Notícias

Sem categoria

É Final! Chapecoense e Avaí decidem o Campeonato Catarinense

IMG-20170324-WA0017

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Chapecoense e Avaí entram em campo para a disputa do título. Verdão busca sua sexta conquista, enquanto o Leão da Ilha corre atrás do décimo sétimo caneco

Na tarde desse domingo (07), a Chapecoense enfrenta o Avaí na disputa do último jogo do Campeonato Catarinense. A final terá início às 16h, na Arena Condá, em Chapecó, e o Verdão do Oeste traz a vantagem de 1 a 0, conquistada na primeira partida, na Ressacada, em Florianópolis.

No primeiro jogo da decisão, o grande destaque (negativo) foi a atuação do árbitro Heber Roberto Lopes. Polêmico por sua tradicional “energia” em campo, Heber foi o foco de dois lances polêmicos (e decisivos). No primeiro, expulsou o lateral Capa, do Avaí, por uma cotovelada no volante Moisés da Chapecoense. Minutos depois, o Verdão abriu o placar com belo domínio e chute de Luiz Antônio. No segundo lance de influência da arbitragem, o árbitro expulsou o volante chapecoense Andrei Girotto, por suposta agressão em Leandro Silva, e as equipes tiveram de atuar em toda a segunda etapa com dez atletas.

Após as expulsões, o jogo perdeu parte de seu brilho. Ainda no primeiro tempo, o técnico Claudinei Oliveira tirou de campo a grande referência da equipe. O meia Marquinhos foi substituído, e o time perdeu o jogador com mais capacidade de criação de jogadas e de decisão. Pelo lado da Chape, com a expulsão de Girotto, polivalente no meio de campo, Mancini tem difícil tarefa: substituir o mesmo e manter o bom funcionamento da equipe.

Destaques da Chape

O clima é de otimismo para a final de amanhã, na Arena Condá. Após ter vencido o jogo de ida, em Florianópolis, a Chapecoense tem a possibilidade de perder de até um gol de diferença que mesmo assim conquistará o título do certame estadual. Com todos os ingressos vendidos para sua torcida, o Verdão do Oeste quer “esquecer” essa vantagem, e conquistar o título diante de seu torcedor com uma vitória; pelo menos esse é o pensamento e o discurso de direção, corpo técnico e jogadores.

Para a grande final, o técnico Vágner Mancini já encaminhou os 11 titulares que entram em campo. A única mudança do time que atuou no primeiro jogo é a entrada do zagueiro Nathan, que jogará improvisado, como volante, na vaga de Andrei Girotto, suspenso após cartão vermelho. Nas demais posições, a equipe, que foi poupada no jogo do meio de semana pela Copa do Brasil, será a mesma do jogo do último dia 30.

Nathan será titular na Chapecoense contra o Avaí (Foto: Sirli Freitas/Chapecoense)
Nathan terá a dura missão de substituir Girotto (Foto: Sirli Freitas/Chapecoense)

Destaques do Avaí

Apesar da dura missão de reverter o placar em Chapecó, a equipe da capital encara com confiança e otimismo o duelo desse domingo. Durante a semana, o técnico avaiano chegou a afirmar que a decisão seria entre o Avaí e “o resto do mundo”, referindo-se a toda a repercussão que a Chapecoense teve após o desastre aéreo de novembro de 2016.

Para a final, o comandante da equipe azzura terá apenas um desfalque. Expulso contra a Chapecoense, o lateral Capa não enfrentará o Verdão. O seu substituto será João Paulo. Nas demais posições, a equipe que entra em campo é a mesma que atuou na primeira partida da decisão.

Avaí busca virada histórica em Chapecó (Foto: Jamira Furlani/Avaí FC)

História

O clássico entre Avaí e Chapecoense é historicamente muito equilibrado. Com 145 confrontos ao longo dos anos, a Chapecoense contabiliza 52 vitórias, o Avaí tem 51 triunfos, e as equipes empataram em 42 oportunidades; dados que mostram que as equipes darão tudo em campo na final desse Campeonato Catarinense.

Opinião

A vantagem da Chapecoense é enorme. Com estádio lotado e podendo perder a partida por um gol de diferença, o Verdão é amplo favorito à conquista. Obviamente que os cuidados defensivos da Chape estarão redobrados, e a ausência de Girotto é um fator importante para este jogo de volta. Porém, esse ano a equipe do oeste tem demonstrado muita força em seus domínios, e não deve deixar escapar a chance de conquistar o inédito bicampeonato catarinense. Pelo lado do Avaí, a motivação de estragar a festa da Chape pode ser seu maior trunfo. O técnico Claudinei Oliveira tem dado declarações polêmicas à imprensa, no intuito de mobilizar seu grupo de que é possível a virada em Chapecó.

O palpite para o jogo é vitória e conquista da Chapecoense de seu sexto título estadual.

Ficha Técnica – Chapecoense x Avaí

Data: 07/05/2017

Hora: 16h, horário de Brasília

Local: Arena Condá – Chapecó (SC)

Arbitragem: Braulio da Silva Machado, auxiliado por Kleber Lucio Gil e Carlos Berkenbrock

Chapecoense: Artur Moraes; João Pedro, Grolli, Luiz Otávio e Reinaldo; Nathan, Moisés Ribeiro e Luiz Antônio; Rossi, Arthur Caíke e Wellington Paulista. Técnico: Vágner Mancini.

Avaí: Kozlinski; Leandro Silva, Alemão, Betão e João Paulo; Luan, Judson e Marquinhos; Denilson, Junior Dutra e Romulo. Técnico: Claudinei Oliveira.

Clique na imagem para acessar o site
Derlei Alex Florianovitz (49 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta