Notícias

+ Esportes

Retrospectiva Palmeiras 2015 – Objetivo concluído com sucesso

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Após um inicio difícil, alternando bons jogos com partidas desastrosas, o Palmeiras superou as dificuldades e conquistou mais um titulo para sua vitoriosa história

No ano passado, o Verdão veio de uma péssima campanha no Campeonato Brasileiro e se salvou na última rodada do rebaixamento. No começo de 2015, contratou mais de 20 jogadores. A expectativa era muito grande, já que a diretoria apostou em um time novo.

Mesmo em formação, o time recebeu muita pressão da torcida que não aguentava mais anos ruins. Os novos jogadores do Verdão receberam a missão de resgatar a grandeza do Palmeiras, liderados pelo novo velho capitão Zé Roberto.

Campeonato Paulista

O time começou o ano voando, a torcida palmeirense ficou animada em ver como Oswaldo de Oliveira comandava bem o time. Sem dificuldades, o Verdão se classificou para a fase de mata-mata e enfrentou o Botafogo – SP pelas Quartas de Finais. Em um jogo único, no Allianz Parque, o Palmeiras venceu a partida por 1 a 0. Na Semifinal enfrentou o Corinthians, novamente em jogo único, mas dessa vez, fora de casa, em Itaquera. O jogo foi dramático e acabou em 2 a 2, levando a decisão para os pênaltis. Fernando Prass foi decisivo e defendeu duas cobranças, levando o Verdão para a Final do Campeonato Paulista.

Na Final, o Palmeiras enfrentou o Santos. O primeiro jogo foi realizado no Allianz Parque, e o time Alviverde venceu pelo placar mínimo de 1 a 0. No jogo da volta, o Verdão não conseguiu segurar a pressão e no primeiro tempo, perdia de 2 a 0. No segundo tempo, diminuiu para 2 a 1 e quase empatou o jogo com Amaral no rebote da falta cobrada por Cleiton Xavier, mas o jogador estava impedido. A decisão foi levada para as penalidades, mas dessa vez o Verdão não teve sorte. Perdeu para o Santos e ficou com o Vice-Campeonato.

Campeonato Brasileiro

 

No começo do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras veio voando e era até favorito para título, mas com o passar das rodadas, o Verdão não conseguiu se manter no topo e entrava poucas vezes no G4. Acabou o primeiro turno em quinto e até fazia uma boa campanha.

 

Mas no segundo turno, a equipe caiu muito de produção e foi se afastando cada vez mais no G4, resultando na troca de treinador, sai Oswaldo de Oliveira e entra Marcelo Oliveira. Como o Palmeiras avançava bem na Copa do Brasil, deixou o Brasileirão como segunda opção e sua irregularidade na competição afastou o Verdão de qualquer briga, terminando no meio da tabela.

Copa do Brasil

O Palmeiras fez uma bela Copa do Brasil, se consagrando Tricampeão da competição, mas não foi nada fácil. Na primeira fase, enfrentou o Vitória da Conquista no estádio Lomanto Júnior, começou perdendo de 1 a 0, conseguiu a virada e venceu a partida por 4 a 1. Não foi necessário o segundo jogo. Na segunda fase, o Verdão empatou com o Sampaio Corrêa no Castelão por 1 a 1. No jogo da volta, no Allianz Parque, aplicou outra goleada e venceu a partida por 5 a 1. Na fase seguinte, enfrentou o ASA. A primeira partida foi realizada na casa palmeirense e acabou 0 a 0. No segundo jogo, no Estádio do Café, o Palmeiras venceu por 1 a 0, Gabriel Jesus fez seu primeiro gol como profissional.

Chegaram as Oitavas de Final. O próximo adversário do Palmeiras era atual campeão brasileiro, Cruzeiro. Na primeira partida, o Verdão venceu por 2 a 1 no Allianz Parque e levou a vantagem para Minas. No Mineirão, sem dificuldades, o Palmeiras garantiu sua classificação e venceu o jogo por 3 a 2. Nas Quartas, o Palmeiras foi sorteado contra o Internacional e dessa vez, decidiria em casa. No Beira-Rio, conseguiu um bom resultado e empatou em 1 a 1. No jogo da volta, muitas emoções. O Verdão fez 2 a 0, viu o Inter empatar e no minuto seguinte, Allione acertou belo cruzamento para Andrei Girotto balançar as redes: 3 a 2 e classificação garantida.

Na Semifinal, o Fluminense passou pelo Grêmio e era o novo adversário do Palmeiras. No jogo da ida, no Maracanã, o Flu vencia o Verdão por 2 a 0. Zé Roberto, com um pênalti polêmico, diminuiu. Após o gol, mais um lance polêmico, dessa vez o juiz não assinalou o pênalti para o Verdão.

No Allianz Parque, o Verdão fez 2 a 0 com Lucas Barrios e no segundo tempo, viu o Flu diminuir. No final do jogo, Fred recebeu sozinho e Fernando Prass operou um milagre, levando a decisão para os pênaltis.

A equipe Alviverde parecia muito mais preparada para os pênaltis do que a do Flu e cobrou todos com perfeição. Prass defendeu um e o zagueiro Gum chutou o dele para fora. O Palmeiras estava na Final da Copa do Brasil e o seu adversário era o Santos. Isso mesmo, mais uma decisão de título entre Palmeiras e Santos. Seria a chance da vingança do Verdão contra o Peixe? O Verdão era dado como Vice, com muitas pessoas da imprensa afirmando que o Santos ia humilhar o Palmeiras nos dois jogos.

Através de sorteio, o Palmeiras decidiria o título em sua casa. Na primeira partida, o time estava fazendo de tudo para segurar o Santos e não tomar gol. Mas não conseguiu e perdeu por 1 a 0. Gabriel, do Santos, ainda parou na trave em uma cobrança de pênalti. Teve lance polêmico também, Lucas Barrios recebeu a bola na área e quando preparou para o chute, David Braz deu um toque e ele perdeu o equilíbrio, o juiz não deu nada. O zagueiro do Palmeiras, Jackson, acertou uma cotovelada em Ricardo Oliveira e recebeu apenas o cartão amarelo. Ainda no último lance do jogo, Nilson do Santos perdeu um gol feito, sem goleiro.

Durante a partida, o goleiro Fernando Prass fez muitas defesas, até mesmo evitando um placar elástico na Vila Belmiro, o que garantiu o Verdão vivo para o segundo jogo.

Na segunda partida, o Allianz Parque virou um caldeirão. Fora do estádio, mais de 100 mil pessoas estavam torcendo pelo Verdão nas ruas palestrinas. O jogo começou tenso e logo aos 40 segundos, Gabriel Jesus perdeu um gol cara a cara com o goleiro Vanderlei, do Santos. O Palmeiras ia ao ataque a qualquer custo, mas o gol não saia. No segundo tempo, Dudu marcou duas vezes para o Verdão, e esse resultado dava o título para a equipe Alviverde. Mas no minuto seguinte ao segundo gol, o Santos diminuiu com o matador Ricardo Oliveira, e levou a decisão para as penalidades.

Outro drama, todos estavam tensos e nervosos para essa decisão. Na primeira cobrança do Santos, bola para fora com Marquinhos Gabriel. Zé Roberto, converteu a primeira do Palmeiras. Na segunda cobrança do Peixe, Fernando Prass acertou o canto e defendeu a cobrança de Gustavo Henrique. Rafael Marques perdeu a dele. A partir daí, todos os jogadores de ambas as equipes acertaram suas cobranças e a decisão ficou para Fernando Prass, mas não para defender, e sim para fazer o gol. Isso mesmo, o goleiro do Palmeiras era o último cobrador da equipe e se convertesse o Verdão era campeão. Prass correu e mandou uma bomba para o gol, sem chances nenhuma para o goleiro Vanderlei.

O Palmeiras se consagrava Tricampeão da Copa do Brasil!!! Que festa!! O técnico Marcelo Oliveira, depois de ser vice três vezes da Copa do Brasil, conquista o campeonato em 2015.

 

Destaques:

Muitos jogadores se destacaram esse ano, mais os melhores foram: Fernando Prass, Dudu e Gabriel Jesus.

Fernando Prass: Foi decisivo em diversas partidas do ano e foi importantíssimo para a conquista da Copa do Brasil, fazendo defesas milagrosas.

Dudu: Deu a volta por cima depois de um começo de ano conturbado, com perda de pênalti na final do Campeonato Paulista. Jogou muita bola, sempre demonstrando muita raça e fez os dois gols da Final da Copa do Brasil.

Gabriel Jesus: Foi a revelação do Campeonato Brasileiro e do Palmeiras. Jogou muita bola e foi importante em diversas partidas.

O destaque negativo foi Egídio. Começou bem, conseguiu se firmar como titular, mas depois caiu muito de produção, falhando demais na marcação e errando muito quando subia no ataque.

Oswaldo de Oliveira: Começou muito bem e chegou a Final do Campeonato Paulista, eliminando o Corinthians em Itaquera. Mas quando chegou o Brasileiro, depois de um bom começo, começou a cair de produção e foi demitido.

Marcelo Oliveira: Chegou dando uma cara nova para o time, fez uma boa sequência de vitórias. Mas com o passar do tempo, caiu também de produção e foi muito contestado. Focou na Copa do Brasil e conseguiu conquistar o caneco.

 

Análise Final

O Palmeiras não terminou o Paulistão como esperava, ficou com o vice-campeonato. No Campeonato Brasileiro , o objetivo era terminar no G4 e foi muito abaixo disso. Porém, com a conquista da Copa do Brasil, que também resultou em uma vaga na Libertadores, pode-se dizer que foi um ano muito bom para o Verdão e fica a esperança de um 2016 ainda melhor.

 

 

 

 

Felipe Longov (102 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta