Notícias

Sem categoria

Chapecoense “dá um banho” e vence o Metropolitano

chapecoense1

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Em noite de muita chuva na Arena Condá, a Chapecoense superou o Metropolitano com uma goleada de 4 a 0, e voltou a sonhar com a conquista do turno do Catarinense

Na noite desta quarta-feira (22), a Chapecoense encarou o Metropolitano, na Arena Condá, em partida válida pela 7ª rodada do Campeonato Catarinense. Abaixo de muita chuva, e com o gramado impraticável em alguns momentos, a Chape superou o Metrô em jogo de quatro gols, todos para o lado do Verdão do Oeste.

Confira as principais notícias do Campeonato Catarinense

O primeiro tempo mostrou um jogo tecnicamente sofrível, visto que o campo estava parcialmente alagado, e ambas as equipes não conseguiram demonstrar bom futebol. Nesse período, as melhores chances foram dos visitantes, que exigiram boas intervenções do goleiro Arthur Moraes.

Já na segunda etapa, com a chuva mais calma e o campo mais seco, a Chapecoense conseguiu envolver o adversário e marcar quatro vezes. O primeiro gol saiu em falha e gol contra do goleiro Vilar. O segundo foi do atacante Niltinho. Luiz Antônio ampliou de falta, e aos 41 minutos, Niltinho fechou o placar para o Verdão.

Chapecoense Metro Catarinense
Compensando o primeiro tempo, na segunda etapa a Chape marcou quatro gols (Foto: Sirli Freitas/Chapecoense)

Opinião

Quanta chuva, senhores! Chuva que caía do céu e chuva de gols no segundo tempo. Sim, sim, eu sei que é clichê o tal do “chuva de gols”, mas em um jogo como ontem, fica impossível fugir dele. Pouca gente comentou, mas no primeiro tempo tivemos outra chuva: a de lances bizarros.

O clima em Chapecó dava conta durante o dia todo de que teríamos um temporal na cidade. O tempo úmido e abafado resultou em um dilúvio minutos antes do apito inicial. O resultado foi um campo alagado rapidamente pelo volume de água e um jogo feio e truncado. Resumindo, no primeiro tempo não vimos muito futebol, e sim bastante disposição dos jogadores e boas defesas de Arthur, que retornou à equipe e botou uma pulga atrás da orelha do técnico Vagner Mancini. Estamos bem servidos de goleiros.

Segundo Tempo

Com a melhora das condições do campo e uma chuva mais amena, a Chape demonstrou superioridade técnica na segunda etapa. Conseguimos marcar, ampliar, e após os 40 minutos, transformar a vitória em goleada. Das coisas boas que vimos ontem, pontua-se a regularidade de Rossi, que mais uma vez fez ótima partida. Fica também clara a importância de Niltinho para nossa equipe; com dois gols e grande atuação, o garoto tem mostrado personalidade e tem sido decisivo nos jogos do Verdão. Luiz Antônio entrou muito bem, novamente, inclusive com gol. Esse já tem pedido passagem como titular, porém uma ressalva deve ser feita: injustas as vaias de parte da “torcida” ao meia Girotto, que saiu para a entrada de Luiz Antônio. Realmente ontem ele não esteve bem, mas há de se entender que o entrosamento está acontecendo, o grupo ainda está se conhecendo. Muita calma nessa hora! Ainda acho que Girotto e Luiz podem jogar juntos. Em um sistema com três volantes, juntamente com o “cão de guarda” Amaral, podem render bem, pois ambos chegam com facilidade ao ataque.

Rossi Chapecoense
Rossi, atacante de 23 anos, vem demonstrando um futebol consistente neste Catarinense (Foto: Sirli Freitas/Chapecoense)

Mancini

A vitória dá tranquilidade para o trabalho de Mancini, que vinha sendo vítima das “aziadas” de alguns jornalistas locais. É absurdo pensar que um time que foi montado do ZERO há 60 dias, fosse massacrar todos seus adversários na competição estadual. Óbvio que algumas cobranças podem e devem acontecer, agora dizer que tudo está errado e que, após apenas sete jogos, o técnico não serve, é absurdo. Nossa antiga direção (saudosos Pallaoro, Maurinho, Cadu) nos ensinou muito bem que o imediatismo não funciona. Quantos de nós questionamos Kempes, Tiaguinho, Dener, Caio Junior e até mesmo Danilo (?!) no passado, e depois vimos todos renderem muito bem? Vamos dar tempo ao tempo, o time evoluirá muito ainda!

Próxima Rodada

Na próxima rodada, a Chapecoense, que agora está na terceira colocação, viaja até Joinville para partida contra um pressionado JEC. Na última partida o Coelho sofreu uma sonora goleada do Inter de Lages (4 a 1). Já o Metrô, sétimo colocado no certame estadual, vai até Criciúma para enfrentar o time do sul do estado.

Derlei Alex Florianovitz (49 Posts)


Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta