Notícias

Matérias Especiais

Iniesta completa 15 anos de Barcelona

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Com 15 anos de clube profissional, confira alguns de seus melhores momentos

Seu nome é “Don” Andrés Iniesta. O título de don não é somente um título, é uma característica desse craque. Um dos maiores da história do Barcelona e da Seleção Espanhola. Um dos maiores meio campistas da história do futebol. O autor de um dos gols mais importantes da história de seu clube e do gol mais importante de seu país. Vencedor de 30 títulos, entre Barça e Espanha. Além de inúmeros dribles, passes e jogadas espetaculares. Tudo isso e mais um pouco, se fosse dizer tudo, faltaria linhas…

Iniesta, neste 29 de outubro, completa 15 anos de sua estreia no profissional do Barcelona. O jogador de 33 anos, que chegou aos blaugranas com 12 primaveras completas, foi lançado pelo holandês Louis Van Gaal. Sua primeira partida foi contra o Club Brugge, pela Uefa Champions League de 2002-03. O primeiro gol veio na temporada 2003-04, pela Copa del Rey contra o Levante, três minutos após o jogador entrar em campo.

Bom, apresentado um pouco do grande craque espanhol, vamos destacar uns dos melhores momentos dele nos últimos 15 anos, sendo pelo Barça e pela Espanha.

“A late shot” para Iniesta

A expressão, em inglês, significa algo como “nos últimos instantes”, e realmente foi. Em 6 de maio de 2009, no primeiro ano de Pep Guardiola no Barcelona, Iniesta foi o herói da noite. Após empatar sem gols, em casa, com o Chelsea, o Barça precisava ganhar ou empatar(com gols) em Stamford Bridge. A máquina de futebol estava sendo eliminada da competição devido à um gol de Essien, aos 9 do primeiro tempo.

Iniesta vs Chelsea

Jogador comemorando após gol memorável. Foto: Getty Images

Então, após uma bola rolada para a entrada da área por Messi, Iniesta apareceu. Foi com um chute seco, com a parte de fora do pé que a estrela do “Don” começara a brilhar. A bola foi no ângulo de Peter Cech, que nada pôde fazer. Com o gol, tivemos a memorável cena de Guardiola atravessando o campo correndo até a lateral, cheio de euforia.

O mundo esteve em seus pés… e em suas mãos

Era 11 de julho de 2010. O mundo estava de olhos na África do Sul. Era final de Copa do Mundo. Espanha e Holanda. De um lado, uma equipe que dominava a Europa, tendo ganho a Eurocopa de 2008. De outro, um time que buscava deixar para trás a fama de vice, após ser segundo em 1974 e 78.

Iniesta vs Holanda

Iniesta prestando homenagem a seu amigo Dani Jarque. Foto: Getty Images

Numa partida acirrada, com chances para ambos os lados, o jogo foi parar na prorrogação. E, então, aos 116 minutos, Torres cruza uma bola na área, a zaga corta parcialmente, caindo nos pés de Cesc Fabregas. O jogador, rola a bola para Iniesta, que com um domínio sútil, levanta a bola. Com a bola levantada, o resto é história. Num chute cruzado, sem chances para Stekelenburg, Andrés faz seu país explodir de alegria. Além disso, o craque faz uma homenagem à seu amigo Dani Jarque, falecido meses antes devido à um ataque cardíaco.

Entre os melhores dos melhores

Com o mundo em suas mãos, naquele ano aconteceu algo inédito. Pela primeira vez na história, 3 jogadores do mesmo time estavam entre os 3 melhores do mundo. Messi, Iniesta e Xavi. Apesar de não ter levado o prêmio, em todos esses anos, Andrés foi quem mais teve condições de desbancar Messi, além de Cristiano.

Iniesta - Bola de ouro

Iniesta ficou entre os 3 melhores do mundo. Foto: Miguel Ruiz – FCB

Se o prêmio de melhor do mundo não veio, dois anos depois veio um tão importante quanto. Após ser bi campeão da Eurocopa e terminar como melhor do torneio, Iniesta foi consagrado o melhor jogador da Europa naquela temporada. Desbancando Messi e Cristiano Ronaldo na final.

Gol e saída ovacionada em El Clasico

No dia 21 de novembro de 2015, algo raro na história do futebol aconteceu. Jogavam pelo campeonato espanhol Real Madrid e Barcelona, em pleno Santiago Bernabeu. O que isso significa? Para os culés, um espetáculo. Daquele jogo não nos esqueceremos tão cedo, 4×0 fora o baile. Mas, além do placar sonoro, teve um jogador que foi o grande destaque da noite. Quem foi ele? Adivinhe, Iniesta.

Iniesta vs Real

Chute do jogador estufou as redes do Navas. Foto: Getty Images

Na opinião do autor, como torcedor culé desde os primeiros jogos de futebol assistido na vida, foi simplesmente o maior jogo da carreira do craque. Andrés esmerilhou, deu show, foi estupendo, desfilou, são tantas definições que, mesmo assim, ainda não conseguem definir ao certo o que o espanhol fez naquele dia. Mas talvez, o chute no ângulo nem foi o melhor lance do craque no jogo.

Além do espetáculo em campo, o que mais chamou a atenção foi o que aconteceu durante a substituição do Don. O jogador foi simplesmente aplaudido em pé pela torcida do maior rival. Uns dizem que foi devido ao jogador ter marcado o gol do título mundial, mas sabemos que a sua atuação foi tão incrível que os madridistas foram obrigados a reconhecer.

Um gol do tamanho de seu talento

Iniesta vs Celtic

Gol espetacular contra o Celtic. Foto: Sky Sports

Por fim, mas não menos importante, está – talvez – o gol mais bonito de sua carreira. Em partida contra o Celtic, válida pela temporada 16-17 da Uefa Champions League, o craque fez um gol do tamanho de seu talento e história. Após receber um cruzamento de Neymar, o jogador acertou um baita chute “na veia” – como diria o outro – e estufou as redes do Camp Nou.

Futuro do jogador

Recentemente, o craque da equipe assinou um contrato “vitalício” com a equipe blaugrana. Com isso, o jogador deve se aposentar na equipe e, assim, jogar somente em um clube em toda a sua carreira como profissional.

 

Curta aqui: Barça Brasil


 

Clique na imagem para acessar o site
Jorge Ribeiro (47 Posts)

Futuro jornalista. Esportes Mais é o poder.


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta