantagem não durou muito. Apenas quatro minutos depois, Carleto achou Pablo dentro da área, que numa bela cabeçada empatou a partida.

Sete minutos depois, Nikão pegou uma batida certeira de fora da área e desempatou o jogo na Arena da Baixada, 2 a 1.

O técnico Gilson Kleina abriu mão da defesa e colocou a Chape no ataque com as entradas de Nadson e Guilherme. Com a equipe exposta, não demorou para surgir os contra-ataques.

Num desses, Nikão arrancou e foi parado com falta. Na cobrança, Carleto, com muita categoria, marcou o terceiro para o rubro negro e o seu primeiro com a camisa do Atlético.

A Chapecoense era toda ataque, buscando o gol para diminuir e tentar o empate no fim. Mas novamente no contra golpe, Jonathan encontrou Matheus Rosseto, que, com muita categoria, tirou o zagueiro e bateu no canto para marcar o quatro gol.

A partida parecia decidida e num escanteio para equipe catarinense, a bola sobrou para Raphael Veiga, que havia acabado de entrar. Ele atravessou o campo e encontrar Ederson, que marcou o último da partida, concretizando o 5 a 1.

Fernando Diniz cobrou do time apesar da goleada

O Atlético teve 95% de aproveitamento na troca de passes (605 de 635), finalizou 17 vezes ao gol e teve 63% da posse de bola.

Em entrevista coletiva, o técnico Fernando Diniz destacou que há coisas para serem corrigidas.

“Os ajustes são permanentes. Não dá para fazer comparativo imediato com o time que jogou na quinta-feira. Aquela equipe já tem mais treinos e estão mais ambientados. Temos coisas a serem corrigidas mesmo com os cinco gols. Não podemos esperar o resultado negativo para corrigir os erros. Vamos ajustando o time ao longo do tempo”, declarou o comandante.

O Furacão, líder do Brasileirão, volta às energias para a partida de volta da Copa do Brasil na quinta-feira, 19 de abril, às 19h15, frente ao São Paulo no Morumbi.

Pelo Brasileirão, o duelo será no domingo, em Porto Alegre, contra o Grêmio às 19h. A Chapecoense recebe o Vasco da Gama no mesmo dia, às 16h, na Arena Condá em Chapecó.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 5X1 CHAPECOENSE

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR).
Data: Domingo, 15 de abril de 2018.
Horário: 19h.

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA).
Assistentes: Helcio Araujo Neves (PA) e Heronildo S. Freitas da Silva (PA).

Gols: Wellington Paulista, 2’2ºT (0-1); Pablo, 6’2ºT (1-1); Nikão 13’2ºT (2-1); Carleto 22’2ºT (3-1); Matheus Rossetto 43’2ºT (4-1); Ederson 48’2ºT (5-1)

Cartões amarelos: José Ivaldo (ATL); Thyere, Wellington Paulista, Márcio Araújo (CHA)

 

Esportes Mais

Facebook

 

Kauan de Paula (36 Posts)

Curitibano, jornalista e designer em formação. Entusiasta de Barra Bravas e apaixonado pela cultura que cerca o futebol


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta