Notícias

Futebol Brasileiro

Sérgio Santos Rodrigues é eleito novo presidente do Cruzeiro

images (1)

­

Sérgio se tornou novo mandatário com vitória tranquila

EvDLB3I6_400x400
Imagem – Twitter

­

 

Na tarde da última quinta-feira (21), foi realizada na Sede Administrativa do Cruzeiro, às eleições presidenciais do clube. Sérgio Santos Rodrigues foi eleito como o mais novo preseidente do time azul.
Porém com algumas cenas lamentáveis de tentativas de acressão, que foram registradas por parte de alguns torcedores. Isso ocorreu peli fato de que ex conselheiros do clube como o ex presidente Zezé Perrella e Serginho consiguiram uma liminar para poderem votar. Situação que revoltou a torcida celeste, já que ambos são investigados de lavagem de dinehiro dentre outros crimes. Além claro de serem apontados pelos torcedores como  grandes responsáveis pela crise financeira na qual o clube passa e também pelo rebaixamento inédito  a Série B do Campeonato Brasileiro.

Por outro lado o mais novo presidente do clube, Sérgio Santos Rodrigues, tem o apoio do empresário Predinho dos Super Mercados BH, além claro de praticamente toda a torcida celeste, que estavam anciosos pela vitória do mesmo. Fato que se concretizou no final da tarde. O advogado de 37 anos, obteve a vitória após receber 269 votos de 351 totais (eram 424 conselheiros com direito a voto).
Sérgio Rodrigues irá comandar o Cruzeiro, tendo Lidson Potsch Magalhães como 1º vice e Biagio Teodoro Peluso como 2º vice. Paulo César Pedrosa ganhou eleição como presidente do Conselho Deliberativo.
Encabeçando a chapa “Centenário”, Sérgio foi o escolhido como presidente com mandato de 1º de junho até 31 de dezembro de 2020, de uma maneira “tampão”, para substituir a saída de Wagner Pires de Sá e assumindo a administração da Raposa, que estava nas mãos do transitório conselho gestor. O advogado havia perdido a eleição de 2017 justamente para Wagner, que sequer compareceu ao pleito (assim como seu antigo vice Hermínio Lemos).

Ainda  a respeito de sua vitórias nas eleições, Sérgio S. Rodrigues publicou em suas redes sociais a satisfação de estar frente ao comando presidencial do Cruzeiro: “Com muita honra e uma enorme alegria, encaro o maior desafio da minha vida: a Presidência do Cruzeiro Esporte Clube. Comprometo-me a colocar em prática tudo que propus e farei todo o possível para que o clube retorne ao seu devido lugar de destaque” – Sérgio Rodrigues, no Twitter.

Em outubro, haverá nova eleição para o triênio 2021-2023, com o ganhador podendo ser reeleito. O concorrente de Sérgio Santos Rodrigues era o empresário Ronaldo Granata, antes ocupante do posto de segundo vice-presidente da gestão passada, mas opositor a Wagner. Ele foi votado por 74 conselheiros. Ainda houve um voto nulo e outro sete em branco.

Eleição do Conselho deliberativo

Se por um lado às eleições para presidente teve uma vitória com folga, às eleições do conselho foi bastante acirrada. Com 10 votos de vantagem, a chapa “Somos Todos Cruzeiro” foi a ganhadora do pleito. Ela é formada por Paulo César Pedrosa (presidente), Nagib Simões (vice), Evandro Vassali (1º secretário) e Marcus Edmundo Lambertucci (2º secretário).

Paulo César Pedrosa é o novo presidente do conselho do Cruzeiro — Foto: Gustavo Aleixo
Foto: Gustavo Aleixo

Assim como Sérgio S. Rodrigues, Pedrosa que foi o eleito como presidente do conselho, também terá mandato na presidência somente até o dia 31 dezembro. Será no último mês do ano que os conselheiros irão se reunir novamente no Parque Esportivo para eleição do órgão. O novo presidente do conselho é um aliado político do ex-presidente Wagner Pires de Sá, tendo sido eleito para compor o Conselho Fiscal em 2019, responsável por investigar a diretoria celeste que foi desconstituída.

O resultado final na eleição do conselho:

1°Paulo César Pedrosa: 112 votos
2°Giovani Baroni: 102 votos
3°Paulo Sifuentes: 99 votos
4°Luis Carlos Rodrigues: 34 votos

Deixe uma resposta