Notícias

Sem categoria

Com show de Bale, Real Madrid bate Kashima Antlers pelo Mundial de Clubes

real mundial se

O Real Madrid até começou desligado, mas com ajuda do hattrick do galês Bale garantiu a vaga na final com a vitória por 3 a 1 diante do Kashima Antlers

Foto: Divulgação/Twitter @realmadrid

A segunda partida da semifinal do Mundial de Clubes foi realizada hoje (19) no estádio Sheik Zayed Sports City, em Abu Dhabi, Emirádos Árabes e envolveu o Real Madrid – atual bicampeão e representante europeu, e Kashima Antlers – vice-campeão de 2016 e representante asiático. O confronto trazia um tom de revanche para os japoneses, que por pouco não aprontaram para cima do Real Madrid e foram derrotados por 4 a 2 já na prorrogação na final de 2016. Além disso, havia uma certa desconfiança pairando os Merengues devido à resultados negativos da equipe nos últimos jogos.

O JOGO

Levando em conta a desconfiança em relação à uma campanha irregular do Real Madrid com o sentimento de revanche do Kashima Antlers após a final de 2016, as atenções se voltaram para a partida devido à expectativa de uma nova “zebra” após o Al Ain eliminar o River Plate na outra semifinal. Com isso, o que se viu foi um Kashima aplicado tentando abrir o placar logo no início do jogo, diante de um Real Madrid que parecia desinteressado com a partida, levando o jogo de forma passiva.

Decorrendo a partida, o jogo ficou morno e o Real Madrid só acordou no fim da primeira etapa com Bale, que aproveitou ótimo passe de Marcelo para invadir a área e bater no canto, fazendo seu primeuro gol na partida e dando a vantagem ao Real Madrid ao término da primeira etapa.

No segundo tempo, o jogo estava parelho até a pixotada da defesa japonesa aos 8 minutos de segundo tempo que resultou no segundo gol de Bale, que recebeu o passe equivocado do jogador japônes e apenas escorou para a trave vazia. Dois minutos depois, Bale novamente recebeu na área e marcou seu terceiro gol, praticamente liquidando a partida. Após o terceiro gol, os Merengues novamente baixaram o ritmo, e viram os japoneses descontarem aos 33 minutos com Doi, gol esse que a princípio o árbitro brasileiro Wilton Pereira Sampaio assinalou o impedimento, porém, o VAR entrou em ação e validou o gol de honra do Kashima Antlers. No mais, um 3 a 1 que condisse com o que foi a partida, onde apesar da pressão inicial dos japoneses, o que se viu foi um Real Madrid aproveitando-se da força técnica superior para garantir sua vaga na final da competição.

PÓS-JOGO

O Real Madrid não deu margem ao azar e garantiu o resultado com uma apresentação esperada mediante a força técnica do seu elenco. É fato que houveram alguns lampejos no início do jogo, porém, Bale tratou de ser o protagonista e ajudar o time espanhol na sua terceira final seguida de Mundial de Clubes FIFA. Agora, o Real Madrid vai aguardar o próximo dia 22, para às 14h30, horário de Brasília, disputar o título de campeão contra os anfitriões Al Ain, dos Emirádos Árabes.

O Kashima, não conseguiu sua revanche e novamente se viu eliminado pelos espanhóis, e agora vão aguardar o próximo dia 22 para enfrentar o River Plate pela decisão do 3º lugar do Mundial de Clubes FIFA às 10h30, horário de Brasília.

Deixe uma resposta