Notícias

Sem categoria

Zé Roberto afirma que Palmeiras pode render muito mais

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Zé Roberto dá dura no elenco Palmeirense, falando que o elenco pode render muito mais do que vem jogando

Após o fim do jogo de quarta-feira contra o Oeste, os torcedores do palmeiras que lotaram o Estádio Anísio Haddad, na cidade de São José do Rio Preto, vaiaram o futebol apresentado pela equipe do Verdão e não estão satisfeitos. Para Zé Roberto, lateral do Palmeiras, as vaias da torcida é compreensível. O jogador concorda que a equipe ainda não embalou e vê isso normal por ser começo de temporada.

– “Eu, me colocando na situação dos torcedores, claro que quero ir ao estádio para ver gols e vitória do meu time. A manifestação dos torcedores quando não vem o resultado é normal. A gente sabe que ficou devendo, não foi o jogo que queríamos, mas não faltou disposição. Início de temporada é assim“, disse o veterano, que concedeu entrevista coletiva na tarde de quinta-feira.

– “Quando você joga em um time grande, a cobrança vai existir sempre, ainda mais quando não vem o resultado que se espera. Nós sabemos que podemos render muito mais e não tenho dúvida que vamos render. O nosso time é muito técnico“, completou o lateral, confiante com o futuro da equipe palmeirense.

Zé confia que com o passar dos jogos, o time vai começar a engrenar e o Verdão irá animar a sua torcida: “Jogamos cinco jogos até agora, acho muito pouco para aquilo que a gente tem em mente para esse ano. A expectativa é muito grande, não só nossa, mas da torcida também“, concluiu.

Zé Roberto anunciou também que vai se aposentar no fim desta temporada. O jogador completará 42 anos em julho e assegura que vai manter sua palavra independente do desempenho do Palmeiras na Libertadores.

– “A minha condição física me surpreende a cada dia. Nunca imaginei que iria jogar aos 41 e prestes a completar 42 anos e em alto nível. Claro que me preparei para isso. Desde novo, quando percebi que meu corpo era meu instrumento de trabalho, passei a cuidar dele e hoje estou usufruindo”, disse o jogador na entrevista.

Zé RobertoO lateral decidiu pendurar as chuteiras para aproveitar um pouco a família: “Tenho um filho de 16 anos que quer fazer faculdade fora. Nesses anos de carreira, quase não o vi. Estou muito motivado para fazer meu último ano e dando o máximo. No início da pré-temporada, tive uma conversa com a comissão e foi combinado que não atuarei em todos os jogos.”

O jogador também falou que o calendário brasileiro tem muito número de jogos e que ele não aguenta continuar atuando: “Brinquei que poderia ir até os 50 anos, mas o calendário no Brasil fez com que eu pensasse e resolvesse parar. Ainda que tivesse um jogador que fosse máquina, um Super-Homem, um Batman, não ia aguentar o calendário brasileiro. Inventaram ainda essa Primeira Liga“, contou o jogador, que brincou. “Alguns amigos me disseram que parece vida de caminhoneiro, porque passam mais tempo fora de casa do que dentro. O filho, ao invés de chamar de pai, chama de tio.

Zé Roberto renovou seu contrato com o Verdão no ano passado e o novo vínculo se encerra no fim desta temporada. O lateral começou sua carreira na Portuguesa e depois jogou no Real Madrid, Flamengo, Bayer Leverkusen, Bayern de Munique, Santos, Hamburgo, Al-Gharafa e Grêmio. E também atuou pela seleção brasileira.

Matéria Por: Felipe Longov

Felipe Longov (102 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta