Notícias

NFL

Rivais na NFC Oeste, Cardinals e 49ers se enfrentam nesse domingo

49ers versus Cardinals

Arizona Cardinals e San Francisco 49ers iniciam a temporada da NFL

A semana 1 da NFL vem a todo vapor com vários jogos pra lá de interessantes, e um deles é um duelo de divisão entre Arizona Cardinals e San Francisco 49ers. Na temporada passada, ambos fizeram dois jogaços na temporada regular, com o Cardinals por pouco não vencendo os atuais vice campeões da NFL, por pelo menos uma vez. A partida acontece no Levi’s Stadium, casa do 49ers, com kickoff inicial às 17h25 e a transmissão será de forma inédita feita pelo canal Fox Sports, pertencente agora ao grupo Disney.

Como vem o Cardinals para a temporada

Os Cardinals foram protagonista do maior movimento nessa offseason. Na busca de boas armas para o seu quarterback segundanista, Kyler Murray, o Cardinals foi ao mercado e conseguiu trazer nada mais, nada menos que o wide receiver DeAndre Hopkins, um dos melhores da NFL. A troca com o Houston Texans foi um tanto polêmica, já que o Cardinals recebeu Hopkins e escolha de Draft e mandou o running back David Johnson para o Texans, mas que ao fim das contas, quem pode ter saído ganhando com a troca foi o próprio Cardinals.

No Draft, o Cardinals foi bem em suas escolhas, sendo duas consideradas até barganhas pelos posicionamentos em que os atletas foram selecionados. O primeiro é o linebacker/safety Isaiah Simmons, que é o melhor linebacker da classe de 2020, e olha que Simmons estava sendo cotado para sair entre os seis primeiros, mas foi caindo e na oitava posição foi escolhido pelo Cardinals. Outro que merece ser lembrado é o offensive tackle Josh Jones, que era quase uma escolha certa ao fim da primeira rodada e foi selecionado apenas na segunda rodada.

 Cardinals procura ser a surpresa e avançar aos playoffs

A temporada passada de Arizona foi até além das expectativas. Apesar da campanha negativa de 6-9, o time liderado por Kyler Murray conseguiu desempenhar boas partidas e assim se mostrar como mais um postulante a vaga nos playoffs. Murray foi eleito o melhor calouro ofensivo da temporada passada, mesmo com uma linha ofensiva ruim e um corpo de recebedores não tão qualificado. Porém para a próxima temporada o ataque deu uma encorpada.

DeAndre Hopkins chegou para ser o principal alvo do ataque, fora que a adição ainda na temporada passada do running back Kenyan Drake já deu um upgrade no ataque que ainda está em formação com o head coach Kliff Kingsbury sendo o grande arquiteto de tudo isso. Um outro setor de merece atenção é o da linha ofensiva do Cardinals, se realmente Josh Jones será o titular e assim oferecerá uma proteção maior a Murray que sofreu com muita pressão na temporada passada. Mesmo com problemas pontuais, o Cardinals pode brigar sim por uma vaga aos playoffs.

 

DeAndre Hopkins, é a grande aposta do Cardinals retornar aos playoffs, mesmo em uma divisão pra lá de complicada  Foto: Rob Schumacher/The Republic

 

Como vem o 49ers para a temporada

Depois de amargar um segundo lugar no Super Bowl 54, ao ser derrotado pelo Kansas City Chiefs, o 49ers manteve praticamente toda sua base da temporada passada, com poucas saídas e algumas chegadas. A saída mais emblemática é a do defensive tackle DeForest Buckner que estava em seu último ano de contrato e foi trocado com o Indianapolis Colts. Outro que teve sua saída confirmada é a do wide receiver Emmanuel Sanders, que não teve seu vínculo renovado, e teve como destino o New Orleans Saints.

Para sanar a saída desses dois nomes importantes, o 49ers foi buscar no Draft os substitutos. Na primeira rodada, o 49ers pegou o defensive tackle Javon Kinlaw, considerado um dos melhores da classe no Draft passado, e ao fim da rodada o wide receiver Brandon Aiyuk foi o selecionado. E para ter uma melhor qualidade no corpo de recebedores, além de Aiyuk, o 49ers na última rodada pegou o wide receiver Jauan Jennings, com característica de esticar mais o campo com muita velocidade.

49ers quer Super Bowl com a mesma receita de sucesso da temporada passada

Se tem uma coisa que foi o grande diferencial do 49ers na temporada passada, certamente foi a mescla de uma forte defesa, um ataque terrestres devastador e um ataque aéreo aparecendo em descidas cruciais das partidas. E essa receita deve ser feita para a próxima temporada, e pode ter um relativo sucesso novamente. Na defesa, a pressão será intensa com edges Nick Bosa e Dee Ford em cada uma das pontas da linda defensiva, fora que o defensive tackle Arik Armstead, de contrato renovado com o 49ers, poderá impor uma pressão enorme pelo meio da linha defensiva.

Já o ataque, é muito provável que o jogo terrestre seja mais uma vez o foco desse 49ers do head coach Kyle Shanaham. O running back Raheem Mostert também de contrato renovado, vai ser o titular da posição, porém terá snaps divididos com outros running backs, como é o caso do Tevin Coleman, que tem características fortes para corridas perto da endzone e a enfim estreia do  Jerick McKinnon, o running back teve dois anos com lesões e não pode jogar pelo 49ers. Ele terá mais espaço agora, já que Matt Breida foi trocado para o Miami Dolphins.

Nick Bosa entra no seu segundo ano da NFL, e mais uma vez será a grande referência na forte defesa do 49ers para a próxima temporada Foto: Stan Szeto-USA TODAY Sports

 

Ausências e jogadores questionáveis de Cardinals e 49ers

No 49ers ao menos dois jogadores são dados como ausências para o confronto contra o Cardinals. A mais sentida será provavelmente do wide receiver Debbo Samuel, que vem a semanas tentando se recuperar de lesão no pé. O outro não joga é do setor defensivo, é o cornerback Jason Varrett que tem problemas musculares.

No relatório de lesões do Cardinals, nenhum jogador foi listado para estar como dúvida (25% de chances), questionável (50% de chances) ou que foi colocado no injury reserve. Porém, dos listados no relatório, temos DeAndre Hopkins, Larry Fitzgerald e o tight end Maxx Williams que estavam com supostas lesões, treinaram normalmente sem nenhuma limitação a semana inteira e vão para o jogo normalmente.

Esportes Mais

Facebook

Deixe uma resposta