Notícias

NFL

Sem Brady, Patriots vive um 2020 cheio de mudanças

Patriots

New England Patriots tenta se reestruturar após a saída de Tom Brady, maior jogadora da história franquia

Durante toda a temporada 2019 boatos de que Tom Brady sairia do New England Patriots corriam pela liga. No dia 20 de Março de 2020 o boato se tornou realidade, TB12 era anunciado como novo quaterback do Tampa Bay Buccaneers. Os Patriots surpreenderam a todos não escolhendo nenhum atleta da posição no Draft e meses após a saída de Brady, Cam Newton foi anunciado como novo reforço para o time da Nova Inglaterra.

Quem pensa que somente Brady saiu de peça importante se engana. Danny Shelton (Lions), Jamie Collins (Lions)e Kyle Van Noy (Dolphins) são três nomes que farão falta na defesa em 2020. Eles eram destaques no pass rush, setor que já teve dificuldades em 2019 e sofrerá ainda mais em 2020. O time de quebra foi o que mais sofreu com jogadores dando opt out devido a pandemia. O recém chegado Danny Vitale (fullback), Matt LaCosse (tight end), Dont’a Hightower (linebacker), Patrick Chung (safety) e Marcus Cannon (offensive lineman) são alguns nomes que optaram por não jogar essa temporada.

Os irmãos Devin e Jason McCourty seguem na equipe e irão ajudar naquela que foi uma das melhores defesas contra o jogo aéreo da liga em 2019. Stephon Gilmore também segue na equipe, ele que é discutivelmente o melhor jogador de defesa da liga.

Surpresas no ataque

Indo para o ataque, quem vos fala foi um dos que se surpreendeu com o corte do running back Lamar Miller no dia dos cortes finais, onde as equipes precisavam chegar ao número de 53 jogadores no elenco. Com o corte de Miller, o corpo de RBs fica com 4 nomes que darão segurança para Cam Newton em sua nova casa. Sony Michel é um “RB de vidro” e convive com lesões ao longo de sua carreira. Tirando Julian Edelman, o corpo de recebedores da equipe é bem fraco. N’Keal Harry teve um começo de carreira na liga apagado, ele que foi a escolha de primeira rodada da equipe em 2019 mas começou tardiamente devido a lesões. 12 recepções para 105 jardas e 2 TDs não é algo que se espera de uma escolha tão alta.

Além de Harry e Edelman, o time terá os calouros Dalton Keene e Devin Asiasi como Tight Ends ajudando tanto na proteção quanto no jogo aéreo da equipe.

Para melhorar a situação, a equipe terá uma sequência de 3 jogos longe do Gillette Stadium. Pegarão Chargers, Rams e Dolphins entre 06 e 20 de Dezembro.

Quem escreve a matéria é um torcedor da equipe, com sorte o time chega a 10 vitórias. Espero que NE fique entre 7 e 9 vitórias nesse ano.

Esportes Mais

Facebook

Deixe uma resposta