Notícias

Futebol Internacional

Rosario Central vence o Gimnasia nos pênaltis e é campeão da Copa Argentina 2018

Copa Argentina

Após um empate no tempo normal, os Canallas fazem 4 a 1 nos pênaltis e ficam pela primeira vez com a Copa Argentina

Em jogo muito equilibrado, o Rosario Central sagrou-se campeão da Copa Argentina 2018. Logo no início da partida, o Central partiu pra cima, fez com que o Gimnasia não saísse da defesa e buscou o gol. Depois de tanto tentar, o gol saiu com o camisa nove e artilheiro do time Fernando Zampedri, que aproveitou confusão na área e apareceu pra marcar o gol do Central na partida.

Após o gol, o time rosarino continuou pressionando em busca do segundo gol, que não saiu por pouco, novamente com Zampedri, dessa vez de cabeça, a bola passou rente a trave adversária.

Com a necessidade de empatar a partida, o treinador Pedro Troglio mudou o esquema, saiu do 4-1-4-1 e foi para o 4-3-3, adiantou seu time, apostou na velocidade de Maxi Comba e Horacio Tijanovich pelos lados e ganhou terreno, encurralou o Central em seu campo de defesa e passou a criar mais chances de gol.

Porém, a solução só chegaria quando o treinador Tripero mudou o time no intervalo. Colocou Hurtado na partida, assim ficou com o venezuelano e Santiago Silva pressionando a saída de bola do Rosario, afim de provocar um erro da defesa canalla. A tática deu certo e logo no inicio do segundo tempo veio o empate. Lorenzo Farevelli roubou a bola de Leonardo Gil na intermediária, trabalhou a jogada com Ayala e apareceu livre na área para empatar o jogo.

Com a vantagem no placar, o Lobo cresceu na partida e partiu pra cima. Foi então que começou a surgir a figura de Ledesma. O goleiro centralino fez várias defesas e segurou o empate, conseguindo levar o jogo para os pênaltis. Nas cobranças na marca da cal, o Central foi mais efetivo, marcou seus 4 gol e Ledesma novamente apareceu defendendo uma cobrança e garantindo o título rosarino por 4 a 1.

Título marca o fim de um incomodo jejum

Levantar o troféu de campeão da Copa Argentina é um feito histórico para o Rosario. Além de ser o primeiro na história do clube, põe fim a uma marca negativa do clube. O Central não vencia um torneio, qualquer que seja, desde a Copa Conmebol de 1995, quando superou o Atlético-MG também nos pênaltis. Mas, se levarmos em consideração apenas títulos nacionais, a seca é ainda maior. A última conquista nacional rosarina foi o torneio apertura, na temporada de 1987.

A curiosidade é a de que Edgardo Bauza, hoje treinador do time, era o defensor e capitão na campanha do título há 31 anos atrás.

Por novas conquistas

A conquista do título garantiu ao Central uma premiação de quase cinco milhões de pesos. Além disso, o clube já garantiu uma vaga direta na fase de grupos da Copa Libertadores em 2019, e de quebra irá disputar contra o Boca Juniors a taça da Supercopa Argentina.

La fiesta que comenzó en Mendoza continuará el domingo en el Gigante de Arroyito.

Deixe uma resposta