Notícias

NFL

Cincinatti Bengals e Kansas City Chiefs duelam na pré-temporada da NFL

bengals

Chiefs e Bengals duelam na Pré-temporada da NFL

Após um tenebroso inverno, a NFL está de volta. Após o primeiro jogo da pré-temporada sido realizado no dia 01/08, o jogo festivo do Hall da Fama entre Atlanta Falcons e Denver Broncos, tendo o time do colorado obtido uma vitória por 14×10, a primeira semana da pré temporada começou com vários jogos na última quinta feira e tem seu prosseguimento nesse sábado.

E um dos jogos a serem realizados é entre Cincinatti Bengals e Kansas City Chiefs. A partida acontece Arrowhead Stadium, estádio mais barulhento da NFL e tem o kickoff marcado para às 21h no horário de Brasília e quem quiser assistir a partida terá que recorrer ao Game Pass da NFL que tem transmissão gratuita de todas as partidas da pré temporada.

O que esperar dos Bengals?

O Cincinatti Bengals é uma verdadeira incógnita na próxima temporada. Mesmo com mudanças importantes como seu Head Coach, a vida do Bengals não será fácil. Depois de longos anos no comando do Bengals, Marvin Lewis enfim saiu em definitivo da franquia, para seu lugar o Bengals dediciu apostar em um novo nome, com mentalidade ofensiva moderna, e Zac Taylor então coordenador ofensivo do Los Angeles Rams ser o novo Head Coach da franquia.

Fonte: John Minchillo/Associated Press

 

Contudo, Taylor já teve que se deparar com alguns problemas. A free agency foi mais de perdas do que ganhos, As principais perdas foram do linerbacker Vontaze Burfict que teve como destino o Oakland Raiders e Tyler Kroft tight end que foi para o Buffalo Bills. E as notícias ruins não param por ai.

Jonah Willams, jogador de linha ofensiva, que foi draftado na primeira rodada esse ano teve uma lesão no ombro, tendo que passar por cirurgia, e com isso está fora da temporada. Além dele, esse já mais importante para a equipe, o wide receiver AJ Green se lesionou no traning camp (treinos abertos e fechados das equipes). O wide receiver do Bengals ficará de 6 a 8 semanas fora de combate devido a uma lesão nos ligamentos do tornozelo. Com isso, Green está fora do início da temporada regular.

bengals
Fonte: David Kohl-USA TODAY Sports

 

Com a chegada em uma aparente terra arassada, Taylor terá que ser criativo e procurar saídas para sanar a saídas de Burfict e Kroft, e lesão de Williams e a espera por AJ Green. Todavia, outros wide receivers que compõem o elenco, Tyler Boyd, John Ross, Cody Core e Alex Erickson, entre outros terão que assumir a responsabilidade de serem o wide receiver 1 até que Green possa retornar a equipe.

Além disso, com a não escolha de um quarterback na free agency e Draft, Andy Dalton possivelmente terá sua última temporada para mostrar serviço para o novo head coach. Se o ataque está um tanto contubardo, a defesa nem se fala. No Draft passado, foram quatro jogadores, sendo dois linerbackers, Germaine Pratt e Deshaun Davis, sendo os possíveis subsitutos de Burfict, um defensive tackle, Renell Wren e o cornerback Jordan Brown.

Chiefs e a expectativa de título

Já no Kansas City Chiefs o ambiente é totalmente outro. O time fez excelente campanha na temporada passada, chegando até a final da Conferência Americana, quando foi derrotado pelo New England Patriots. Já na temporada passada a equipe passou por mudanças, mais precisamente no ataque.

O running back Kareem Hunt, que vinha fazendo uma excelente temporada, foi descoberto ao estar envolvido em um escândalo de violência doméstica, e assim ele foi demitido da equipe. Hunt agora está no Cleveland Browns, mas terá que cumprir oito jogos de suspensão.

Mesmo com a saída de Hunt, o ataque do Chiefs não teve queda de produção. Porém, outro escândalo de violência doméstica meio que abalou as estruturas do Chiefs. Desta vez foi o wide receiver Tyreek Hill a personagem da vez. Com a possibilidade de punição, o Chiefs se movimentaram no Draft e pegaram o wide receiver Mecole Hardman, que tem características parecidas com a de Hill. Entretanto, a possível suspensão de Hill foi descartada pela NFL.

Resultado de imagem para Mecole Hardman, chiefs
Fonte: Charlie Riedel/Associated Press

 

Com a resolução de problemas no ataque, que foram muito pontuais, as mudanças na defesa foram mais profundas. Com o término da temporada para o Chiefs, o primeiro a cair foi coordenador defensivo Bob Sutton que teve um péssimo trabalho e para o seu lugar foi contratado Steve Spagnoulo que teve passagem pelo New York Giants e Philadelphia Eagles, onde já trabalhou com Andy Reed, ou seja os dois já se conhecem.

Além dessa mudança, outras foram feitas na equipe de defesa do Chiefs. E elas aconteceram na free agency, A primeira foi a troca de Dee Ford, outside linerbacker e pass rush da equipe. Ford estava em último ano de contrato e o Chiefs não queriam a renovação e o trocaram com o San Francisco 49ers por uma escolha de segunda rodada do Draft de 2020. Além de Ford, Justin Houston com fim de contrato foi outro que saiu e foi para o Indianapolis Colts.

Com as saídas de Ford e Houston, os Chiefs precisavam de um novo pass rush. E o encontraram, nome dele Frank Clark. O defensive end, que teve ótima temporada no Seattle Seahawks, estava na mesma situação de Ford, último ano de contrato e o Seahawks não querendo renovar. O Chiefs por sua vez assumiram o contrato de Clark e em troca o Seahawks recebeu a escolha 29 da primeira rodada de 2019 e a de segunda rodada do Draft de 2020.

Frank Clark. Seahawks Wire

Além de Clark outros dois nomes importantes vieram para a defesa, ambos para a secundária. O cornerback Breshaud Breeland que estava no Green Bay Packers e safety Tyrann Mathieu vieram para sanar os problemas escabrosos da secundária na temporada passada, que teve um desempenho tão ruim que mesmo com o Chiefs ganhando, a secundária atuava muito mal.

Tanto Bengals, quanto  Chiefs terão na partida desse sábado a possibilidade de encontrar soluções e resolver possíveis problemas a fim de começar a temporada regular da forma mais equilibrada. Bengals é quem vai ter que se dedicar melhor em todos os jogos da pré temporada, mesmo assim a equipe será incógnita e possivelmente será o lanterna da AFC Norte.

Já para o Chiefs o futuro ainda é promissor. Se o ataque encaixar como foi na última temporada, Andy Reed já terá feito um baita trabalho, pois a queda de rendimento de Patrick Mahomes é bem real. Entretanto, se Steve Spagnoulo consegue melhorar a defesa do Chiefs, a posição da franquia como um dos contenders a disputar o Super Bowl aumenta bastante.

 

A temporada da NFL só está começando. Você que é fã da NFL já pode matar a saudade e dizer NFL SUA LINDA VOCÊ VOLTOU!!!

Esportes Mais

Facebook

Deixe uma resposta