Notícias

Futebol Internacional

Reta final do Campeonato Uruguaio

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Momentos decisivos do Campeonato Uruguaio revelam surpresas e decepções. Grandes devem decidir a competição e entre os pequenos, há surpresas

O Campeonato Uruguaio deste ano chegou aos momentos decisivos. Ainda faltam algumas rodadas, mas muita coisa já foi revelada sobre a realidade dos clubes. Nacional e Peñarol devem decidir mais uma vez o título, mas equipes medianas também mostram força. Outros, vivem situações dramáticas.

Nacional

Após grave crise desportiva no primeiro semestre, o Tricolor ressurgiu. A mudança de ares veio depois da goleada por 3 a 0 no clássico contra o Peñarol. Ainda faltam 11 rodadas para o fim do Clausura, mas o Nacional parece destinado a ganhar este torneio. Outra tabela onde o Bolso mostra força é a anual. Pesadelo no primeiro semestre, a classificação geral do Campeonato Uruguaio chegou às mãos do Tricolor por competência do time no segundo semestre e por incompetência do Peñarol.

Peñarol

Parecia tudo bem encaminhado para o Tricampeonato Uruguaio. Mas o baixo rendimento no Torneio Intermedio, a perda de jogadores importantes na janela de transferências e a goleada sofrida para o Nacional, mudou o clima no Carbonero. O futuro do técnico Diego López no clube está em cheque.

Defensor

O péssimo primeiro semestre dos Violetas ficou no passado. A boa campanha no Clausura e a melhora no rendimento do time no segundo semestre causam até esperança de classificação a competições internacionais. Já são três vitórias consecutivas.

Danubio

Crise política e desempenho ruim em campo. O ano do Danubio não é nada bom. O time chegou a perder OITO partidas consecutivas entre Intermedio e Clausura. O consolo para La Franja é que o pior parece já ter passado. Uma classificação a Sul-Americana será lucro.

Wanderers

Mais um dos clubes médios do Uruguai que não vive um bom ano. O clube sequer deve se classificar a competições internacionais. Os Bohemios venceram apenas uma partida no segundo semestre. Uma vitória nos últimos treze jogos.

Cerro Largo

O Cerro Largo segue firme na parte de cima da tabela. Mas se para o Danubio o pior já passou, a equipe de Danielo Nuñez já viveu dias melhores. A vaga na Libertadores deve vir. E mesmo sem título, o saldo no 2019 do time de Melo será excelente.

Liverpool

O ano de 2019 é sem dúvidas um dos maiores se não o maior na história do Liverpool. Paulo Pezzolano aproveitou bem a boa fase de um dos melhores elencos do Uruguai e venceu o Torneio Intermedio. Para coroar o ano vencedor, falta a classificação à Libertadores. Com as campanhas ruins de Defensor, Danubio e Wanderers, e o baixo rendimento do Fénix do segundo semestre, a vaga a maior competição internacional do continente pode ser realidade.

Progreso

A boa equipe de Leonel Rocco faz outro ano brilhante e briga ponto a ponto com Liverpool e Fénix pela última vaga na próxima Libertadores. El Gaúcho ganhou as últimas três partidas e está invicto há oito jogos.

Fénix

No início do ano, o Fénix parecia viver um dos melhores anos de sua história. Mas após o Apertura e a saída de Leonardo Fernandéz, o time de Juan Ramón Carrasco venceu apenas três dos últimos onze jogos. A briga pela anual ficou para trás e a vaga na Libertadores que estava certa agora tem dois rivais à frente.

River Plate

O River estava fazendo uma campanha muito ruim até a chegada de Jorge Fossati. O técnico uruguaio revelou a promessa Matías Arezo e levou El Darsenero à final do Torneio Intermedio. O rendimento no Clausura precisa melhorar, mas o saldo no segundo semestre já é muito positivo. Vai brigar até o fim por vaga na Sul-Americana.

Plaza Colonia

O Plaza seguia seu rumo de volta à segunda divisão. A boa campanha no Torneio Intermedio deu esperanças e o início 100% no Clausura, consolidou a equipe fora da zona de rebaixamento e ainda a colocou na briga por vaga na próxima edição da Copa Sul-Americana.

Boston River

A chegada de Loco Abreu motivou o elenco. Mas os altos e baixos nos resultados mantém o time dentro da zona de rebaixamento. O Torneio Clausura deixa claro o momento do Boston: resultados contraditórios como o empate com o Cerro como mandante e a goleada sobre o River Plate no Parque Saroldi.

Racing

O Racing ainda tenta evitar o rebaixamento no ano do centenário. La Academia não vencia há seis jogos, mas no último fim de semana lavou a alma. Goleou o Fénix por 4 a 1 no clássico Oeste. A briga com o Boston River para permanecer na elite promete ir até a última rodada.

Rampla Juniors

O Rampla está muito próximo do rebaixamento. O time ganhou apenas um dos últimos oito jogos e está muito comprometido no promedio (tabela de descenso). Só um milagre salva os Picapiedras.

Juventud

O Juventud está com os dois pés na segunda divisão. A equipe de Las Piedras venceu apenas um jogo nos últimos doze e há oito partidas não sabe o que é vencer.

Cerro

O Cerro faz um péssimo ano. Só não vai ser rebaixado por causa da boa média dos anos anteriores. Mas se a crise financeira interferir no desempenho dentro de campo em 2020, dificilmente o clube vai escapar.

Samuel Bonicontro (213 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta