Notícias

Futebol Internacional

Os três mosqueteiros de Liniers

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

El Fortín, que mais parecia um mausoléu, estava abandonado e prestes a desmoronar até que surgem três jovens predestinados a mudar o rumo dessa história

Essa narrativa de ação e aventura com heróis e violões só poderia acontecer na Super Liga, mas espera, estamos falando da Super Liga Argentina de Futebol e esse Fortín prestes a cair é um dos grandes clubes argentinos, o vitorioso Vélez Sarsfield.

Quem são os heróis? E o vilão? Para entender melhor esse enredo, temos que ir do começo. Na vigésima primeira posição nos promedios (o vilão) o time de Liniers começou esta temporada ameaçado pelo rebaixamento. Em meio à crise politica com eleições marcadas para o fim de 2017 ecraques deixando a equipe, como foi o caso de Burrito Martínez e Mariano Pavone, o técnico Omar de Felippe se viu com uma missão muito difícil, manter a equipe na primeira divisão.

Há quase três anos o Vélez passa por uma crise que faz a torcida questionar a permanência de grandes ídolos como FabiánCubero, tri campeão Argentino e capitão de La V, Emiliano Amor e outros. O ano começou diferente para o Vélez, campeões com a camisa azulada retornaram para o Amalfinati. Gastón Diaz e Cristaldo são as apostas de sucesso nessa temporada. Junto com ele, precisava de um centroavante cascudo para substituir Pavone. Gonzalo Bergessio foi o escolhido.

Em meio àpré-temporada, Bergessio se machucou e caberia aos meninos, ou melhor, aos três mosqueteiros o desafio da estreia longe de casa. Dia 25 de agosto, começou aSuperLiga, partida diante de um Tigre dentro dos seus domínios. Mas antes de contar o fim desse jogo, precisamos apresentar os protagonistas.

Matías Vargas, 20 anos e revelado no Vélez, renovou seu contrato nesta temporada. Federico Andrada, o mais velho, tem 23 anos e é jogador do River Plate, fez uma boa temporada pelo rebaixado Quilmes antes de chegar aLiniers. ‘El Tigre Romero’ como a torcida já chama o jovem Maximiliano Romero de 19 anos. Este é o trio, ou melhor os três mosqueteiros do Vélez!

Agora podemos voltar para Victoria, onde o Tigrefoi surpreendido pela juventude velezana. Com uma flechada fatal, Vargas colocou Romero na cara do gol para marcar o seu primeiro no campeonato. O Tigre já não assustava mais e ficou inofensivo quando Andrada, de cabeça, marcou o segundo. Impiedoso, Vargas novamente colocou Romero na cara do gol e dentro da área, com muita categoria fez o terceiro e decretou a vitória para oFortín.

Não só pela goleada, mas pelo bom futebol, os meninos surpreenderam a todos. Nem o mais fanático fortinero poderia apostar numa estreia tão avassaladora. O Fortín ganha forças em suas estruturas, o suficiente para continuar em pé.

Na volta para casa, o Estádio José Amalfitani clamava por seus guardiões, desta vez a batalha era frente ao Decano de Tucumã. A partida era dura como pedra para os Velezanos, e equipe de San Miguél não cairia tão facilmente. Coube a juventude de Romero decidir o duelo, bola de Andrada para ‘el Tigre’ que abriu o placar para o Vélez, para festa de seus torcedores que haviam se esquecido que o time contratou nomes de peso para vestir a camisa nove de La V. Naquela altura, Liniens já era um carnaval quando Romero marcou o segundo gol, o seu quarto no campeonato e decretou a vitória para o Vélez

Ainda é muito cedo para dizer que El Fortín está a salvo, há mais 25 duelos para os Mosqueteiros de Liniers, mas por hora,  Vargas, Andrada e Romero estão mantendo a estrutura firme e de pé. Como deve ser.

Mais matérias sobre a Futebol Argentino

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta