Notícias

Futebol Brasileiro

Opinião: Bahia afasta torcida do time, próximo à liberação do público

20211003_121513

Na beira da volta do público nos Estádios, Bahia afasta torcida do time

Antigamente era a alegria do torcedor, chegar ao domingo e ir ao estádio torcer para o Bahia. Para quem estava longe, ligava a tv ou o radinho, e colocava pra ouvir o time que amava, isso em qualquer divisão. Mas, eu nunca tinha visto o fenômeno “ainda bem que o Bahia não joga nesse final de semana”, e sim isso aconteceu, pois esse foi meu sentimento e o sentimento de muitos torcedores do Esporte Clube Bahia.

O Bahia 2021, esse da geração Guilherme Bellintani, essa gestão que diz que sócio é melhor que aqueles que não são sócios. Essa gestão que pouco liga para os torcedores do interior e que afasta eles o tempo todo. E que solta que a culpa do Bahia estar mal financeiramente e tecnicamente é por conta da redução de sócios durante a pandemia. Falha no planejamento mais decisões erradas.

Eu já fui na Fonte Nova, em um jogo do Bahia contra o Atlético de Cajazeiras na Série C, com mais de 20 mil pessoas na Fonte Nova, todos doidos para ver o Bahia. Na beira de um duelo contra o Corinthians na Série A, o desejo é de “Meu Deus, mais um jogo do Bahia”.

A tristeza não é somente pelas atuações em campo, é como a equipe se porta fora dele. Poucas postagens, e na maioria irrelevantes. Respondendo mais jornalistas do que a própria equipe. Ficando atrás no ranking de interações para equipes menores, não fazendo ações no mês do setembro amarelo, e sem lembrar disso no outubro rosa. Ou faltou até mesmo, monetizar o título da Copa do Nordeste. Falhou.

E hoje, vemos um time pronto. Pronto para ser rebaixado, em mais uma mancha histórica desse time. Que começou uma gestão no caminho certo, e terminou indo para o lado errado. A Gestão do Esquadrão afasta o torcedor do time.

Centraliza todas informações e vídeos num app, o Sócio Digital, pago e de baixa qualidade. Vídeos gravados de maneira trêmula, quedas na plataforma próximo de programas feitos por torcedores. O cheiro é forte. A realidade também.

Esportes Mais

Facebook

Imagem: Felipe Oliveira/EC Bahia

Deixe uma resposta