Notícias

Futebol Internacional

Cruzeiro pode disparar na liderança se vencer o Deportivo Lara na Libertadores

CRUZEIRO+X+DEPORTIVO+LARA

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Raposa faz seu segundo jogo pela Libertadores. Busca a vitória contra o Rojinegro para assegurar a liderança e disparar no Grupo B

Na noite desta quinta-feira (14), a equipe do Cruzeiro Esporte Clube recebe o Deportivo Lara às 19h15, horário de Brasília, no Estádio Mineirão, em duelo válido pela segunda rodada da Copa Libertadores das Américas de 2019.

Cruzeiro a um passo de disparar na liderança do Grupo B

A Raposa é o líder do Grupo B com 3 pontos ganhos, vem de vitória por 1 a 0 contra o Huracán, jogando no Estádio El Palacio na Argentina, assumindo a liderança isolada. Já o Deportivo Lara ocupa a vice-liderança com 1 ponto conquistado, empatou por 1 a 1 contra o Emelec, jogando em seu Estádio Metropolitano de Lara.

Mano Menezes: “hora de crescer”

O treinador Mano Menezes será um dos desfalques do Cruzeiro, expulso nos minutos finais contra o Huracán, será substituído pelo seu  auxiliar técnico Sidnei Lobo que conta com  a volta do zagueiro Dedé que cumpriu suspensão automática contra o El Globo. Apesar do retorno de Thiago Neves no Campeonato Mineiro, jogador deixou o campo com um incômodo no mesmo músculo e não deve enfrentar o Deportivo Lara nesta quinta-feira (14).

Assim o substituto de Mano Menezes terá tempo suficiente para montar uma equipe que seja capaz de conduzir a Raposa para sua segunda vitória e disparar na liderança do Grupo B da Copa Libertadores. Aliás o comandante Celeste disse que é hora do time crescer, respeitar o adversário, mas que é muito importante a vitória para o Cruzeiro.

“Assim é a temporada. Vamos crescendo. É hora de crescer. Quarta temos um próximo jogo importante, que temos que agregar aquilo que construímos lá (na Argentina) com mais uma vitória. Não tem facilidades, não adianta o torcedor ficar achando que vamos ganhar antes da hora. Não se ganha antes” – disse Mano Menezes.

Deportivo Lara tenta espantar a crise política

Já o treinador Leonardo González e a delegação do El Depor viajam nesta terça-feira (12) rumo a Belo Horizonte, a crise política instalada em seu país, com falta de abastecimento , energia elétrica, colocou o time Venezuelano com  dificuldades para viajar em seu segundo compromisso  pela Libertadores e segundo norma da Conmebol terá que estar às 19h15 em BH ou seja 24 horas antes do início do jogo, a não ser que seja aberta alguma exceção por causa da crise na Venezuela.

O Cruzeiro acabou aceitando o não cumprimento do prazo do  Deportivo Lara, que por dificuldades não conseguiu sair no horário marcado, assim o jogo foi adiado para a quinta-feira (14) no mesmo horário e local.

Raposa vai monitorando o seu adversário

Fundado em 2009, Deportivo Lara é praticamente desconhecido da maioria dos jogadores Celestes e até mesmo do futebol brasileiro, mas Mano Menezes juntamente com seus atletas vem alertando sobre a responsabilidade de respeitar o adversário para poder fazer valer a superioridade dentro de campo e aí sim vencer de forma tranquila e soberana.

Já que uma vitória coloca o Cruzeiro na liderança isolada no Grupo B, deixando praticamente encaminhada a sua classificação para a próxima fase, as oitavas de final da Libertadores. David que foi um dos destaques do time na partida contra o Tombense, quando marcou um gol no triunfo de 2 a 0, espera ansioso a sua estréia na competição.

“Conheço bem pouco, independentemente do adversário, a gente tem que jogar nosso jogo sempre para vencer. Nossa maneira de jogar tem que ser a mesma, tem que ser em busca da vitória. A gente tem hoje, amanhã. A gente fica triste por eles, acompanha um pouco, mas a gente sempre vai jogar para vencer. Vamos fazer um jogo para ganhar os três pontos dentro de casa” – comentou o atacante Cruzeirense.

Além da crise política na Venezuela, o Cruzeiro sabe que o Rojinegro é considerado pelos entendidos ou críticos do esporte como o time mais fraco do Grupo B, portanto todo cuidado é pouco, já que hoje em dia não existe equipe “boba” ou ingênua. O futebol mudou há muito tempo, cada um faz suas contratações de técnicos, jogadores, como forma de evolução, isso acontece nos quatros cantos do mundo, cada um desenvolvendo o seu estilo de jogar.

Subestimar um adversário pode não ser uma boa ideia, pois temos vistos muitas surpresas dentro de campo, o melhor a fazer é conhecer o oponente e jogar de forma séria e contundente. Ainda mais para o Cruzeiro que defende entre os participantes desta edição da Libertadores uma invencibilidade de 22 anos sem perder no Mineirão ou 29 partidas na fase de grupos.

Além de ter jogado em 14 oportunidades contra times Venezuelanos, a Raposa nunca foi derrotado por eles. São 12 vitória e 2 empates. Já sua última derrota na fase de grupos, foi em 1997 ano que conseguiu o bicampeonato da Copa Libertadores, perdeu para o Grêmio por 2 a 1 naquela ocasião.

Sequência invicta do Cruzeiro como mandante na fase de grupos

Edição Partida
1997 Cruzeiro 2 x 0 Alianza Lima-PER
1997 Cruzeiro 2 x 1 Sporting Cristal-PER
2001 Cruzeiro 3 x 1 Olimpia-PAR
2001 Cruzeiro 5 x 0 Sporting Cristal-PER
2001 Cruzeiro 2 x 0 Emelec-EQU
2004 Cruzeiro 3 x 1 Caracas-VEN
2004 Cruzeiro 1 x 1 Santos Laguna-MEX
2004 Cruzeiro 5 x 0 U. Concepción-CHI
2008 Cruzeiro 3 x 0 Real Potosí-BOL
2008 Cruzeiro 3 x 0 Caracas-VEN
2008 Cruzeiro 3 x 1 San Lorenzo-ARG
2009 Cruzeiro 2 x 0 Deportivo Quito-EQU
2009 Cruzeiro 2 x 0 Universitário Sucre-BOL
2009 Cruzeiro 3 x 0 Estudiantes-ARG
2010 Cruzeiro 4 x 1 Colo-Colo-CHI
2010 Cruzeiro 2 x 0 Deportivo Itália-VEN
2010 Cruzeiro 3 x 0 Vélez Sarsfield – ARG
2011 Cruzeiro 5 x 0 Estudiantes-ARG
2011 Cruzeiro 4 x 0 Guaraní-PAR
2011 Cruzeiro 6 x 1 Deportes Tolima-COL
2014 Cruzeiro 5 x 1 Universidad de Chile
2014 Cruzeiro 2 x 2 Defensor-URU
2014 Cruzeiro 3 x 0 Real Garcilaso-PER
2015 Cruzeiro 0 x 0 Huracán-ARG
2015 Cruzeiro 3 x 0 Mineros-VEN
2015 Cruzeiro 2 x 0 Universitário Sucre-PER
2018 Cruzeiro 0 x 0 Vasco
2018 Cruzeiro 7 x 0 Universidad de Chile
2018 Cruzeiro 2 x 1 Racing-ARG

O pior adversário do Rojinegro até então é a crise em seu país

Time Venezuelano confirmou presença no jogo desta quinta-feira (14) contra o Cruzeiro no Mineirão, após acordo entre Conmebol, Cruzeiro e El Depor, assim o Rojinegro que não  tinha conseguido sair do seu país conforme  data anterior, chegará em Belo Horizonte para a nova data.

A princípio El Depor supera seu principal obstáculo e pelo visto vem conseguindo superar a crise política em seu país e vem para seu segundo compromisso diante do Cruzeiro, jogo válido pela segunda rodada do Grupo B, fase de grupo da Copa Libertadores das Américas de 2019. Mineirão que deverá receber um bom público, já que a Raposa estreou com vitória na sua primeira partida e com o empate de Deportivo Lara e Emelec por 1 a 1, assumiu a liderança isolada do  grupo.

Ficha técnica – Cruzeiro x Deportivo Lara

Data: 14/03/2019

Hora: 19h15, horário de Brasília

Local: Estádio Mineirão – Belo Horizonte – MG

Arbitro: Piero Maza – Chile

Cruzeiro: (Provável escalação) Fábio; Edilson, Léo, Dedé e Egidio; Henrique, Lucas Romero, Robinho e Rodriguinho; Rafinha e Fred.

Auxiliar técnico: Sidnei Lobo.

Deportivo Lara: (Provável escalação) Carlos Salazar; Jefre Vargas, Giácomo Di giorgi, Marcos Miers e Leonardo Aponte; Jorge Yriarte, Jesús Bueno, David Centeno, Lorenzo Frutos e Gonzalo Di Renzo; Jaime Moreno.

Técnico:  Leonardo González.

Luis Carlos FURBINO de PINHO (121 Posts)

CRUZEIRO é meu time. Trabalho atualmente com Transporte Escolar TIO LUIS e colunista​ no www.esportesmais.com.br Gosto de esportes, prático e sou monitor na Escola de Vôo Livre VOLARE. Sou formado em administração. Gosto de uma boa música, violão e futebol.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta