Notícias

Futebol Brasileiro

“O árbitro tentou controlar o jogo”, diz Eduardo Barroca após derrota do Botafogo para o Palmeiras

images (1)

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Fogão levou o mando de jogo para Brasília e foi superado pelo Palmeiras, que segue invicto e líder do Brasileirão

Gustavo Gómez comemora gol da vitória do Palmeiras
Carlos Costa/Futura Press

Pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, o Botafogo recebeu o Palmeiras no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. O Glorioso foi superado pelo líder Palmeiras por 1 a 0, gol marcado por Gustavo Gómez, após cobrança de pênalti.

A primeira etapa foi de um domínio completo do Palmeiras – dentro e fora de campo, visto que a torcida do Palmeiras foi superior no público presente. O alviverde levou perigo principalmente nos lados de campo, com as investidas de Dudu e Zé Rafael. Mesmo com o time completo, o Palmeiras não conseguiu transformar a pressão em gols. Já o Botafogo tentava atacar o Palmeiras com os contra ataques, mas sem efetividade. O time não contou com o atacante Erik, que pertence ao Palmeiras por uma cláusula contratual. As equipes foram ao intervalo sem alterações no placar.

Dudu é marcado por João Paulo
Adalberto Marques/Estadão Conteúdo

No segundo tempo, o Palmeiras continuou com a pressão ao adversário. Aos 12 minutos, após uma disputa de bola entre Gatito Fernández, Deyverson foi pisado pelo zagueiro Gabriel. O árbitro Paulo Roberto Alves Junior, após consulta ao VAR, marcou pênalti para o alviverde. O zagueiro Gustavo Gómez cobrou no canto esquerdo e deu números finais ao jogo. No final do jogo, Dudu chegou a marcar, mas estava em posição de impedimento.

Na saída do jogo, o zagueiro Gabriel falou ao canal Premiere, e reclamou da marcação do pênalti:

“Vergonhoso. Eu nem vejo o Deyverson. Vou dar passada. Acertei mesmo o pé dele. Ele vai ver o VAR em câmera lenta e ver o que aconteceu. O VAR vai ser muito bem-vindo, mas se souber usá-lo. Não adianta parar e ver em câmera lenta. Futebol é contato. Cada jogo vai ter que marcar cinco pênaltis. Árbitro muito arrogante, a gente não pode conversar com ele. Ficou ameaçando expulsar o Gilson”, comentou o defensor.

Pelo lado do Palmeiras, o volante Bruno Henrique falou sobre o lance do pênalti e sobre a equipe do Botafogo:

“O Botafogo está fazendo um grande campeonato. É um time muito bom taticamente e foi um grande jogo. Nossa equipe se comportou muito bem. Criamos várias oportunidades, com volume de jogo e ficamos muito felizes pela vitória merecida.

A discussão é normal, natural. Acontece, discussão de jogo, mas fica aqui dentro do campo. Os dois estão de cabeça quente. Houve outras confusões também e não tem nada demais, não. Faz parte do jogo”, comentou o capitão alviverde.

A PALAVRA DOS PROFESSORES

O técnico do Botafogo, Eduardo Barroca, falou sobre a arbitragem da partida:
“Eu não tenho por hábito falar de arbitragem, não é porque perdi o jogo que vou mudar isso. Mas o que houve eu posso falar. O árbitro tentou controlar o jogo com ameaças. Não é comum uma equipe receber 10 cartões e a outra nenhuma”, comentou.

Sobre a partida, Barroca falou sobre a estratégia utilizada, mas que não foi efetiva:

A equipe do Palmeiras tenta levar o jogo pro confronto. Nossa estratégia foi tentar trazer a bola pro chão, mas o Palmeiras pressionou muito forte. Com uma pressão dessas, tivemos que mudar nossa estratégia. Nós queríamos levar o jogo para um 10 contra 10, mas o Palmeiras quis levar pro 1 contra 1.
No segundo tempo o Botafogo criou oportunidades mas não foi suficiente. A gente lutou o tempo todo, e não estamos contentes.”, completou o técnico do Botafogo.

Divulgação/ Sociedade Esportiva Palmeiras

Já o técnico Luiz Felipe Scolari falou sobre a partida e sobre a atuação do adversário:

“O Botafogo tem uma maneira de jogar que eu gostei bastante. Quero parabenizar os jogadores e o Barroca pelo que vi hoje. Do que vi hoje, acho que o Botafogo deve fazer um grande campeonato. A gente não pode pensar que vai chegar aqui e criar 10 oportunidades. Não tenho muito o que corrigir”, falou o técnico alviverde.

O técnico também falou sobre o a dupla de zaga do time, que chegou à 1000 minutos sem ser vazada. Ainda comentou sobre as criticas ao meia Lucas Lima:

“É uma dupla de zaga que se acertou muito e por isso dá uma garantia ao palmeiras. Nós temos bons jogadores que ainda nem estão jogando e podem ser integrados na equipe.

Se são injustas ou não (as criticas ao Lucas Lima) não sou eu que tenho que analisar. Eu tenho que analisar a parte tática e como ele treina, e eu tenho gostado”, acrescentou.

Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação_Gustavo Gómez marcou o único gol da partida
Divulgação/Sociedade Esportiva Palmeiras

Por fim, Scolari falou sobre a liderança do Palmeiras e reclamou do clima de “já ganhou” colocado pela imprensa:

“Que eu me lembre, são 117 pontos a disputar,e só foram 18. Quem faz essa brincadeira são os caras que estão sentados lá no ar fresco, senão perdem o emprego. Isso não existe. Ano passado o Palmeiras estava 13 pontos atrás, então parem com essas brincadeiras”, completou.

As equipes voltam a campo pelo Brasileirão no dia 2 de junho. O Botafogo recebe o Vasco no estádio Nilton Santos, enquanto o Palmeiras visita a Chapecoense. O alviverde ainda enfrenta o Sampaio Corrêa, na quinta-feira, pela Copa do Brasil.

Gabriel Santos (53 Posts)

Apaixonado por esportes desde pequeno. Falo sobre futebol e o que der vontade.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta