Notícias

Futebol Internacional

Opinião: Manchester United, nesta temporada, não há nada para comemorar

Manchester United

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O time do Manchester United participou de quatro competições, em duas delas, apresentou um nível abaixo do esperado para um clube de tanta expressão

Se pudéssemos sintetizar a temporada 2017/18 do Manchester United em uma palavra só, com certeza seria decepção. O time comandado por José Mourinho foi muito abaixo do esperado nesta temporada para um time como o Manchester United.

Houve a triste eliminação Copa da Liga contra o Bristol City, da segunda divisão. Também houve o vexame na Liga dos Campeões da Europa. E, certamente, perderá o título da Premier League para o seu rival, o Manchester City. A única esperança que sobra é a FA Cup.

Premier League

(Foto: Premier League/Divulgação)

Na Premier League de 2017/18, o United começou bem. Até a 5ª rodada, os Red Devils eram os líderes juntamente com os Citizens, com quatro vitórias, um empate, 16 gols marcados e dois sofridos. A partir da 6ª rodada que as coisas começaram a complicar para os Red Devils.

Enquanto o Manchester United ganhava de 1 a 0 contra o Southampton, o City, vencia o Crystal Palace por 5 a 0. Mas o pior ainda estava por vir. Na 9ª rodada, os Red Devils enfrentaram o Huddersfield e, perderam por 2 a 1. Enquanto, nessa mesma rodada, o Manchester City derrotou o Burnley por 3 a 0. Isso gerou um aumento na diferença de pontos para quatro, já quê, na rodada anterior, o United empatou.

A partir daí, tudo piorou, pois, até a 23ª rodada, quando o City perdeu pela primeira vez na liga, o United já havia sido derrotado três vezes e empatado cinco. Em contrapartida, os Citizens empataram dois jogos e havia perdido apenas 1. Naquela época, notava-se uma diferença de 12 pontos.

Neste último sábado (7), as equipes do United e Manchester City se enfrentaram no tradicional “Derby de Manchester”, na 33ª rodada da liga. Os Red Devils, chegaram a perder por 2 à 0. Mas com gols de Pogba e Smalling, o United virou para 3 à 2. Mas ainda há uma diferença de 13 pontos, que, dificilmente será superada. Só um milagre poderá tirar o título das mãos do time de Pep Guardiola para o time de Mourinho. Ainda há um ponto positivo, desde a temporada 2012-13, o Manchester United não acabava em uma posição acima da terceira. Porém como torcedor do United, não acho que o time comandado por Jose Mourinho correspondeu as expectativas.

Carabao Cup (Copa da Liga)

Tristeza de José Mourinho, condiz com a campanha pífia do Manchester United nessa Copa da Liga. (Créditos: Sky Sports)

Eu, como torcedor do Manchester United, posso afirmar que, a Copa da Liga não era uma das maiores pretensões para a temporada 2017-18. Porém, é sempre bom ganhar um título, seja ele qual for. O time, venceu a primeira partida contra o Burton Albion, com um placar elástico de 4 à 1, jogando em casa.

A próxima rodada foi contra o Swansea City, e no País de Gales, venceu por 2 a 0, com os dois gols de Jesse Lingard. Na próxima rodada, o time do United, foi até Bristol, enfrentar o Bristol City pelas quartas-de-final da Carabao.

E, se deu mal, Joe Bryan abriu para o time da casa aos 6 minutos da segunda etapa, aos 13 minutos, Ibrahimovic empatou para o United, mas, naquele jogo, a zebra estava solta e, Korey Smith, fez o segundo gol do Bristol City, eliminado o United.

O Bristol City viria a enfrentar o Manchester City nas semi-finais e, viria à ser eliminado para os Citizens que venceram o torneio, em cima do Arsenal. Ou seja, mais um título que, mesmo de forma indireta, foi perdido para os seus grandes rivais.

UEFA Champions League

Ben Yedder, destruiu o sonho do United de ser tetracampeão da Champions League nesta temporada. (Créditos: Peter Powell/Epa-Efe, extraído do The New York Times)

O time do Manchester United, quase ficava de fora dessa UEFA Champions League. Os Red Devils só asseguraram sua vaga por causa do título da Europa League de 2016/17. Era uma obrigação para o time inglês, devido ao nível dos times que ali estavam presentes.

O United ficou no Grupo A da Liga dos Campeões, um grupo com dificuldade ”mediana”, com Basel, CSKA e Benfica. Aconteceu o previsível, o Manchester United passou em primeiro lugar no grupo, com o Basel em segundo, o CSKA foi para a Europa League, e o Benfica, fez uma campanha horrível, ficando na última colocação do com nenhum ponto.

Assim, os Red Devils avançaram para a fase do mata-mata, e foi sorteado que o Manchester enfrentaria o Sevilla. Na primeira partida, houve um empate sem gols no Ramon Sánchez Pizjuán. O segundo jogo no Old Trafford, foi o pior vexame do Manchester United nesta temporada. O time foi eliminado dentro de casa contra o Sevilla com 2 gols de Ben Yedder.

Isto causou a fúria de muitos torcedores contra José Mourinho. Pois sua tática é muito retranqueira e infelizmente apequena os times por onde ele passa.  O português também foi bastante polêmico após a derrota, “Já sentei aqui nessa cadeira duas vezes, com o Porto e com o Real Madrid e, eliminei o Manchester United, isso não é nenhuma novidade para o clube”, disse, irritado na coletiva de imprensa.

FA Cup

Resultado de imagem para manchester 2-0 brighton
(Foto: via Twitter)

Na minha opinião como torcedor do United, a FA Cup, foi a única competição onde o time se saiu bem. No momento, parece ser a única esperança de título dos Red Devils. Na primeira partida na competição, o United recebeu o Derby, e venceu por 2 à 0, avançando para os 16 avos de final.

Nos 16 avos de final, os Red Devils, enfrentaram o Yeovil Town e, venceram por 4 a 0. Este jogo marcou a estreia de Alexis Sánchez. O próximo jogo foi contra o Huddersfield, fora de casa e, venceram por, 2 a 0. Nas quartas de final, o United recebeu o Brighton no Old Trafford e, venceu com um placar de 2 a 0. Agora, resta a semi-final contra o Tottenham Hotspur, que será em 21 de abril.

Considerações finais

Em suma, concluo que a temporada do Manchester United, foi muito abaixo das expectativas, pois, um time com essa qualidade técnica, não devia ter se submetido à esses vexames. Ainda mais, não acho que essa tática implementada por José Mourinho, levará o time para a frente. A filosofia do “Park The Bus”, anula o potencial ofensivo do time ainda mais, acaba apequenando-o.

Observação: O texto acima representa apenas a opinião do autor.

Clique na imagem para abrir o site
Felipe Leonidas (46 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta