Notícias

Futebol Internacional

Agente de Iheanacho detona Guardiola: “Tem seus próprios jogadores”

nintchdbpict000287215441

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Agente soltou o verbo sobre o técnico espanhol

Com a chegada do técnico espanhol Pep Guardiola ao Manchester City. Kelechi Iheanacho que havia sido um dos melhores jogadores da equipe na temporada anterior, perdeu espaço. O jogador não atua mais de 45 minutos em uma partida desde o ano passado.

A falta de espaço fez com que o agente do jogador nigeriano ficasse muito insatisfeito, Olumide Olowu chegou a declarar que Guardiola tem “seus próprios jogadores” é que seu jogador deve procurar uma nova equipe para jogar na próxima temporada.

“Iheanacho precisa deixar o Manchester City, e ele vai achar um lugar melhor para continuar sua jovem carreira. Guardiola parece ter seus próprios jogadores, e ele quer jogar. Você não poder esperar que um jovem jogador com grande potencial seja desperdiçado no banco” afirmou.

O agente também disse que Iheanacho deveria ter mais oportunidades que Gabriel Jesus.
“Iheanacho já tinha mostrado sua qualidade antes de o Manchester City contratar Gabriel Jesus, ele já tinha se provado. Não estou falando por Iheanacho, mas como alguém que está envolvido em aconselhá-lo, eu não acho que ele vem sendo tratado justamente por Guardiola e creio que a carreira dele será melhor em outro lugar. Seja por qual razão, ele não está tendo a chance de continuar seu processo no City “ completou.

A última vez que o atleta atuou por mais de 45 minutos em uma mesma partida, foi no fim do ano passado, quando o Manchester City perdeu por 4-2 para o Leicester City em jogo que o atleta entrou como titular mas foi substituído na segunda etapa.
Neste ano, Iheanacho foi titular em apenas uma ocasião, em que saiu no intervalo. Após isso jogou mais oito vezes, porém todas saindo do banco e entrando no segundo tempo.

João Carneiro (143 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta