Notícias

Futebol Internacional

GreNal: Grêmio e Internacional brigam pela Libertadores

IMG_20191103_110921

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Enquanto o Grêmio vem de duas vitórias seguidas e ultrapassando o colorado, Zé Ricardo vai para seu primeiro clássico precisando vencer

Grenal é sempre um jogo diferente. Grêmio e Internacional se enfrentam neste domingo (03/11), ás 16:00 h, pela 30ª do campeonato brasileiro, na Arena do Grêmio. No primeiro turno tivemos o empate por 1 a 1 com os dois times reservas, mas como os dois times só focam no brasileirão agora, consequentemente ambas equipes irão com força máxima. Ainda mais que é um quer se consolidar na frente e o outro quer passar á frente.

Retrospecto do GreNAL

Embora o retrospecto seja favorável ao Internacional, o time não vence o Grêmio há mais de um ano. A última vitória foi nas quartas de finais do Gaúcho de 2018, onde venceu por 2 a 0 mas não foi suficiente para avançar de fase.

No geral são 421 jogos, com 156 vitórias do colorado, 131 do imortal e 134 empates. O Saci marcou 585 gols e o tricolor 549 gols.

Grenal
Renato consolidado com seu trabalho no Grêmio

Duelo de treinadores: um consolidado X um na terceira partida

Enquanto Renato Gaúcho tem seu trabalho consolidado (mesmo tomando 5 para o Flamengo) jogando um bom futebol e conseguindo títulos. Renato já tem mais de 3 anos no comando do Grêmio, e a direção e torcida não contestam seu trabalho.

Zé Ricardo chegou ao colorado nesta final do campeonato brasileiro, estreou há duas rodadas atrás. Na estreia de Zé, o Inter venceu o Bahia por 3 a 2, mas na segunda partida empatou com o Athletico. O colorado certamente teve um ano frustante, mas Zé Ricardo tenta levantar a moral do Inter levando o time para Libertadores.

Renato conta com retornos importantes no clássico Grenal

Para o clássico, o treinador terá o retorno de cinco jogadores: Pedro Geromel, Kannemann, Matheus Henrique, Maicon e Alisson. Matheus Henrique e Kannemann cumpriram suspensão na vitória por 3 a 1 sobre o Vasco na última quarta-feira. Maicon convive com dores no joelho esquerdo, Geromel teve contusão na coxa direita e Alisson havia sofrido um trauma na região cervical, mas já treinaram na atividade desta quinta.

O clássico 422 ocorre no domingo, às 18h, na Arena. Atualmente, o Tricolor ocupa o quinto lugar no Brasileirão com 47 pontos, um a mais que o Inter, o sexto. A vitória pode valer a entrada no G-4 se o São Paulo, quarto colocado, não vencer a Chapecoense na Arena Condá, no sábado.

Cebolinha confia no apoio do torcedor para garantir vaga na Libertadores.

— Temos duas partidas em casa para confirmar essa boa fase e para seguirmos na briga por uma vaga na fase de grupos da Libertadores de 2020. Que a gente possa fazer dois grandes jogos com a ajuda de nossa torcida — afirmou Cebolinha.

Inter precisa vencer, se quiser passar o rival

Certamente o Inter sabe a importância desse jogo. Não é apenas por vencer o rival, mas também para passar seu grande rival e chegar forte na disputa pelo G4. Com o empate diante do Athletico, o colorado viu o Grêmio ficar na sua frente na véspera do clássico.

Sem Heitor, suspenso, Bruno será o titular na lateral direita. O lado esquerdo é o que apresenta indefinições. Wellington Silva disputa posição com Patrick na extrema pela esquerda. O volante pode até aparecer como lateral-esquerdo, no lugar de Zeca.

O atacante Wellington Silva disse que esse Grenal certamente pode mudar o momento vivido pelo Inter, portanto os três pontos são essenciais.

— É um clássico especial. A gente confia no nosso trabalho. Tem jogo que pode mudar nosso momento de voltar a vencer. A gente precisa voltar a vencer. Ainda mais no clássico tão importante aqui no Sul. A gente vai dar nosso melhor. Sabe da importância desse jogo. Temos que deixar a alma lá no campo para sair satisfeito e com a vitória — afirma o atacante.

Wellington ainda não sabe qual será o time que irá enfrentar o Grêmio, portanto pede todo mundo preparado para atuar bem.

— Expectativa muito grande. Todo mundo tem potencial. A gente vai se preparar, e o professor vai escolher a melhor equipe. Cada jogo tem uma história. Quem começa jogando é quem o professor acha que está melhor no momento. Não temos ideia de qual será a equipe. Mas ele sempre fala que quer o time ofensivo. A gente tem jogadores com muita qualidade, de passe, velocidade. Ele sabe o que cada um pode dar à equipe — diz o atacante.

Internacional: Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Zeca; Rodrigo Lindoso, Edenílson, Guilherme Parede, D’Alessandro e Wellington Silva (Patrick); Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

Enzo Matheus (351 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta