Notícias

Sem categoria

Qual será o destino de Kirk Cousins?

Kirk Cousins

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Após o fim da temporada, como ficará o futuro do quarterback Kirk Cousins?

É lá já se vão um pouco mais de duas semanas que a temporada da NFL se encerrou e mais uma vez com uma partida espetacular de Super Bowl com o Philadelphia Eagles vencendo a edição 53 pela primeira vez em mais de 60 anos, uma vez que o último título da franquia foi antes da era Super Bowl. Mas não estamos aqui para falar de Eagles, e sim de Kirk Cousins, um dos quarterbacks, senão o mais, desejado pelas franquias para próxima Free Agency que tem início no próximo dia 14 de março.

Kirk Cousins até pouco tempo era visto como um quarterback comum e só esquentaria o banco. Mas por sua dedicação, um pouco de sorte e pelo Redskins precisando de um quarterback titular urgente, Cousins foi botando no meio do fogo e por incrível que pareça conseguiu se aumentar seu nível de competitividade e expor o seu talento. Mas esse trabalho de formiguinha, se é que podemos dizer assim, só foi possível a um nome bem quisto na NFL, ao do agora head coach do Los Angeles Rams Sean McVay.

Em números, Cousins teve uma excelente evolução. Na temporada 2014, começo da parceria Cousins x McVay, o quarterback do Redskins se mostrou muito bem, passando das 1.700 jardas, tendo 10 passes para touchdowns e tendo nove interceptações. Já nas temporadas seguintes, Cousins teve um salto ainda maior, de 2015 até 2017, o quarterback sempre passou das 4.000 jardas aéreas e passou mais de 20 passes para touchdown e com um rating acima dos 90 pontos.

Com a saída de McVay para o Rams, muito se cogitou que o desempenho do Cousins poderia ter uma queda. Mas não. O quarterback teve mais uma temporada de ótimos números. Mais uma vez Kirk passou das 4.000 jardas e conectou 27 passes para touchdown. Essa tal evolução gerou uma baita dor de cabeça aos Redskins que teve que impor duas franchise tags (selo que é usado pelas franquias para renegociações de contrato, exclusivamente com jogador e sem o acesso de outras franquias. A duração de contrato é de uma temporada).

Agora o Redskins vendo que não poderia pagar o que Cousins queria em um contrato de longo prazo, decidiu liberar o QB. E o GM do Redskins, Scot McCloughan já fez uma movimentação ao fazer trocas com Kansas City Chiefs e assim adquiriu o quarterback Alex Smith que teve o melhor desempenho da sua carreira na temporada passada e assim suprir a ausência de Cousins.

Com a chegada de Smith, ficou mais do que claro que Cousins tem que procurar outra casa para continuar a mostrar o seu talento. Então, resolvi fazer um levantamento de cinco equipes que podem ser a futura casa a abrigar Cousins pelas próximas temporadas.

Denver Broncos – Possibilidade: Alta

Para quem é torcedor do Broncos a vinda de Cousins seria uma benção. Depois da aposentadoria de Peyton Manning, a franquia do Colorado vem se mostrando em apuros para encontrar um substituto na posição de QB. Foram testados Trevor Sieman, Paxton Lynch e até mesmo Brock Osweiller e nenhum se mostrou eficaz em levar a franquia aos playoffs. Todos foram horríveis, para aliviar a crítica, e nenhum deles se mostrou ter talento suficiente e assim terão que amargar um banco de reservas ou até mesmo serem cortados.

A vinda de Cousins para o Broncos é bem possível. John Elway, GM da equipe, disse que nessa Free Agency e Draft a franquia vai ser mais agressiva a fim de montar uma equipe vencedora novamente. Elway sempre se deu bem em recrutar bons QBs na Free Agency, e no caso de Cousins as coisas não são muito diferentes. Não me surpreenderei se Cousins estiver vestindo laranja na próxima temporada. Além disso, Elway terá que lidar com uma reestruturação do salary cap do Broncos para obter Cousins. Mas nada impossível para o GM que com sua audácia conseguiu Peyton Manning.

New York Jets – Possibilidade: Alta

O New York Jets é outra equipe que vive um dilema terrível em ter que encontrar um quarteback talentoso para ajudar a equipe a voltar aos playoffs. Todd Bowles vem fazendo um bom trabalho de head coach, apesar de ainda não ter se classificado aos playoffs. Os Jets já têm uma defesa boa, um ataque terrestre efetivo e recebedores de boa qualidade. Porém quem lança é uma verdadeira incógnita.

Josh McCown teve uma excelente temporada, quase completou para mais de 3.000 jardas e conectou 18 passes para touchdown. Porém, mesmo com esse desempenho e com o apoio do então coordenador ofensivo John Morton que foi demitido em janeiro, McCown não inspira confiança e a idade do QB já pesa, uma vez que ele tem 38 anos. A vinda de Cousins seria algo sensacional para o Jets que teria seu patamar alterado para as próximas temporadas e assim podendo chegar novamente aos playoffs. Salary cap (teto salarial) tem de sobra, cabe ao GM do Jets dar investida em Cousins.

Arizona Cardinals – Possibilidade: Média

O Arizona Cardinals é outra franquia que está na fila à procura de um quarterback. Carson Palmer que já não é uma unanimidade entre os fãs da bola oval, se aposentou e não faz mais parte dos planos para a próxima temporada do Cardinals. Com isso, é dada como aberta a vaga na posição de QB titular na equipe de Arizona que além de ter a perda de Carson Palmer perdeu também seu head coach Bruce Arians que encerrou suas atividades na NFL.

Mas no cargo de head coach a cadeira já foi ocupada por Steve Wiks que era coordenador defensivo do Carolina Panthers. Contudo, a vaga de quarterback titular continua vaga. Cousins cairia como uma luva na equipe do Cardinals, uma vez que lá o quarterback iria encontrar uma boa defesa, iria ter alvos de muita qualidade em especial o wide reciver Larry Fitzgerald e teria um ótimo running back para auxiliar no jogo terrestre, David Johnson que retorna de lesão na última temporada. O problema para adquirir Cousins seria o salary cap dos Cardinals, e com uma posição razoável no Draft, a vinda de Cousins para o Cards poderia ser o grande empecilho.

Jacksonville Jaguars – Possibilidade: Média pra baixa

O Jacksonville Jaguars foi muito bem na temporada que se passou, mas a cereja do bolo não esteve presente. O time da Flórida teve uma forte defesa sendo a melhor da NFL em vários quesitos, um ataque terrestre avassalador com o calouro Leonard Fournette, mas o ataque aéreo deixou a desejar e nos momento mais decisivos desapareceu.

O quarterback Blake Bortles em pouco mais de três anos na liga, não conseguiu se firmar como um dos grandes jogadores na posição, e com isso o Jaguars não sabem o que fazer uma fez que Bortles tem um contrato de mais de 18 milhões de dólares a serem pagos ao QB e ao mesmo tempo saber que o time poderá ir muito mais longe sem Bortles estar recebendo snaps.

A chegada de Cousins seria sim uma cereja no bolo de feito em Jacksonville. Com uma defesa forte e uma ataque já com uma formação boa, e que com boas movimentações no Draft e Free Agency poderá colocar bastante alvos para Cousins a disposição com isso a ida aos playoffs seria algo rotineiro ao Jaguars. Entretanto, com a formação do time em temporadas anteriores, fizeram com que o Jaguars tivesse um salary cap reduzido, em torno de 23 milhões de dólares, sendo isso a vinda de Cousins seria inviabilizada.

Cleveland Browns – Possibilidade: Baixa

O Cleveland Browns também está no páreo, mas não com tanta força assim. Apesar de que se eu fosse o GM do Browns iria correndo atrás de Cousins, propunha um contrato bem gordo e montaria o resto do time em torno de dele. Não duvido que o time ficaria em um 7-9 na próxima temporada. Mas como eu não sou o GM do Browns cabe eu analisar a possível ida de Cousins à Cleveland.

O Browns vem de duas temporadas amargando uma campanha negativa de 16 derrotas e nenhuma vitória. Tudo bem que ainda há muita coisa errada no time, mas a vinda de Cousins seria uma luz no fim do túnel para que a franquia saísse da mesmice e sonhasse com algo maior. Salary cap o Browns tem de sobra, portanto, poderia facilmente oferecer um ótimo contrato a Cousins e a partir da contratação dele estruturar um time mais forte ao ponto de pensar em playoffs nos próximos anos.

Mas o que pode pesar para não vinda de Cousins é ele próprio e também a comissão técnica liderada pelo head coach Hue Jackson que mesmo com um trabalho patético e pífio vem sem consolidado como HC do Browns para a próxima temporada. Além disso, a possível vinda de Sam Darnold quarterback de USC via Draft está sendo cada dia mais sendo palpável do que Cousins pintar em Cleveland.

Bom às cartas foram postas a mesa, cabe a cada um apostar em qual franquia Kirk Cousins irá atuar. Ainda há muitos dias para sabermos um desfecho desse caso que promete ser, se já não está sendo uma novela a estilo mexicana.

Clique na imagem para abrir o site
Igor Castro (33 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta