Notícias

Basquete

Com emoção até a última bola, Bauru Basket vence o Corinthians no NBB

Faggiano Bauru Basket

Foto: Victor Lira/Bauru Basket

Timão teve recuperação incrível no último período, mas o Dragão fez prevalecer a vantagem do primeiro período

Na noite desta terça-feira (04), Bauru Basket e Corinthians se enfrentaram mais uma vez na temporada. Jogando no Panela de Pressão, a partida foi válida pelo 2º turno do NBB 2019/2020.

Com parciais de 30 a 16; 21 a 21; 17 a 17 e 7 a 20, o Bauru Basket venceu o confronto por 75 a 74, engatando mais uma vitória na sua recuperação dentro da competição.

Destaques do jogo

O cestinha do jogo foi Ricardo Fischer, com 18 pontos. Ele ainda contribuiu com cinco assistências. Do lado da casa, Jaú com 16, Larry com 15 e Wiggins com 13 pontos foram os destaques.

Wiggins Bauru Basket
Foto: Victor Lira/Bauru Basket

O jogo

Motivado por um Panela de Pressão lotado, os donos da casa começaram bem a partida, marcando forte na defesa e subindo bem ao ataque, 12 a 3. Mas aos poucos os visitantes foram se encontrando, principalmente contando com boa atuação de Fischer, que conhece bem o Bauru, 16 a 12.

Porém, a reação parou por aí. Com Nick Wiggins e Jaú inspirados no período, anotando 11 e 10 pontos respectivamente, o Dragão fechou em 30 a 16, recebendo os aplausos do torcedor ao estourar o cronometro.

No começo do segundo período os visitantes ensaiaram uma nova reação, mas sob o comando de Larry Taylor o Dragão controlou bem e manteve a vantagem, 45 a 31.

Os visitantes ainda seguiram vivos graças a Fischer e Robinson, mas o Bauru Basket tinha um jogo coletivo forte, e com boas jogadas da dupla Larry Taylor e Faggiano foi para o intervalo em vantagem, 51 a 37.

Jaú Bauru Basket
Foto: Victor Lira/Bauru Basket

Na volta do intervalo o Corinthians mais uma vez ensaiou uma reação, chegando a fazer 8 a 3 no período. Porém, Bauru voltou para a partida e a vantagem seguiu boa, 62 a 48.

Já na reta final do período, um lance começou a mudar o jogo. Fischer voltou quadra, mas a arbitragem não marcou. Demétrius reclamou muito e tomou uma falta técnica. Pouco tempo depois foi a vez de Draper também receber a mesma advertência, mostrando um pouco de desiquilíbrio emocional dos donos da casa. Porém, mesmo no pior momento até então Bauru manteve a vantagem e fechou o período com 68 a 54.

O último período começou com muitos erros, e a primeira cesta saiu após dois minutos jogados. Com boa jogada de Pecos, o Timão diminuiu a diferença abaixando para um digito, 68 a 59. Sem se encontrar no quarto, o Dragão errou muito no ataque e na defesa, e restando 2:30 no relógio a diferença caiu ainda mais, 74 a 69.

E para quem gosta de emoção, o jogo ganhou ainda mais. Restando 1:30 a vantagem foi para uma posse, 75 a 72. Bauru teve a chance de ampliar, mas desperdiçou ataques e lances livres, e a vantagem foi para apenas um ponto, 75 a 74.

Restando 10 segundos, o Dragão voltou a desperdiçar e Fischer ligou o contra-ataque, sendo parado com falta. Com 5 segundos no relógio e a posse de bola, o Timão teve o ataque para a vitória, mas acabou falhando. Final de jogo, Bauru Basket 75, Corinthians 74.

Próximos jogos

O Bauru Basket volta à quadra na próxima quinta-feira (06), novamente no Panela de Pressão. O Dragão recebe o Pinheiros, às 20h. No mesmo horário, porém, só na outra terça-feira (11), o Corinthians duela com o Rio Claro, jogando em casa.

Esportes Mais

Deixe uma resposta