Notícias

Outros

Opinião: Análise do Dia 1 do Draft da NFL

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

 

Análise do Draft para a temporada 2019 da NFL

O Draft começou! Os primeiros 32 nomes foram anunciados ontem (25/04) em Nashville, Tennessee. Tivemos várias surpresas e trocas. Hoje venho fazer um pequenos resumo de cada um dos 32 nomes.

#1- Cardinals- Kyler Murray, QB, Oklahoma

Uma escolha previsível. Muita gente apontava que seria ele devido a uma entrevista do head coach da equipe, Kliff Kingsbury na época que treinava a universidade de Texas Tech onde falava que se tivesse a oportunidade de escolher Murray na primeira escolha do Draft faria isso. 6 meses após dizer, fez acontecer. Antony Curti disse uma frase que resume bem essa escolha. “É como uma receita de bolo que diz que você precisa de manteiga e só tem margarina. Você pode fazer mas vai ficar diferente.” O bolo é o sistema de jogo de Kliff Kingsbury, a margarina é Josh Rosen, décima escolha do Draft de 2018 e QB do time temporada passada. Kingsbury pegou a manteiga. Dava para jogar com Rosen mas seria um pouco diferente. Última curiosidade: Os Caridnals são o PRIMEIRO time da história a escolher DOIS QBs em PRIMEIRAS rodadas CONSECUTIVAS! Não consigo aprovar essa escolha. Nota 8/10 porque foi a #1, se fosse uma escolha mais baixa daria nota mais alta.

#2- 49ers- Nick Bosa, EDGE, Ohio State

Os 49ers pegaram o jogador que considero melhor para a #1. Escolha certíssima. Um EDGE (defensive end/outside linebacker) espetacular. Suas armas para apressar o QB o fazem ser o melhor do Draft nesse quesito. Apesar de ter jogado apenas 3 jogos na última temporada para se preservar após uma lesão nas costas, ele é de outro nível. Segundo melhor jogador do Draft na minha opinião. Nota 9,5/10 porque 10/10 só tem um.

#3- Jets- Quinnen Williams, DT, Alabama

O melhor prospecto dessa classe. O “baby giant”, apelido dado ao fato de parecer uma criança ainda, é simplesmente inacreditável. Posso ficar até amanhã falando dele. Se tem defeitos, é contra bloqueio duplo. Mas quem precisa de dois jogadores para impedir que avance para cima do adversário é porque é muito difícil de ser parado. Explosão e primeiro passo são as principais qualidades de Williams. Nota 10/10

#4- Raiders- Clelin Ferrell, EDGE, Clemson

A primeira surpresa do Draft. Ferrell é um bom jogador mas uma Quarta escolha nele? Tinha nomes muito bons para melhorar a pior defesa da liga em sacks. Para se ter noção de quão ruim foi a defesa dos Raiders pressionando o QB adversário, a segunda pior marca da liga foi MAIS QUE O DOBRO da marca dos Raiders. Eles tiveram 13 sacks temporada passada! 6 jogadores tiveram pelo menos Meio sack a mais que o TIME INTEIRO dos Raiders! Falando de Ferrell, esperava ele entre a #5 e a #20. Não é um jogador acima da média em alguns quesitos. Esperava ele bem mais baixo. Nota 6/10

#5- Buccaneers- Devin White, LB, LSU

Uma escolha muito boa. White é um playmaker nato, agressivo e com atleticismo de altíssimo nível. Se trabalhar suas leituras atrás da linha e suas armas para furar OLs adversárias pode ser um dos melhores LBs da liga por anos. Porém seu principal erro são os gaps. Se errar, menos um atleta na jogada. Apesar de cair muito em baits sua agressividade compensa isso. Jogador de muita discordância entre analistas. Nota 7/10

#6- Giants- Daniel Jones, QB, Duke

Pior escolha do Draft. Alguém avisa o Dave Gettleman que isso aqui é NFL? Aqui não é NBA! Jogador de Duke na primeira rodada é na NBA! Na última vez que um jogador de ataque não OL de Duke foi escolhido na primeira rodada no Draft estava rolando A Batalha de Stalingrado! Foi em 1942! NUNCA um QB de Duke havia sido escolhido na primeira rodada do Draft! Advinha quem foi a #6 em 1942? Steve Lach, fullback de Duke! Exato. Os dois últimos jogadores de ataque não OLs de Duke escolhidos na primeira rodada foram #6 em Draft com 77 anos, 4 meses, e 3 dias de diferença! A imagem abaixo resume bem a escolha. Tirando esses fatos, Jones é o QUARTO MELHOR QB da classe segundo analistas! O terceiro melhor NÃO FOI ESCOLHIDO! Os Giants deixaram passar Dwayne Haskins que é muito superior a Jones. Jones tem um dos braços mais lentos da classe, entrega jogadas, a única coisa boa que consigo falar dele são as leituras pré-snap. Nota 1/10

1556400536

#7- Jaguars- Josh Allen, EDGE, Kentucky

Outro jogador saindo de universidade tradicional no basquete mas desta vez tem sentido. O jogador mais explosivo dessa classe, atleticismo de elite. Mais um atleta para a forte defesa de Jacksonville. Allen tem problemas no pass rush mas compensa com sua explosão. Os Jags não estão para brincadeira com essa escolha. Nota 7/10

#8- Lions- TJ Hockenson, TE, Iowa

Os Lions não ganham um jogo de playoff desde a década de 1990. Eles querem munir Matthew Stafford de armas para mudar isso. Hockenson é muito bom bloqueando e não tão bom passando. Muito versátil, baita escolha. Nota 8/10

#9- Bills- Ed Oliver, DT, Houston

No primeiro ano de Nick Bosa no college, Oliver era cotado para a #1. Sua leitura é muito boa porém peca por medir forças invés de se movimentar para atacar o adversário. Muito boa escolha dos Bills que pegam um jogador muito agressivo e forte, perfeito para a AFC Leste. Nota 9/10

#10- Steelers via Broncos- Devin Bush, LB, Michigan

Meu jogador favorito desse Draft. Bush é um monstro para chegar ao QB adversário. Veloz e agressivo porém abaixo da altura para a posição. Devido a sua altura não é bom cobrindo passes. Steelers escolheram o substituto de Ryan Shazier ao subir para a #10 por ele. Preço justíssimo. Nota 9,5/10

#11- Bengals- Jonah Williams, OT, Alabama

O primeiro OL da classe a ser escolhido. Muito inteligente, usa as mãos de maneira sensacional e abre alas angulares para o running back correr. Segundo atleta que passou por Nick Saban escolhido o que prova que Saban sabe muito bem mandar atletas para a NFL. Nota 8/10

#12- Packers- Rashan Gary, EDGE, Michigan

Outro jogador que torcia para ir bem no Draft e conseguiu. O ex-Wolverines é muito bom pela sua explosão e versatilidade. Falta movimentos de pass rush mas compensa pela sua versatilidade. Pode atuar em todos lugares da DL. Nota 8/10

#13- Dolphins- Christian Wilkins, DT, Clemson

Dolphins seguiu seus rivais Bills e Jets pegaram DL. Porque será? Wilkins é de nível semelhante a Ed Oliver. Usa as mãos feito elite e sua versatilidade é de outro nível. Pode jogar por dentro ou fora da DL. Os rivais da AFC Leste querem muito bater no Brady! Único ponto negativo é que Wilkins é da mesma posição do Duzão. Nota: 8,5/10

#14-Falcons- Christopher Lindstrom, G, Boston College

Um pouco surpreendente. Tinha prospectos melhores da posição mas era esperado dos Falcons um OL. Bom uso das mãos e dificilmente permite que cheguem no QB. Nada demais. Nota 7/10

#15- Redskins- Dwayne Haskins, QB, Ohio State

Alerta de steal! Haskins era cotado para sair na #6 mas após a cagada Gigante acabou por ser uma novela do Draft. Acabou no rival de divisão. Essa escolha simboliza que Alex Smith está chegando ao fim. Deve assumir a titularidade no meio da temporada. Nota 9/10

#16- Panthers- Brian Burn, EDGE, Florida State

Que sorte dos Panthers! Burns podia tranquilamente sair na #4 invés de Clelin Ferrell. Boa velocidade, tamanho dos braços e excelente primeira passada. Precisa ganhar peso para a NFL e ter mais variedade de movimentos para vencer OTs. Acho uma escolha muito boa que poderia ter sido mais alta. Nota 8/10

#17- Giants via Browns- Dexter Lawrence, DT, Clemson

Uma escolha fraca. Basicamente trocou Odell Beckham Jr. por um jogador de segunda rodada. Foi melhor que Daniel Jones óbvio, dificilmente terá escolha pior nos próximos anos. Defensive Tackles não valem Odell Beckham Jr. em troca. Mas foi exatamente isso que os Giants fizeram. Nota 5/10

#18- Vikings- Garrett Bradbury, C, North Carolina State

O melhor OL dessa classe. Bradbury é mentalmente fantástico e tem um dos melhores atleticismos entre os atletas da posição esse ano. Podia tranquilamente ter saído na #14. Vikings deram muita sorte com ele. Nota 8/10

#19- Titans- Jeffery Simmons, DT, Mississippi State

Simmons é muito forte e vence duelos contra OLs facilmente. Um processamento mental absurdo porém tem uma lesão no joelho que preocupa. Agrediu uma mulher no high school sob alegação de estar defendendo a irmã, essa alegação é um mistério. Nota 8/10

#20- Broncos via Steelers- Noah Fant, TE, Iowa

O companheiro de Hockenson em Iowa é um novo Gronk. Muito bom em receber mas precisa melhorar nos bloqueios. Fant era cotado para sair na #32 mas subiu muito com o desempenho no Combine. Fant pode tranquilamente ser o principal alvo de Joe Flacco em Denver. Nota 9/10

#21- Packers via Seahawks- Darnell Savage, S, Maryland

Um jogador de segunda/terceira rodada na #21. Escolha errada mas que pode ser boa a longo prazo. Fraco na cobertura homem a homem mas muito intenso. Pode jogar de safety também o que pode compensar as saídas dos Packers. Nota 6/10

#22- Eagles via Ravens- Andre Dillard, OT, Washington State

Baita jogador. Dillard é muito forte e com bom trabalho atlético. Ótimo na cobertura do passe. Pode melhorar no jogo corrido. Eagles escolheram certo, vai melhorar muito a OL do time. Nota 8/10

#23- Texans- Tytus Howard, T, Alabama State

Não confunda com Alabama! Alabama State disputa a Southwestern Atheltic Conference, a segunda pior da SEGUNDA DIVISÃO do college football! A universidade ganhou 4 partidas ano passado e perdeu 7! Na segunda divisão! Não entendi essa escolha, não conheço o atleta. Pelo preço pago, 4/10

#24- Raiders via Bears- Josh Jacobs, RB, Alabama

Os Raiders trocaram Khalil Mack por um running back. Inacreditável. Escolha ruim porque Jacobs era para ser escolhido na segunda rodada. Ele é veloz e bem físico, um novo Beast Mode. Nota 6/10

#25- Ravens via Eagles- Marquise Brown, WR, Ole Miss

O primeiro WR de Ole Miss não foi DK Metcalf! Surpreendentemente, Metcalf foi a #64 indo para os Seahawks. Mas Brown é um recebedor perfeito para os Ravens. Mesmo com o peso e altura baixos, a velocidade e pós-recepção compensam. Nota 7/10

#26- Redskins via Colts- Montez Sweat, EDGE, Mississippi State

Um diagnostico errado desmentido pouco antes do Draft fez Sweat cair tanto. Baita atleta, muito forte e capaz de furar OLs. Podia sair no Top 10 se não fosse o falso diagnostico de problema cardíaco. Nota 8/10

#27- Raiders via Cowboys- Johnatan Abram, S, Mississippi State

Um bom prospecto de swecundária para parar o atleta que rendeu essa escolha. Amari Cooper foi trocado por essa escolha. Versátil e bom marcador. Pode dar certo nos Raiders. Nota 7/10

#28- Chargers- Jerry Tillery, DT, Notre Dame

Os Chargers resolveram arriscar. Tillery é um bom jogador pressionando o QB mas falha no processamento e na leitura de jogo. Se melhorar esses aspectos dará super certo! Nota 8/10

#29- Seahawks via Chiefs- L.J. Collier, DE, TCU

Boa escolha! Seattle reforçou bem a linha defensiva e promete voltar a dar medo nos QBs adversários. Sabe pressionar mas pegou adversários fracos e por isso caiu. Não conheço muito dele. Nota 7/10

#30- Giants via Seahawks- Deandre Baker, CB, Georgia

Primeira escolha boa dos Giants. Baker podia ter saído mais cedo e chega para substituir Landon Collins. Tem tudo para dar um upgrade no time. Nota 8/10

#31- Falcons via Rams- Kaleb Mcgary, OT, Washington

Falcons está investindo em OL hein! Mcgary chega como mais uma opção para proteger Matt Ryan e companhia. Se jogar o que jogou no college pode ser um titular por anos na cidade sulista. Nota 7/10

#32- Patriots- N’Keal Harry, WR, Arizona State

Randy Moss misturado com Danny Amendola. Harry é muito ágil e físico, chega para ser retornador e segundo ou terceiro WR. Seu porte físico lembra demais Moss e se jogar 50% do que ele jogou, mais um título. Detalhe: Quando Brady ganhou seu primeiro Super Bowl, Harry tinha 4 anos! Quando TB12 ganhar o sétimo, terá 22!

Enfim. Essa foi a análise da primeira rodada. D.K Metcalf era esperado estar no texto mas foi a última escolha da segunda rodada (#64); Mack Wilson poderia ter saído nesse texto mas foi a #155, quinta rodada. É isso pessoal!

Amir Bliacheris (38 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta