Notícias

Futebol Internacional

Independiente – mil gols errados não fazem um certo.

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Da mesma forma que uma mentira contada mil vezes não faz disso uma verdade, mil gols (quase) feitos, quando perdidos, não dão ao time que os perdeu um gol a mais. Assim foi o jogo do Independiente contra o Patronato.

Para essa partida, o técnico do Independiente, Ariel Holan, resolveu não utilizar o lateral direito Bustos pois este estava com um nível físico abaixo do ideal. Ariel é um treinador que gosta de elencos curtos e com muitos jogadores polifuncionais porque gosta de rotacionar o time.

Neste Independiente que montou a partir do elenco que recebeu no começo do ano (na argentina os clubes, no mercado de final/começo de ano, só podem trazer 2 jogadores, o número livre de contratações acontece apenas no meio do ano), em julho/agosto de 2017, o elenco é curto e polifuncional de propósito.

O treinador gosta de ter entre 18 e 22 jogadores de linha em seu elenco e não muito mais que isso, mas que estes jogadores sejam sempre utilizados, não existe aquele reserva com letras garrafais e, por isso, nunca joga.

Nesse jogo contra o Patronato é patente a utilização do Bustos: para não agravar o quadro físico do jogador, o técnico preferiu utilizar Jonás Gutierrez, mais que isso, o técnico pode usar Jonás como lateral, volante ou até mesmo como “winger” .

Por sorte (para os rojos) ontem Meza salvou o dia com um tento quase no final da partida. Ribas abriu o placar para o Patronato no trigésimo quinto minuto de jogo e Meza empatou no nonagésimo minuto, após um rebote errado do goleiro para cortar um cruzamento de Tagliafico (que volta a jogar como lateral esquerdo de modo regular, depois de um primeiro semestre todo como zagueiro central).

O campeonato, por causa da campanha do Boca, não somente para o Independiente, mas para todos, começa a perder o sentido e os demais clubes (que não o Boca) começam a se preocupar mais com as vagas nos torneios internacionais ou com rebaixamento (não ser rebaixado).

Foco na Sulamericana

O Independiente, de modo mais que justo, irá priorizar a sulamericana, assim como o River já prioriza a libertadores. Vida que segue e pode ser que nestes encontros e desencontros da vida o Boca decaía muito na segunda metade do torneio e ainda haja espaço para briga pelo título.

Mas, por hora, é isso: o Boca tem uma vantagem suficiente para, se bem administrada, leva-lo ao título com tranquilidade. Por isso o comentário deste jogo não se fixa muito no próprio jogo: nem o Independiente estava muito fixado neste jogo. Resta ao Rojo olhar para a “sulamerica”.

 

Meia
Clique na imagem para acessar o site
Vinicius Falcao (5 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta